Criolipolise: tudo sobre esse tratamento

Criolipólise é um dos melhores tratamentos para eliminar gorduras, confira como funciona, efeitos e indicações!

Você já pensou eliminar gordura corporal através de um tratamento estético? Sim, existem muitos por aí, alguns que prometem fazer você perder tantos quilos em apenas uma sessão, mas nem todos funcionam e são realmente eficazes. Já falamos sobre alguns suplementos que ajudam nisso como o botox em capsulas, ou o viva hair. A busca por um tratamento estético que realmente entrega o que promete, possui resultados ótimos e que não danifica a sua saúde, é grande.

Felizmente há um novo tratamento no mercado, chamado de Criolipólise. Esse tratamento é considerado padrão ouro, isso significa que há comprovações científicas dos seus resultados e estes são extremamente eficazes para eliminar a gordura localizada. Hoje você saberá do que se trata esse método e poderá tirar todas as suas dúvidas.

Criolipolise: tudo sobre esse tratamento (Foto: Divulgação)

Criolipólise – Entenda o que é este procedimento

A criolipólise é um procedimento estético criado na Universidade de Harvard e atualmente é o método mais indicado para quem deseja eliminar gordura localizada. Esse tratamento pode ser feito em consultórios e clínicas de estética e já está disponível no país.

Para remover de forma eficaz as gorduras localizadas, o procedimento destrói as células de gordura efetuando um resfriamento controlado. Tudo funciona através de um aparelho, que é colocado sobre a parte do corpo em que a pessoa deseja eliminar a gordura. Já na pele é colocada uma manta umedecida. A partir de então, o aparelho realiza a sucção a vácuo da pele. Essa pele é congelada por uma hora e a gordura é cristalizada. Com isso as células adiposas são destruídas e eliminadas. O procedimento não envolve cortes nem uso de agulhas.

Criolipolise: tudo sobre esse tratamento (Foto: Divulgação)

Detalhes sobre o procedimento

Quem receia que o procedimento possa doer, pode ficar tranquilo. Especialistas na área alegam que há somente um desconforto causado pela sucção da pele. Depois do procedimento, o local pode ficar inchado e dolorido, mas esses sintomas tendem a desaparecer em poucos dias.

Esse tratamento é mais indicado para eliminação de gordura no abdômen e no dorso, entretanto é possível efetuá-lo em outras áreas do corpo. Os especialistas ainda indicam um total de 3 sessões que devem ser feitas com, no mínimo, 2 meses de intervalo. Cada sessão dura cerca de uma hora e os resultados surgem em até 8 semanas após a primeira sessão.

Criolipolise: tudo sobre esse tratamento (Foto: Divulgação)

Contraindicações do procedimento

Esse procedimento deve ser evitado por uma série de pessoas, como aquelas que estão com sobrepeso ou obesidade, aquelas que possuem doenças metabólicas como diabetes, quem fez cirurgia há menos de seis meses e quem sofre com doenças cardíacas.

Pessoas que possuem hérnia no local ou com implantes metálicos também não devem fazer o procedimento, assim como aqueles que lidam com processos infecciosos ou que possuam doenças como hemofilia.

Criolipolise: tudo sobre esse tratamento (Foto: Divulgação)

Efeitos colaterais do procedimento

O tratamento é totalmente seguro e eficaz, desde que seja realizado por um especialista no assunto que possua as máquinas com o selo da ANVISA. Entretanto, há algumas reações adversas que surgem devido ao mal uso do procedimento.

Se o tratamento não for realizado da forma adequada e os aparelhos não possuírem boa qualidade, podem surgir bolhas, inflamações ou até mesmo cicatrizes no local.

  •  

%d bloggers like this: