7 dicas para gastar menos eletricidade

Seja por razões de orçamento ou por querer salvar o planeta (ou ambos), apresentaremos no seguinte artigo algumas recomendações que o ajudarão a gastar menos na eletricidade.

É com pequenos hábitos e mudanças no dia a dia que a redução na conta pode ser considerável.

Dicas para gastar menos eletricidade

Se sua conta de eletricidade chegou e o consumo foi maior do que no mês anterior (por isso deve pagar mais), preste atenção às dicas.

Não precisa estar no escuro ou dormir mais cedo para gastar menos eletricidade. Você só precisa fazer algumas coisas e reajustar outras, como:

1. Contratar um especialista

Contrate um bom eletricista para gastar menos eletricidade

Este conselho pode parecer estranho porque envolve gastar dinheiro adicional, no entanto, é um investimento a longo prazo.

Um profissional pode indicar se há vazamentos de ar nas janelas, se os aquecedores ou aparelhos elétricos funcionam corretamente ou se algum dispositivo está gastando mais energia do que o habitual.

Leia este artigo: Filosofia orientar para economizar dinheiro em casa

2. Comprar aparelhos eficientes

No caso de o técnico informar que algum aparelho na cozinha ou na lavanderia está gastando mais eletricidade do que o normal, pode ser um bom momento para investir em um aparelho mais moderno e, portanto, que lhe permite economizar energia.

Preste atenção ao rótulo da eficiência energética dos eletrodomésticos. A escala de eficiência energética inclui categorias que variam da A +++ à G, sendo a primeira a mais eficiente.

Este tipo de informação está disponível em geladeiras, freezers, lava-louças, máquinas de lavar roupa, secadoras e mesmo em lâmpadas.

E, embora os aparelhos de eficiência energética sejam mais caros, você verá uma redução interessante em sua conta de eletricidade.

3. Isolar suas portas e suas janelas

Aprovei a luz natural que entra pela janela para gastar menos eletricidade

Você pode fazê-lo por conta própria ou contratar alguém, mas é importante que suas portas e janelas estejam bem isoladas para evitar a perda de calor ou frio (ou entrar de fora dependendo da época do ano).

Um aplicador de silicone, um pouco de massa e algumas tiras acolchoadas com cola podem ser suficientes. No entanto, não é o único método para isolar suas portas e janelas, mas é o mais prático.

Além disso, você pode colocar cortinas ou tapetes que ajudem a isolar termicamente sua casa. Por exemplo, no inverno, a cortina servirá para evitar “pontos frios”; da mesma forma que, no verão, impedirá que o calor entre de fora.

Abra janelas e persianas quando o sol se pôr, para ventilar a casa. É uma das formas de gastar menos eletricidade.

4. Use corretamente os dispositivos que você tem em casa

A grande maioria das despesas mensais de eletricidade provém de eletrodomésticos. Portanto, você pode gastar menos eletricidade usando-os de forma mais eficiente.

Por exemplo, você deve descongelar o refrigerador (aquele que consome mais energia) quando a camada de gelo exceder 5 mm e certifique-se de que a porta fecha bem.

No caso da máquina de lavar roupa, recomendamos que você use programas curtos com água fria ou que aguarde até ter roupas suficientes para enchê-la. O mesmo com a máquina de lavar louça.

Por outro lado, se você passar as roupas, não coloque este aparelho no máximo, e desconecte-o assim que terminar de usá-lo.

Quanto ao forno, quando você ligar, aproveite a preparação de várias refeições ao mesmo tempo.

Outra questão, muito importante, é o “standby” (modo de espera) da TV, equipamentos de áudio ou computadores. Acredite ou não, eles continuam a consumir eletricidade. Então, quando você não os usar, pressione o conhecido “botão vermelho”. Você não precisa desconectá-los.

5. Compre lâmpadas economizadoras de energia

Coloque lámpadas de baixo consumo para gastar menos eletricidade

Se você quiser gastar menos eletricidade, à medida que as lâmpadas que você tem em casa esgotem, recomendamos que você compre lâmpadas de baixa energia ou LED.

Elas são um pouco mais caras, mas se amortizam bastante, pois têm uma vida útil superior a 10.000 horas. Além disso, elas não emitem calor.

Além do tipo de lâmpada que você tem em casa, seria bom desligar aquelas que você não está usando.

Sempre que você deixar uma sala e a deixar vazia, desligue a luz. Abra janelas e cortinas para aproveitar a luz solar.

Aprenda: 8 dicas para ter uma casa mais sustentável e ecológica

6. Tome duches rápidos

É muito agradável ficar ali, com água quente, depois de um dia cansativo no trabalho, uma vez que relaxa muito e relaxa os músculos.

No entanto, esse hábito pode ser uma das causas de uma fatura elevada de eletricidade. O banho não deve durar mais de 7 minutos.

Além disso, é essencial baixar a temperatura do aquecedor de água. Embora a média padrão seja de 60°C, recomenda-se que você ajuste para 40°C. Regule com água fria e você verá como economiza dinheiro na eletricidade.

7. Não ambiente a casa… nunca!Regule a temperatura do ar condicionado para gastar menos eletricidade

É verdade que todos nós gostamos de chegar em casa com a temperatura ideal, seja no inverno ou no verão.

O problema é que geralmente passamos muitas horas longe de casa e, nesse momento, os aquecedores ou aparelhos de ar condicionado gastam energia. Eles não reconhecem se há pessoas ou não, então elas acendem quando percebem mudanças de temperatura.

Talvez seja mais conveniente ligar esses equipamentos assim que chegar em casa. A este respeito, hoje existem aplicações do celular para controlar os aparelhos. Por exemplo, existem algumas aplicações que os fazem ligar 20 minutos antes de chegar.

Além disso, existem aparelhos que podem ser programados para funcionar a partir de um determinado período de tempo.

Esta publicação 7 dicas para gastar menos eletricidade aparece primero em Melhor Com Saúde.

%d bloggers like this: