7 problemas que passamos por não dormir bem

Para ter uma boa saúde física e mental é essencial ter uma adequada qualidade de sono, entre sete e oito horas diárias, sem interrupções.

Este hábito permite o organismo renovar suas energias físicas e mentais, e ajuda a preparar todos os sistemas para uma nova jornada.

No lapso de descanso são cumpridas funções que não são realizadas em outros momentos do dia e, ainda, são ativados alguns mecanismos que influenciam na atividade hormonal.

O problema é que muitos estão tendo dificuldades para cumprir com o horário de sono adequado e, com o passar dor dias, estão enfrentando uma série de consequências que afetam a qualidade de vida.

Mesmo que no começo seja fácil ignorar seu impacto, no futuro são gerados problemas de saúde que tendem a piorar quando não se controla o transtorno de sono.

Levando em consideração que muitos ignoram o problema, no seguinte artigo queremos revelar 7 das reações que a falta de sono pode provocar.

Descubra!

1. Pressão arterial alta

Não dormir bem afeta a pressão sanguinea

A falta de sono ou insônia pode causar repercussões na saúde cardiovascular.

Este problema leva a um aumento da pressão arterial alta, o que obriga o coração a trabalhar com mais esforço do que o necessário.

  • As pessoas que dormem menos de 7 horas diárias costumam ter uma pressão arterial sistólica de até 132, enquanto que o ideal é mantê-la abaixo de 120.

Leia também: As 6 melhores ervas para reduzir a pressão sanguínea

2. Ansiedade pela comida

Uma das razões pelas quais a insônia se associa com o aumento da massa corporal é porque, durante este lapso, que é para descansar, aumenta a ansiedade pela comida.

Não dormir bem reduz os níveis de leptina, um hormônio que se encarrega de controlar o apetite quando já ingerimos quantidade de alimento suficiente.

Ao invés disso, aumentam as proporções de grelina, um hormônio que estimula o apetite, o que nos leva a ingerir mais calorias do que o necessário.

3. Menor gasto de energia

Não dormir bem afeta o metabolismo

Não cumprir com o horário adequado de sono afeta de forma direta a atividade metabólica e, dado que também provoca fadiga, influencia na redução do gasto energético.

Os pacientes com problemas para dormir têm menos chances de serem ativos fisicamente, o que leva a um acúmulo de gordura e calorias.

Se a isso somarmos a ansiedade que surge por comer, é muito provável que a pessoa chegue a ter sobrepeso.

4. Dificuldades de concentração

O cérebro é um dos órgãos que mais consequências negativas sofre quando não controlamos a tempo os problemas de sono.

Este diminui seu rendimento durante o dia e, pelo cansaço, não consegue se concentrar nem render cognitivamente.

Por outro lado, com o passar do tempo, uma má qualidade de sono afeta a capacidade cerebral de limpar as proteínas formadoras de placa e, por isso, pode provocar transtornos crônicos como a doença de Alzheimer.

5. Sistema imune fraco

Não dormir bem afetar os neurônios

O esgotamento físico que aparece pela falta de sono compromete de forma direta à saúde imune e, ao causar uma redução de suas funções, aumenta o risco de sofrer doenças respiratórias e infecções.

O déficit de anticorpos facilita o ataque de vírus, bactérias e fungos, por isso que não é estranho contrair doenças depois de vários dias sem dormir o suficiente.

6. Estresse e irritabilidade

O impacto deste problema sobre a saúde emocional é quase imediato e, por isso, é comum que a pessoa entre em estados de estresse e irritabilidade depois de uma má noite de sono.

A falta de descanso reduz de forma significativa a produção de serotonina e endorfinas, dois hormônios conhecidos por gerar sensação de bem-estar.

Ao invés destas, aumenta-se a produção de adrenalina e cortisol, substâncias que provocam respostas emocionais negativas.

7. Músculos fracos

Mulher que não consegue se exercitar porque não dormiu bem

Durante o período de descanso os músculos entram em um estado de relaxamento que permite nos renovar para assumir os desafios de um novo dia.

Neste mesmo lapso também são liberados hormônios do crescimento, os quais influenciam na formação da massa muscular.

Por isso, quando não dormimos bem, os músculos tendem a se sentirem mais fracos e esgotados.

  • Forçá-los muito sem dormir bem, pode levar a um maior desgaste físico.
  • O melhor é evitar as academias e a atividade física de alto impacto quando não se tem um sono prazeroso e reparador.

Está tendo problemas para dormir? Se assim for, tente adotar hábitos que ajudem a conciliar o sono.

Mesmo que pareça que você consegue resistir ao sono ruim, com os dias seu corpo começará a enviar os sinais.

Tenha cuidado!

Esta publicação 7 problemas que passamos por não dormir bem aparece primero em Melhor Com Saúde.

%d bloggers like this: