Como praticar o rimming ou beijo grego?

Rimming ou  beijo grego , também conhecido como “botão de rosa” ou anilingus, é a estimulação do ânus com a língua e a boca.É uma prática sexual que foi considerada um tabu durante anos, mas que hoje em dia muitos se atrevem a comentar de forma mais ou menos aberta.

Embora alguns o considerem “nojento” ou “anti-higiênico”, o fato de estimular uma das principais zonas erógenas faz com que seja prazeroso para muitos casais.

Em que consiste? Como praticá-lo de forma segura? A seguir compartilhamos informações detalhadas para tirar algumas das suas dúvidas.

O que é o beijo grego?

Chamado cientificamente de anilingus, o beijo grego faz referência a qualquer forma de sexo oral com o ânus. É um tipo de estimulação anal que se realiza com a língua e a boca através de diferentes técnicas.

Quando os lábios ou a língua acariciam a parte externa do ânus ou a língua chega a penetrar o ânus, dizemos que se trata de um beijo grego.

Por questões religiosas e morais, a prática tem causado diversos tabus entre pessoas heterossexuais. De fato, por muito tempo pensou-se que era um ato exclusivo de casais homossexuais.

No entanto, atualmente sabe-se que todos podem praticá-lo e que é muito estimulante para facilitar o orgasmo feminino e masculino.

Como praticar o rimming ou beijo grego?

Bumbum feminino

As posições 69 e de quatro são as favoritas para praticar qualquer forma de sexo oral anal. No entanto, a posição pode variar de acordo com as preferências do casal. Todas são válidas!

Para que não seja incômoda, o ideal é que exista consentimento de ambos e que não seja uma surpresa durante o ato. Se em algum momento algum dos dois não quiser continuar, é melhor parar.

Como fazê-lo?

  • Comece acariciando o bumbum da parceira através da masturbação. Massageie a área e brinque com o bumbum para fazer mais estímulos.
  • Siga para as genitais para logo ir pouco a pouco levando a mão até o períneo. Comece a estimulação do ânus com o dedo médio ou com a língua em movimentos circulares.
  • Use a língua para massagear o períneo e a boca para chupar. Experimente velocidades, pressões e direcionamentos diferentes para saber em qual momento você consegue excitar mais a sua parceira.
  • Se quiser tornar a experiência mais prazerosa, continue alternando o rimming com a masturbação ou estimulação de outras áreas do corpo.

Nota: Evite passar do beijo grego para o sexo oral vaginal sem antes lavar a boca. Ignorar esse passo pode propiciar a aparição de infecções urinárias.

Quais são os riscos do beijo grego?

Mulher com lingerie sensual

Como acontece com qualquer outra prática sexual, esse tipo de sexo traz consigo alguns riscos de contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e outros tipos de infecções por bactérias, vírus ou parasitas da área.

Os riscos mais comuns incluem:

  • Hepatite A, B ou C
  • Vermes intestinais
  • Vírus do papiloma humano (HPV)
  • Gonorreia
  • HIV/AIDS
  • Herpes
  • Shigella
  • Infecções urinárias

Claro que o risco alto ou baixo de infecções depende das medidas de higiene e segurança que o casal tomar. Recomenda-se que sua prática seja feita apenas entre o casal, de preferência se for uma relação estável.

De qualquer forma, o ideal é usar proteção, seja cortando uma camisinha para adaptá-la, ou ainda comprando protetores bucais especiais que são vendidos em lojas eróticas.

Conselhos para aproveitar o rimming ou beijo grego de forma segura

Casal tomando banho junto

Além das medidas de proteção mencionadas, é primordial levar em consideração outros cuidados que ajudam a fazer um rimming mais seguro e cômodo.

  • Lave bem seu ânus e suas partes íntimas com bastante água. Inclusive, para ter maior conexão entre o casal, vocês podem tomar banho juntos.
  • Evite o uso de sabonetes perfumados porque eles podem irritar a mucosa anal.
  • Retire os possíveis resíduos de fezes fazendo movimentos circulares de dentro para fora.
  • Mantenha a área depilada para que não seja incômodo e para evitar possíveis resíduos.
  • Antes de passar para a vagina ou para a boca da sua parceira, lave bem a boca.

Pouco higiênico e pervertido para uns, e para outros um caminho seguro para o orgasmo, o beijo grego é cada vez mais popular.

Embora seja inevitável que as opiniões sejam divergentes, o importante é se informar a respeito, falar com sua parceira e, sobretudo, praticá-lo de forma segura.

Melhor Com Saúde.

%d bloggers like this: