Azeite faz mal? Respondemos aqui

 

O azeite engloba diversas dúvidas sobre se deve ou não ser usado para cozinhar e fritar alimentos, por isso muitas pessoas ainda que o usem, não sabem exatamente se estão fazendo da forma correta. Entretanto, é errado afirmar que o azeite faz algum mal à saúde, porque pelo contrário, ele possui diversas propriedades benéficas para o corpo e pode auxiliar em diversas partes da nossa saúde.

O azeite de oliva não faz mal e, a seguir, você descobre como usá-lo corretamente para fritar e cozinhar os seus alimentos. Continue lendo!

Azeite faz mal? Respondemos aqui (Foto: Divulgação)

Azeite para cozinhar?

Ainda que possua diversos benefícios para a saúde, há grandes dúvidas relacionadas ao uso do azeite para cozinhar. Isso porque, de acordo com muitas pessoas, há uma temperatura em que o azeite ferve e perde assim todos os benefícios que poderia trazer para a saúde, além de possuir um ponto de fumaça bem baixo.

Entretanto, especialistas no assunto alegam que o azeite deve continuar sendo usado para refogar ou cozinhar os seus alimentos. Eles relatam que todos os azeites chegam em uma temperatura que começam a liberar substâncias não tão saudáveis, assim como o azeite de oliva, mas é possível refogar e cozinhar antes que o azeite chegue a esse ponto. O ideal é cozinhar em fogo baixo, dessa forma evitará que o azeite chegue rapidamente ao seu ponto de fumaça.

Azeite faz mal? Respondemos aqui (Foto: Divulgação)

Mito sobre o azeite é desvendado

Muitas pessoas alegam que quando chega em seu ponto de fumaça, o azeite de oliva começa a liberar toxinas que não são saudáveis para o nosso corpo e saúde, mas será que isso é verdade? Um especialista no assunto garante que isso não acontece e alega que mesmo quando é aquecido, o azeite de oliva apresenta uma resistência maior do que os outros tipos de azeite.

O azeite é um dos óleos vegetais com mais estabilidade na hora de cozinhar, principalmente devido à composição de ácidos graxos. Por isso você pode usá-lo sem medo, de preferência em fogo baixo, para que possa usufruir de todos os seus benefícios.

Azeite faz mal? Respondemos aqui (Foto: Divulgação)

Principais benefícios do azeite de oliva

O azeite de oliva, além de permitir que você cozinhe e ingira alimentos com menos calorias, também traz alguns benefícios para o corpo e para a saúde. Ele é um anti-inflamatório, atuando na prevenção de doenças cardiovasculares e na inflamação de órgãos e/ou tecidos. Ele também contribui para diminuir o mau colesterol e é rico em vitamina E e em ômega 3.

O azeite de oliva também é rico em antioxidantes como polifenóis, tocoferóis, flavonoides e compostos fenólicos. Esses antioxidantes ajudam a eliminar todas as toxinas e impurezas do organismo, eliminando os radicais livres. Esses antioxidantes também combatem o envelhecimento precoce.

Devido aos seus efeitos antioxidantes, o azeite de oliva também é ideal para evitar o câncer. Algumas vitaminas presentes no azeite ajudam ainda a diminuir a mutação das células cancerígenas. Para completar, o azeite de oliva protege a pele, age como um antirrugas natural, melhora a elasticidade, diminui a oleosidade da pele, e muito mais.

 

 

%d blogueiros gostam disto: