Como Tratar A Gastrite? Aprenda 4 Formas Práticas

Tratar a gastrite é essencial para evitar maiores problemas de saúde, e ter mais qualidade de vida. Os sintomas da gastrite levam a todo tipo de destruição no trato digestivo, causando dor e desconforto.

Mas o que é gastrite? É um problema digestivo causado pela inflamação do estômago e erosão do revestimento do estômago, chamado de mucosa gástrica. Algumas pessoas usam os termos indigestão e gastrite de forma semelhante, uma vez que ambos causam sintomas semelhantes.

No entanto, embora seja normal experimentar ocasionalmente indigestão, um diagnóstico de gastrite é feito quando os testes revelam inflamação do estômago ou sintomas persistentes de dores no estômago (1).

Não deixe de ler e compartilhar.

Tratar a Gastrite de Forma Natural

É comum que os pacientes com gastrite sofram episódios frequentes de dores de estômago, barriga inchada, queimação e outras dores. As pessoas podem sofrer com os sintomas de gastrite a curto prazo (gastrite aguda) ou por muitos anos (gastrite crônica).

A causa subjacente da gastrite se deve a um revestimento enfraquecido do trato digestivo, especificamente a barreira revestida de muco que normalmente mantém ácidos digestivos e sucos de danificam o seu estômago.

Hábitos prejudiciais ao estilo de vida, como fumar, ter uma dieta pobre em nutrientes e usar remédios sem receita médica com frequência, contribuem para a inflamação do estômago e aumentam as suas probabilidades de desenvolver gastrite.

Também é preciso ficar atento caso você já esteja na meia-idade, sofre com excesso de peso ou obesidade, sofre de estresse crônico e frequentemente come alimentos processados, pois nesses casos as chances de gastrite também aumentam (2).

O que você pode fazer para ajudar tratar a gastrite? Faça mudanças em sua dieta, incluindo diminuir a ingestão de álcool e consumir mais produtos frescos; pare de fumar e faça exercícios regularmente, são todas atitudes que minimizam e tratam a gastrite.

Tipos de Gastrite

Os principais tipos de gastrite incluem:

>> Gastrite Crônica: se desenvolve gradualmente e provoca complicações a longo prazo. Algumas pessoas não experimentam sintomas visíveis durante muitos anos até que outros problemas se desenvolvem devido à inflamação. A gastrite crônica causa um desgaste da mucosa gástrica e um aumento gradual das células inflamatórias, o que também pode aumentar as chances de que o paciente desenvolva câncer gástrico.

>> Gastrite Aguda: aparece de repente e dura por períodos mais curtos de tempo. No entanto, pode causar sintomas graves durante um episódio ativo. Os sintomas podem “vir e ir” dependendo de outros fatores relacionados ao seu estilo de vida que afetam o sistema digestivo.

>> Gastrite Atrófica: é uma forma de gastrite crônica que causa uma perda gradual de células glandulares gástricas, que são substituídas por tecidos intestinais e fibrosos. À medida que o forro gástrico muda, o risco de má absorção, deficiências nutricionais e reações de transtornos autoimunes aumenta. Pacientes com gastrite atrófica crônica muitas vezes desenvolvem baixa produção de ácido gástrico e hipergastrinemia, que pode desencadear anemia e crescimento tumoral (4).

Sintomas de indigestão podem ser causados também por reações a prescrições, analgésicos sem receita médica, alergias e intolerância alimentar ou outras condições subjacentes de saúde, por isso, se você está com sintomas contínuos de gastrite sem alívio, procure o seu médico.

Tratamento

A boa notícia é que, uma vez que as pessoas descobrem que a gastrite aguda é responsável por seus sintomas, as chances são altas de que algumas mudanças feitas na rotina possam melhorar sua condição.

A gastrite crônica também pode ser tratada e gerenciada, mas geralmente requer o uso de medicação.

O médico pode optar por alterar sua dieta, mudando os medicamentos que você toma (ou ajustando os níveis de dosagem), e possivelmente prescrevendo antibióticos ou medicamentos para controlar a infecção.

Veja alguns tratamentos naturais que ajudam a tratar os sintomas de gastrite:

1. Evite Alimentos Errados

gastrite-dr-juliano-pimentel-2
Tratar a Gastrite: Evite alimentos industrializados. Imagem: (Divulgação)

Remova da sua dieta os alimentos que podem irritar o estômago.

Muitas pessoas com gastrite sentem uma piora dos sintomas quando comem alimentos processados, alimentos fritos ou alimentos picantes.

Uma dieta pobre em nutrientes também é um fator de risco para a gastrite, porque promove a inflamação no trato digestivo, pode aumentar o risco de Síndrome do Intestino Gotejante, e pode contribuir para deficiências de nutrientes que pioram os sintomas de gastrite.

Dicas que ajudam a gerenciar a gastrite através da dieta incluem:

  • Corte da dieta os alimentos processados e industrializados, ricos em ingredientes sintéticos e produtos químicos;
  • Evite bebidas açucaradas, como refrigerantes;
  • Em vez de apenas comer uma a duas grandes refeições por dia, divida as refeições em quantidades menores;
  • Tente terminar sua última refeição mais de três horas antes de ir dormir;
  • Evite alimentos picantes;
  • Evite o álcool.

Acompanhe os sintomas para entender melhor quais são os “alimentos gatilhos” da sua gastrite, incluindo álcool, cafeína, tomate, chá, frutas cítricas, produtos lácteos, hortelã-pimenta, que podem afetar a digestão (5).

2. Alimentos saudáveis

gastrite-dr-juliano-pimentel-3
Tratar a Gastrite: Dieta Correta. Imagem: (Divulgação)

A gastrite pode causar sintomas como anemia, inchaço, vômitos, deficiências em nutrientes e desidratação; por isso, é importante comer alimentos ricos em nutrientes para evitar complicações.

Pesquisas também mostram que o excesso de peso aumenta o risco de gastrite, úlceras e outros problemas digestivos.

Uma dieta para tratar a gastrite é rica em vegetais, frutas, proteínas e gorduras saudáveis, que podem ajudar a controlar a inflamação, mantêm o seu peso saudável e previne deficiências em vitaminas, minerais e antioxidantes essenciais.

Opte também por alimentos ricos em antioxidantes, como cebola, alho, abóbora, pimentão, nozes, legumes, carnes e aves.

Veja aqui mais dicas de alimentos para tratar a gastrite.

3. Não Use Medicamentos Sem Prescrição

A aspirina, ibuprofeno e naproxeno, podem contribuir para o desenvolvimento de gastrite porque mudam a forma como seu corpo produz um tipo de enzima que ajuda a construir o revestimento do estômago.

Evite a automedicação, mude para tratamentos naturais sempre que possível. Por exemplo, para dores de cabeça pode ser útil trabalhar a redução do estresse e comer alimentos ricos em magnésio (7).

4. Exercício e Controle do Estresse

Um estilo de vida sedentário e altas quantidades de estresse podem aumentar a inflamação do organismo, que prejudica os órgãos digestivos.

Pratique exercício físico regularmente. A atividade física é uma ótima maneira de aumentar as suas funções imunológicas, ajudá-lo a manter o peso corporal saudável, equilibrar os hormônios e controlar o estresse.

O estresse também pode aumentar a produção de ácido do estômago, o que torna os sintomas da gastrite mais dolorosos. Pessoas com ansiedade e altas quantidades de estresse têm problemas no funcionamento do sistema imune, taxas mais elevadas de infecções, inflamação e úlceras estomacais (8).

Há evidências de que práticas que promovem alívio do estresse, incluindo respiração profunda, yoga, tai chi, acupuntura e meditação, podem ser úteis no controle de problemas digestivos, incluindo gastrite.

Mas a boa notícia é que você pode tratar a gastrite naturalmente, removendo alimentos irritantes e industrializados da sua dieta.

Consuma alimentos de verdade, eliminando ou diminuindo o uso de medicamentos sem prescrição médica, controlando o estresse e praticando atividades físicas.

Dr. Juliano Pimentel.

%d blogueiros gostam disto: