Dificuldade Para Emagrecer Afeta mais as Mulheres – Entenda

As mulheres têm mais dificuldade para emagrecer do que os homens. Isso acontece por razões fisiológicas, genéticas e hormonais. Uma das causas é o fato de as mulheres terem predomínio de massa gordurosa em relação à massa magra (músculos).

Isso faz com que o seu metabolismo basal seja mais lento, pois os músculos consomem mais energia para o metabolismo.

As mulheres que lutam contra a obesidade sentem mais dificuldades. 

A obesidade contribui para o envelhecimento prematuro e morte, aumentando o risco de desenvolver doenças fatais, como diabetes, doenças cardíacas e câncer. 

Se você está acima do peso, está na hora de começar a mudar de vida. 

Neste artigo, vou explorar as cinco razões mais comuns pelas quais as mulheres sentem dificuldades para emagrecer.

Não deixe de ler e compartilhar.

Dificuldade para Emagrecer

Você sabia que durante os exercícios, a mulher gasta menos calorias que o homem?

Em uma hora de atividade aeróbica intensa, ela pode perder cerca de 600 calorias, enquanto o homem pode perder 800 calorias; isso considerando a mesma altura, peso e idade. Mas as diferenças não param por aí.

Ao contrário dos homens, as mulheres têm mais gordura do que massa muscular, que tendem a ficar localizadas nos quadris, culote e nádegas.

Para os homens, a tendência da gordura é ficar retida na região abdominal (gordura visceral), fator que está diretamente associado a doenças cardiovasculares, hipertensão, derrame, diabetes e infarto.

No entanto, eles têm a seu favor a testosterona (hormônio sexual masculino) que aumenta a massa muscular e acelera o metabolismo. Nas mulheres o mesmo não acontece.

Veja quais são os principais fatores de dificuldade para o emagrecimento delas (1).

  1. Comer os Alimentos Errados

Os alimentos industrializados privam o corpo de nutrientes e você acaba se sentindo ainda mais faminta, pois o corpo sente falta de nutrientes.

O resultado? Você acaba comendo mais, mas não nutri o seu corpo como deveria. Esse pode um dos motivos da sua dificuldade para emagrecer.

Dê uma olhada em seus armários e despensa. Eles são carregados com alimentos em caixas, embalagens e sacos? 

Comece a verificar os rótulos desses alimentos. Eles contêm conservantes, aditivos, excesso de carboidratos, açúcar refinado, farinha processada e corante.

Se você come alimentos processados que se dizem saudáveis, não vai conseguir perder peso.

O primeiro passo é eliminar os alimentos industrializados da alimentação. Opte por alimentos saudáveis.

Os alimentos naturais como maçãs, laranjas, cenouras, brócolis, couve, proteínas, entre outros, são aqueles alimentos que vão auxiliar na perda de peso e na saúde.

  1. Fazer os Exercícios Errados

dificuldade-para-emagrecer-dr-juliano-pimentel-3
Dificuldade para Emagrecer: HIIT pode queimar mais calorias. Imagem: (Divulgação)

Pesquisas recentes mostraram que o Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT), pode queimar muito mais calorias do que manter um ritmo constante durante todo o treino.

Se você está dedicando tempo aos exercícios, mas não está perdendo peso, considere mudar para o treino HIIT.

Ao invés de apenas correr ou caminhar na esteira, faça sequências de alta intensidade correndo, e diminua o ritmo os exercícios sem parar.

Por exemplo, você pode fazer um sprint de força total correndo por 30-90 segundos, abrandar e andar por dois minutos, em seguida repetir essa sequência.

Continue essa rotina por dez a vinte minutos.

Este tipo de treinamento faz com que seu corpo queime gordura, pelas próximas 48 horas para reabastecer as reservas de energia vital do seu corpo (glicogênio).

Mas sempre faça exercícios com a acompanhamento médico.

  1. Problemas da Tireoide

O corpo precisa do equilíbrio dos hormônios químicos para funcionar adequadamente.

Alguns dos produtos químicos mais importantes quando se trata de peso e metabolismo são os hormônios da tireoide, o T3 e T4.

Uma dieta com deficiência ou excesso de iodo, ou outros problemas de saúde, afeta a tireoide e pode produzir os hormônios T3 e T4 em falta ou em excesso.

 Hipertireoidismo (T4 em excesso) causa sintomas como:

  •         Nervosismo;
  •         Insônia;
  •         Perda de peso;
  •         Excesso de transpiração;
  •         Fraqueza muscular;
  •         Desequilíbrio intestinal;
  •         Cabelo fino e quebradiço.

Hipotireoidismo (T4 em falta) causa sintomas como:

  •         Fadiga;
  •         Cabelos e pele secos;
  •         Ganho de peso;
  •         Constipação;
  •         Fraqueza e desconforto muscular.

Se você estiver enfrentando um ou mais desses sintomas, consulte o seu médico.

Descubra quais são as causas do seu problema de tireoide e siga as orientações do seu médico. Caso haja deficiências nutricionais como falta de iodo, acrescente algas a sua alimentação.

  1. Desequilíbrios Hormonais

O cortisol, também conhecido como o hormônio do estresse, pode afetar o emagrecimento. Esse hormônio em excesso aumenta o apetite, a vontade em comer carboidratos e retém a gordura no organismo.

Faça testes para determinar o nível de cortisol no sangue.

A melhor maneira de reduzir os níveis de cortisol é diminuindo o estresse.

Aprenda a dizer não, tire um tempo para se exercitar e fazer o que você gosta, encontre um hobby, use técnicas de respiração ou medite.

Todas essas são técnicas eficazes para reduzir os níveis de hormônio cortisol e estresse.

5. Pílulas Anticoncepcionais (e outros hormônios sintéticos)

Tomar pílula anticoncepcional pode te tornar mais propensa a sofrer com retenção de líquidos. Também faz com que as células de gordura ou células adiposas aumentem em quantidade.

Isto é devido ao efeito do estrogênio da pílula anticoncepcional, sobre a química do corpo (2).

Se você toma a pílula anticoncepcional e, desde então, começou a ganhar peso, a pílula pode ser a causa.

Converse com o seu médico sobre a melhor forma de prevenção de natalidade, e sempre use preservativo.

Além do ganho de peso, há muitos outros efeitos colaterais negativos pelo uso de pílulas anticoncepcionais, como: ansiedade, dores de cabeça, náuseas e problemas para engravidar após a descontinuação.

Eles também aumentam o risco de câncer e derrame.

Se você sente dificuldade para emagrecer, analise o seu estilo de vida e alimentação com o que foi descrito acima.

Também é essencial que você conheça o seu corpo e procure orientação médica.

E como eu mostrei aqui, a dificuldade para emagrecer pode estar relacionada aos seus hábitos alimentares. Mudar os hábitos é mudar de vida.

Crie ânimo para perder peso.

Dr. Juliano Pimentel.

%d blogueiros gostam disto: