Eu era feliz quando eu senti que a vida mexendo dentro de mim

É neste ponto que, na realidade, nasceu de uma mãe, quando as esperanças e os sonhos são e que em breve estará presente em toda a família.

“Eu era feliz, quando eu senti a vida agitação dentro de mim”, dizem aqueles que já viveram essa experiência única. A alegria de cada mãe começa quando ele ouve pela primeira vez o batimento do coração do bebê ou quando os seus movimentos mais luz é refletida na mais doce carícia na alma.

É totalmente errôneo acreditar que o amor de mãe é ativado apenas quando ela tem seu filho em seus braços, quando já tiver ido através do trabalho duro parte, que foi capaz de transformar a altas doses de dor, nem mais nem menos do que o amor incondicional.

A maternidade, o amor à primeira sentir

O amor e a felicidade de que a mãe é, sem dúvida, se manifesta e se espalhou por todo o meu corpo, a partir do momento em que ele começa a perceber que seu corpo se tornou uma fonte de vida. Sua barriga é um berço, e os seus seios, agora quente e o mais importante se torna a melhor fonte de alimento e um meio de contato com seu filho.

senti uma vida se mexendo dentro de mim

Só uma mãe mulher sabe que a emoção de sua primeira ultra-sonografia, quando você não consegue conter as lágrimas de emoção ao ouvir o coração de seu filho, batendo rapidamente. Assim também bate no seu próprio coração, quando ele transborda de alegria com esse primeiro contato.

Esta mare é totalmente feliz quando você começar a sentir o pouco de sinais como a primeira chutes sutil no seu próprio. Neste momento, lembre-se que porque ele não estará mais sozinho. E é aqui onde você encontrar a sua verdade: o milagre da vida está acontecendo dentro do seu lindo momento.

A maternidade começa quando uma mulher descobre que seu plano de vida não é perfeita, mas para alcançar a felicidade. Bom esse é real e absoluta, somente quando ele é compartilhado com todos aqueles que a gente gosta: seu parceiro e o pouco que vive em você.

Para conectar-se com esta vida

A certeza de que muitas mulheres não são capazes de compreender como uma conexão forte e capaz de estender a cada um destes sinais pode ser produzido. Esta conexão é capaz de se tornar um marco na vida de uma pessoa, mais precisamente, da mãe.

No entanto, o que aconteceu com essa experiência, ele entende que a partir do momento em que sabemos que estamos indo para as mães, um único loop e um especial que foi criado entre o bebê e o ansioso mama, que sonha com o dia em que eu posso ser o seu pequeno tesouro em seus braços.

senti uma vida se mexendo dentro de mim

Esta mãe também sabe que, no presente momento, e por um período mínimo de nove meses ter que se contentar com as imagens fornecidas pelo ultra-som. Deve ser o suficiente para ser capaz de dar um rosto para o seu filho, e complementar a sensação de sentir seus movimentos sutis que, gradualmente, se torna mais ativo.

Surge a necessidade imperiosa de a mãe de conectar-se com esta vida que pulsa dentro de seu corpo. Portanto, os momentos de descanso são tão importantes para manter o contacto com o bebé, através de um suave acariciando sua barriga, diálogos com um tom calmo e sereno, e mesmo com alguns canção de ninar.

Certamente, todas estas estratégias não representam qualquer coisa de louco e nem ele. Vários estudos científicos têm demonstrado os efeitos positivos de contato pré-natal de mulheres com o bebê. Até mesmo as histórias e as músicas são realmente incríveis.

E lá vem o dia em que a vida é dividida…

E aí vem um tempo quando a vida decide manifestar-se mais do que nunca. Você começa a sentir as dores mais intensas do que anunciar a iminente chegada do bebê ao mundo. É hora de ser forte para você e, acima de tudo, para ele. Para todas as esperanças e o mais profundo amor.

Os dias em que você sentiu e viveu dois estarão de volta. Também para a esquerda, por trás deste sofrimento que, de alguma forma, o nascimento representa. O futuro torna-se a vida diante de seus olhos e logo começou a acreditar em amor à primeira vista, que tanto de pergunta. Seu mundo mudou com o primeiro choro, a sua vida mudou com o primeiro olhar.

Ser mãe não é só dar à luz, é conduzir pela vida

Ser mãe não é só dar a luz, é a de levar a vida

Ser pais é estar consciente de que o papel da mãe envolve muito mais do que dar à luz. Uma das muitas tarefas de uma mãe é educar seus filhos. Visto que Leia mais “

%d blogueiros gostam disto: