O que São as Lignanas e Como Influenciam na Saúde?

As lignanas são essenciais para a saúde; ela está envolvida em diversos processos importantes para a manutenção do organismo.

De acordo com uma pesquisa publicada na edição do “International Journal of Cancer ”, existe uma correlação com as dietas ricas em lignanas e a diminuição do risco de câncer. Mas esses não são os únicos benefícios para a sua saúde.

Nesse artigo eu vou explicar o que são as lignanas, como elas podem beneficiar a sua saúde, e quais são as principais fontes alimentícias.

Não de ler e compartilhar!

Lignanas

Lignanas e os Glóbulos Brancos (Foto: Divulgação)

As Lignanas são fitoquímicos fabricados em nosso organismo (mais especificamente fabricado no cólon). Porém, alguns alimentos são ricos em lignanas e nos ajudam na produção desse composto.

São consideradas um dos principais fatores de proteção que fazem com que as dietas vegetarianas, e outras bem ricas em alimentos vegetais ajudem na proteção do nosso organismo com relação a doenças graves como o câncer.

Ela ajuda a combater o câncer de mama; a manter um bom funcionamento do organismo em outros aspectos.

Os glóbulos brancos transportam o oxigênio através do sangue para o corpo todo. As lignanas ajudam na produção de glóbulos brancos, por isso ela é essencial para a saúde.

Benefícios da linhaça

A linhaça, além de ajudar no combate ao câncer é uma semente bem poderosa. Apesar de ter um teor de carboidratos, a linhaça tem muitos benefícios para quem quer incluir essa sementinha na dieta, como o seu alto teor de proteína vegetal.

Quem gosta de opções veganas ou vegetarianas de proteínas, pode incluir esse alimento como farinha feita na hora de consumir (bata as sementes no liquidificador).

Essa farinha pode ser usada para complementar a refeição.

A linhaça também tem o famoso ômega 3, que ajuda a limpar as artérias. Sendo assim, a linhaça previne doenças ligadas ao coração. O consumo deve ser feito regularmente e em escala dosada, pois qualquer excesso pode prejudicar a sua saúde (1,2).

Estudam apontam que o óleo de linhaça possui 60% de ômega 3, enquanto o salmão possui somente 30%. O ômega 3 é essencial para a construção de hemoglobina, que são as moléculas responsáveis por levar o oxigênio por meio do sangue.

Mesmo diante de todos esses benefícios a comunidade médica acredita que o mais significativo é a prevenção do câncer, doença que ainda não tem uma cura definitiva.

O câncer de mama é um desses cânceres que a linhaça pode prevenir por causa da lignana. Essa substância atua como um neutralizador dos males do estrógeno sobre as glândulas mamárias.

Esse grão também funciona como uma reposição hormonal feita de forma natural, trazendo benefícios para quem está na menopausa e na diminuição do colesterol ruim.

As fibras da linhaça ajudam você a ter um controle da fome e traz saciedade. Por isso, se consumir a linhaça com moderação durante o processo de emagrecimento pode ter bons resultados.

Ela ajuda a diminuir os sintomas da menopausa, na redução do mau colesterol e no controle de peso.

Alimentos Ricos em Lignanas

Lignanas: Couve de Bruxelas (Foto: Divulgação)
  • Semente de linhaça: 60.000 mcg (microgramas) de lignanas por 100 gramas
  • O óleo de semente a linhaça: cerca de 20.000 mcg
  • Algas secas: 900 mcg
  • Legumes inteiros: 562 mcg
  • Cascas de legumes: 371 mcg
  • Frutas: varia entre 144 e 84 mcg

Morango, amora, cereja, acerola, peras, pêssegos, uvas, cerejas, tangerina, ameixas, kiwis, laranjas, damascos, couve-flor, brócolis, couve de Bruxelas, cebola, alho, repolho, alho-poró, pimentão vermelho e verde, cenoura, espinafre, vagem e pepino.

O carboidrato quando ingerido se transforma em açúcar (glicose), que acaba sendo usado como uma forma de combustível, para que o nosso corpo fabrique a energia usada em nossas atividades diárias.

Quando eliminamos ou diminuímos drasticamente da nossa alimentação os carboidratos, causa uma carência de fonte energética, com isso o organismo usa a gordura armazenada como fonte de energia.

Esse processo é chamado de cetonas, que deixa o organismo em estado de cetose (queima de gordura armazenada). Sendo assim, para que a dieta cetogênica dê certo é necessário diminuir a quantidade de carboidratos do organismo drasticamente.

Por isso, para ingerir a lignanas cuidado com o aumento de consumo de carboidratos, para não prejudicar a dieta cetogênica e o emagrecimento.

É importante incluir alimentos naturais na alimentação, como aqueles que foram mencionados.

Porém, mesmo que você consuma de vez em quando alguns alimentos naturais, isso não é bastante para garantir a boa saúde e prevenir doenças, como o câncer de mama.

Você precisa excluir da alimentação os produtos industrializados e processados, pois eles afetam a saúde de forma significativa.

Esse é o momento de transformar a sua saúde de forma efetiva!

Dr. Juliano Pimentel

%d blogueiros gostam disto: