Dieta da Bela Adormecida; saiba o que é e para que serve

[bloqueador]

Dieta da Bela Adormecida Saiba que existe sim, e nesse texto você vai descobrir o que é essa dieta e para que ela serve. Veja também como botá-la em prática. Acompanhe a seguir!

Na hora de brigar para aqueles quilinhos extras irem embora, as mulheres são capazes de muita coisa. Nesse sentido, você já deve ter ouvido falar na ‘Dieta da Bela Adormecida’. Caso contrário, chegou a hora de conhecer tudo sobre esse método.

Apesar de ser conhecida há algum tempo, a dieta da Bela Adormecida não é muito vantajosa para a saúde, segundo indica alguns nutricionistas. Porém, em qualquer dúvida, o mais sensato é consultar o seu médico.

Em síntese, a dieta da Bela Adormecida consta na indução do sono, seja ele por meios naturais ou forçados (com a utilização de sedativos), para evitar a ingestão de alimentos durante o dia.

A dieta da Bela Adormecida

Como foi exposto anteriormente, a dieta da Bela Adormecida é um método de emagrecimento utilizado para que algumas refeições do dia não sejam realizadas, justamente porque a pessoa está dormindo.

Na maioria dos casos, esse sono não vem de forma natural, ele é provocado através da ingestão de medicamentos sedativos que podem trazer sérias consequências para a saúde. Justamente por ser utilizado de forma irresponsável.

A dieta da Bela Adormecida consiste em tomar sedativos para dormir e evitar comer . Para se ter ideia, há relato de pessoas que passam cerca de 20 horas dormindo, somente para não ingerir alimentos. “Muitas das dietas ditas da moda não são equilibradas do ponto de vista nutricional”, diz a nutricionista Ana Rita Lopes.

A dieta é bem simples e pode acarretar na perda de peso sim, porém, alguns efeitos negativos podem atingir o paciente. Essa prática restringe severamente a ingestão de calorias.

Veja também: Quantas calorias perder por dia para emagrecer?

Os perigos da dieta da Bela Adormecida

Depois de entender o que a dieta da Bela Adormecida pode trazer de malefícios para o corpo, não fica tão complicado enxergar quais os fatores podem ser os causadores disso tudo.

Primeiro vem o fato do relógio biológico ser totalmente ‘desconfigurado’. Nesse ponto, todo o funcionamento do corpo pode estar em risco, justamente por não ser seguido hábitos simples como respeitar o horário das refeições e do sono.

Para as refeições, o corpo deixa de receber nutrientes importantes para fazê-lo funcionar bem. Isso pode ter reflexo no funcionamento dos órgãos, cérebro e interferir até na realização de tarefas simples.

De acordo com o endocrinologista João Aguiar, a dieta da Bela Adormecida pode representar sérios riscos à saúde de uma pessoa. “Esse foi um processo inventado por alguém que não tem nenhum fundamento científico”.

Fique de olho!

O outro ponto em questão diz respeito a ingestão de medicamentos sem necessidade e, acima de tudo, sem prescrição médica. Além de causar episódios de dependência, muitos deles podem trazer consequências mais graves.

Em uma entrevista publicada pela Metro UK, a clínica geral Clare Morrison diz que o uso de medicamentos sedativos pode provocar problemas de saúde mental, infecções e ataques no coração.

Na entrevista, Morrison compara a sua ingestão com o consumo de um maço de cigarros por dia. Isso pode ser causado pela irresponsabilidade com o uso de medicamentos associados a falta de nutrientes no organismo.

Dessa forma, tomar medicamento para dormir sem qualquer necessidade, sobretudo para forjar o sono na dieta da Bela Adormecida, pode ser um perigo. “O paciente pode ter uma queda de pressão acentuada, queda de açúcar severa e vir a óbito”, diz Aguiar.

A história de que o sono alimenta não tem qualquer fundamento científico. Pelo contrário, as pessoas precisam se alimentar de forma correta para que ele ajude o corpo a funcionar de forma correta.

“Nós não somos planta. As plantas que realizam fotossíntese, o ser humano, não! Ele precisa se alimentar e buscar na dieta todos os nutrientes necessários para o seu metabolismo e bem-estar”, acrescenta o endocrinologista.

Veja também: Dieta de Desintoxicação da Maçã

As consequências do uso de sedativos

O uso de medicamentos para induzir o sono é um dos principais elementos que contribuem para a dieta da Bela Adormecida. Porém, isso pode trazer uma série de consequência para a saúde humana.

Um dos perigos da dieta da Bela Adormecida é a dependência em medicamentos

Induzir o sono para “queimar” as refeições pode causar desnutrição (Foto: depositphotos)

Nesse sentido, algumas doenças podem ser desencadeadas nos pacientes, entre elas: Alzheimer, ataques cardíacos e pneumonia. Por isso é bom ficar atento, já que as consequências por essa falta de responsabilidade pode ser bastante prejudicial.

Outro ponto que pode ser bastante prejudicial pelo uso desenfreado de medicamentos para induzir o sono para a dieta da Bela Adormecida é o excesso de sono que pode acometer o paciente durante todo o dia. A dependência de medicamentos também é uma realidade.

Essa sensação de sonolência também pode causar comprometimento do equilíbrio, acarretando em quedas. Como consequência, essas quedas podem resultar em fraturas graves.

Dependendo da fragilidade da saúde do paciente, as chances de desenvolver ataques cardíacos é aumentada em até 50%. Como se ainda não bastasse, uma pesquisa desenvolvida pela Universidade Nottingham chama atenção para o risco de contrair pneumonia.

“O sedativo aumenta a atividade de um tipo de neurotransmissor e, com isso, induz a desaceleração do sistema nervoso”, comenta o neurologista André Gustavo Lima para o site Melhores Suplementos.

Dessa forma, o problema levantado pelo especialista pode resultar em quadros de amnésia, distúrbios alimentares e ansiedade. “Outro problema dessa dieta é a privação da socialização e produtividade, que pode causar depressão”, enfatiza André.

[/bloqueador]

%d blogueiros gostam disto: