10 Benefícios do chuchu para a saúde que você não sabe

0
86

Claro, você é uma das muitas pessoas que pensam que o chuchu é um vegetal insípido, e inútil! Porém, preciso dizer que pensar assim é um grande erro, porque não é correto, ele tem benefícios maravilhosos para a saúde e para o corpo.

Hoje, conheceremos esse vegetal, seus benefícios, características e como aproveitar todos os benefícios que ele traz, o que é benéfico para nós. Portanto, convido você a continuar lendo para permanecer nele. Acredito que você aprenderá muito e ficará surpreso.

O chuchu, É uma espécie de abóbora, pertencente à família Cucurbitaceae, originada em várias regiões do centro do México e da América Latina, mas hoje é cultivada em todo o mundo. É também chamado de mirliton de abóbora ou chocho.

A saber, o chuchu, É rico em uma variedade de nutrientes e antioxidantes, que podem fornecer muitos benefícios potenciais à saúde. Portanto, é uma escolha sábia optar por colocá-lo na mesa, pois mostra que você ama a saúde.

Benefícios do chuchu

1. Rico em nutrientes

Uma das maiores características do chuchu é o seu conteúdo nutricional, pois fornece várias vitaminas, minerais e fibras essenciais. Um chuchu (203 gramas) fornece os seguintes nutrientes:

  • Calorias: 39
  • Carboidratos: 9 gramas
  • Proteína: 2 gramas
  • Gordura: 0 gramas
  • Fibra: 4 gramas – 14% da Ingestão Diária de Referência (RDI)
  • Vitamina C: 26% do RDI
  • Manganês: 19% do RDI
  • Vitamina B9 (folato): 47% do RDI
  • Cobre: ​​12% do RDI
  • Vitamina K: 10% do RDI
  • Potássio: 7% do RDI
  • Vitamina B6: 8% do RDI
  • Zinco: 10% do RDI
  • Magnésio: 6% do RDI
  • Vitamina K: 10% do RDI

No entanto, o chuchu é particularmente rico em ácido fólico, que pode promover a divisão celular adequada. Além disso, o chuchu não é apenas rico em nutrientes, mas também é pobre em calorias, gordura, sódio e carboidratos totais. Além disso, é saudável e adequado para uma variedade de dietas.

Alimentos que ajudam a emagrecer

2. Contém antioxidantes potentes

Muitos dos benefícios do chuchu podem ser atribuídos ao seu conteúdo antioxidante. Ou seja, os antioxidantes são compostos encontrados em vários alimentos para prevenir danos às células. Da mesma forma, eles reduzem a inflamação e reduzem o estresse no corpo.

O chuchu fornece antioxidantes quercetina, miricetina, molina e kaempferol. Entre eles, o conteúdo de miricetina é maior.

Além disso, estudos demonstraram que a miricetina possui fortes propriedades anticancerígenas, antidiabéticas e antiinflamatórias. Por fim, vale ressaltar que o chuchu é uma excelente fonte de vitamina C, que atua como antioxidante no corpo humano.

8 receitas fáceis de remédio para diarreia

4. Promove o controle de açúcar no sangue

O chuchu Possui baixo teor de carboidratos totais e alto teor de fibras solúveis, o que pode ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue. Além disso, a fibra solúvel vai desacelerar a digestão e absorção de carboidratos, reduzindo assim a resposta de açúcar no sangue após comer.

Além disso, o chuchu também pode melhorar o controle do açúcar no sangue ao afetar a insulina. Isso ocorre porque quando a sensibilidade das células à insulina diminui, ocorre resistência à insulina.

E hormônios que regulam os níveis de açúcar no sangue. Além disso, isso leva a um aumento gradual dos níveis de açúcar no sangue e pode levar ao diabetes.

A pesquisa mostra que os compostos únicos da planta no chuchu podem desempenhar um papel no aumento da sensibilidade à insulina e na redução da atividade de enzimas relacionadas ao controle deficiente do açúcar no sangue e diabetes tipo 2.

Se você tem diabetes tipo 2, você precisa saber DISSO!

5. Pode apoiar uma gravidez saudável

O ácido fólico ou vitamina B9 é essencial para todos – mas é especialmente importante para pessoas que estão grávidas ou planejam engravidar.

Nos primeiros estágios da gravidez, o ácido fólico é necessário para o desenvolvimento normal do cérebro fetal e da medula espinhal. A ingestão adequada de ácido fólico também pode prevenir o nascimento prematuro.

O chuchu é uma excelente fonte de ácido fólico, que pode fornecer mais de 40% do RDI em um vegetal. Portanto, comer pelo menos 3 vezes por semana é a escolha ideal para fortalecer o sistema imunológico. E tomá-lo e outros alimentos ricos em ácido fólico como parte de uma dieta balanceada também é uma boa maneira de manter uma gravidez saudável.

Diabetes Gestacional: saiba como evitar!

6. Pode ter efeitos anticâncer

O aumento do consumo de frutas e vegetais está associado à redução do risco de muitos tipos de câncer, incluindo cânceres do trato digestivo.

Estudos em tubos de ensaio mostraram que certos compostos de chuchu podem retardar o crescimento e a progressão de certas células cancerosas, como o câncer cervical e a leucemia.

7. Pode retardar os sinais de envelhecimento

Uma das principais teorias do envelhecimento foca nas moléculas chamadas radicais livres, que causam danos às células, fazendo com que sua função diminua com o tempo.

Alguns estudos mostraram que comer alimentos ricos em antioxidantes pode atrasar o processo de envelhecimento e proteger as células dos danos dos radicais livres.

Acontece que o chuchu é rico em antioxidantes, um dos quais é a vitamina C. Além de sua capacidade antioxidante, a vitamina C também é necessária para a produção de colágeno (uma das principais proteínas encontradas na pele). Em geral, acredita-se que o colágeno dá à pele uma aparência firme e jovem.

Portanto, o consumo adequado de alimentos ricos em vitamina C, como o chuchu, pode ajudar a reduzir os sinais visíveis de envelhecimento.

Além disso, um teste recente em um tubo de ensaio revelou um forte efeito protetor do extrato de colchina nas células da pele humana contra os danos causados ​​pela radiação ultravioleta.

8. Melhora a função hepática

A doença hepática gordurosa é uma condição em que o excesso de gordura se acumula no tecido hepático. Além disso, o excesso de gordura no fígado pode afetar sua capacidade de funcionar adequadamente.

Estudos em tubos de ensaio e animais sugerem que o extrato de chuchu pode proteger contra o acúmulo de gordura no fígado, potencialmente prevenindo ou tratando o fígado gorduroso.

Em um estudo, os depósitos de colesterol e ácidos graxos no fígado de ratos alimentados com uma dieta rica em gordura e tratados com extrato de chuchu foram significativamente menores do que no grupo de controle.

Isso se deve a mudanças significativas na função das enzimas envolvidas no metabolismo da gordura.

7 chás que vão eliminar a gordura no fígado – Confira

9. Promover um peso saudável

O chuchu tem poucas calorias, mas é rico em fibras –  atributos que podem manter um peso saudável.

O chuchu inteiro (203 gramas) fornece 39 calorias e 4 gramas de fibra. A fibra retarda o esvaziamento do estômago, deixando você se sentindo cheio por mais tempo – o que pode reduzir a ingestão de alimentos e promover a perda de peso.

Além disso, estudos demonstraram que a ingestão de fibra dietética pode aumentar os hormônios gordurosos, como o GLP-1 e o peptídeo YY. Portanto, adicionar abóbora à sua dieta pode ajudá-lo a controlar seus objetivos de perda de peso.

Em qualquer caso, o chuchu tem baixo teor calórico e alto teor de fibras, o que pode ajudar a emagrecer e manter o peso, deixando você saciado por mais tempo.

Receita com apenas 3 ingredientes que o faz perder peso e barriga rápido

10. Pode apoiar a saúde digestiva

Seu trato digestivo é responsável por várias funções básicas, incluindo desintoxicação, imunidade e absorção e absorção de nutrientes. Além disso, comer frutas e vegetais (como abóbora) também pode melhorar a digestão.

Os flavonoides são compostos vegetais que ajudam na digestão e são encontrados em grandes quantidades no chuchu. Estudos demonstraram que os alimentos ricos em flavonoides podem ajudar as enzimas digestivas a participarem da remoção e excreção de resíduos do trato digestivo.

Além disso, a ingestão adequada de alimentos ricos em fibras (como chuchu) pode estimular a função intestinal saudável e manter as bactérias intestinais saudáveis.

Por sua vez, esses benefícios promoverão a regularidade intestinal. Da mesma forma, eles podem desempenhar um papel na prevenção de várias doenças crônicas. Por exemplo, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer de cólon.

Finalmente, os flavonoides e a fibra do chuchu melhoram várias funções do trato digestivo, incluindo bactérias intestinais saudáveis ​​e regularidade intestinal.