4 soluções naturais para reduzir os joanetes

0
303
joanetes

Joanetes são aquelas saliências ósseas que aparecem na base do dedão do pé e causam deformação significativa.

Elas ocorrem quando aquele dedo pressiona um dedo adjacente, causando um aumento no volume da articulação, que geralmente se destaca.

Muitos casos são genéticos, embora também possam surgir de doenças inflamatórias, lesões ou calçados inadequados.

Mesmo que os joanetes apareçam gradualmente e pareçam leves no início, eles precisam ser tratados antes de causar complicações.

Embora pareça uma questão estética simples, pode causar inchaço, dor e outros sintomas desagradáveis.

Causas dos joanetes

Médico revisando joanete

A causa exata do joanete é desconhecida. Vários são os fatores relacionados aos motivos de seu aparecimento:

Veja também: Dores no joelho – Perguntas mais frequentes

Sintomas

O principal sintoma dos joanetes é a deformidade dos dedos dos pés. No entanto, muitas vezes se manifesta com outros sinais:

  • Inflamação e avermelhamento ao redor da articulação do dedão do pé
  • Calos
  • Dor contínua ou intermitente
  • Redução do movimento do dedo afetado

Remédios naturais para reduzir os joanetes

Quando os joanetes apresentam complicações e dificultam a movimentação, é necessária intervenção médica para determinar o tratamento mais adequado.

No entanto, se estiver em seus estágios iniciais ou se for leve, pode ser reduzido com alguns remédios naturais.

1. Óleo de calêndulas

As propriedades anti-inflamatórias da calêndula têm um efeito calmante na dor que geralmente ocorre nos pés devido aos joanetes.

O óleo essencial relaxa as articulações e melhora a circulação, proporcionando alívio.

Ingredientes

  • 5 colheres de flores de calêndula (75 g)
  • 1/2 xícara de azeite de oliva (100 g)

Modo de preparo

  • Coloque as flores de calêndula em uma panela e cubra-as com o azeite de oliva.
  • Esquente o produto a fogo baixo, durante cinco ou dez minutos.
  • Retire o preparado, deixe repousar e armazene em um frasco de vidro escuro.
  • Coloque para macerar durante dez dias e, depois desse tempo, coe.

Modo de aplicação

  • Esfregue o óleo sobre o joanete e massageie durante três ou cinco minutos.
  • Repita sua aplicação todas as noites antes de dormir.

2. Banhos com camomila

Os banhos com infusão de camomila são um dos remédios naturais que promovem o alívio da dor que os joanetes nos pés geram.

Estes liberam a tensão do pé e ajudam a amolecer calos e células mortas. 

Ingredientes

  • 5 colheres de flores de camomila (75 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Modo de preparo

  • Verta as flores de camomila em uma panela com água e coloque-as para ferver.
  • Quando começar a ferver, reduza o fogo e deixe-o durante mais três ou cinco minutos.
  • Deixe repousar, coe e realize os banhos.

Modo de uso

  • Despeje a bebida de camomila em uma bacia e submerja os pés durante quinze ou vinte minutos.
  • Repita seu uso todos os dias, ou mesmo, quando a dor aparecer.

3. Sais de magnésio

sais de magnésio para tratar joanete

Os sais de magnésio são absorvidos pela pele e têm um efeito anti-inflamatório na articulação afetada.

Ingredientes

  • 3 colheres de sais de magnésio (45 g)
  • 2 xícaras de água (500 ml)

Modo de preparo

  • Misture os sais de magnésio com água quente e adicione um pouco de água fria para regular a temperatura.

Modo de uso

  • Despeje o remédio em uma bacia e submerja os pés durante vinte minutos.
  • Repita sua aplicação quando sentir inchaço ou dor.

4. Azeite de oliva e lavanda

Azeite e lavanda

Combinando os benefícios do azeite de oliva com flores de lavanda, fazemos uma loção anti-inflamatória e calmante, perfeita para massagear joanetes caso causem dor ou dificultem a movimentação.

Ingredientes

  • 1/2 xícara de azeite de oliva (100 g)
  • 5 colheres de lavanda (75 g)

Modo de preparo

  • Coloque o óleo em um recipiente resistente ao calor e adicione a lavanda.
  • Deixe-o ferver, a fogo baixo, durante vinte minutos.
  • Depois desse tempo, deixe repousar e coe.

Modo de uso

  • Umedeça as palmas das mãos com o óleo e massageie sobre as áreas afetadas.
  • Deixe absorver sem enxaguar e use até duas vezes por dia.

Para obter bons resultados com essas medidas, precisamos ser consistentes em aplicá-las.

Para não sofrer grandes problemas, é importante substituir os calçados por variedades confortáveis ​​e de preferência ventiladas.