Amigdalite bacteriana,o que é, como se pega e como tratar

0
29

A amigdalite bacteriana é uma inflamação das amígdalas, ou estruturas da garganta, causada por bactérias geralmente do gênero Streptococcus.

Portanto, a inflamação geralmente causa febre, dor de garganta e dificuldade para engolir, o que pode levar à perda de apetite.

Porém, o diagnóstico da amigdalite bacteriana é feito pela equipe médica com base na sintomatologia e na observação da garganta.

No entanto, exames microbiológicos também podem ser necessários para identificar os tipos de bactérias que causam a amigdalite, para que sejam indicados os antibióticos mais adequados. É o tratamento mais comumente usado.

Sintomas De Amigdalite

Os principais sintomas que podem ser causados ​​pela amigdalite bacteriana são:

  • Dor de garganta intensa;
  • Dificuldade para engolir;
  • Febre alta;
  • Calafrios;
  • Pontos brancos na garganta (pus);
  • Perda de apetite;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço das amígdalas

Veja Mais: Como tirar bolinhas brancas fedidas da garganta

Diagnóstico De Amigdalite

Na maioria dos casos, o diagnóstico é clínico, ou seja, a amigdalite bacteriana só pode ser confirmada pela avaliação dos sintomas e observação da garganta em consultório.

Porém, em alguns casos, o médico pode solicitar um exame microbiológico para saber quais bactérias estão causando a infecção nas amígdalas, de forma a se adaptar melhor ao tratamento.

Como que Pega Amigdalite

A amigdalite bacteriana geralmente é transmitida quando as gotículas são inaladas, devido à tosse ou espirro, contaminadas com bactérias que eventualmente se instalam nas amígdalas, desenvolvem e causam amigdalite.

No entanto, a amigdalite também pode ocorrer quando você toca em um objeto infectado, como a maçaneta de uma porta, e depois move o nariz ou a boca sem lavar as mãos primeiro.

É por isso que a amigdalite é mais comum em crianças, por exemplo, elas têm maior probabilidade de colocar as mãos sujas na boca.

Fatores De Risco

Acredita-se que alguns fatores correm o risco de desenvolver tonsilite bacteriana. Confira alguns deles:

  • Idade: pessoas mais jovens têm maior probabilidade de contrair a doença do que pessoas mais velhas. Amigdalite geralmente ocorre em crianças e adolescentes.
  • A exposição a vírus e bactérias também pode causar amigdalite, especialmente entre crianças em creches e escolas.

Amigdalite Tem Cura?

Sim, em casos mais simples, os sintomas de amigdalite geralmente desaparecem dentro de dois a três dias após o início do tratamento.

Normalmente, a infecção é curada após o término do tratamento, mas algumas pessoas podem precisar de outra rodada de tratamento com antibióticos.

No entanto, as complicações da amigdalite causada por estreptococos podem ser graves se não tratadas a tempo.

Além disso, crianças com amigdalite relacionada à infecção estreptocócica ou faringite geralmente devem ser mantidas em casa até que tomem antibióticos por 24 horas.

Isso ajuda a reduzir a carga viral da doença. Em alguns casos, a remoção cirúrgica das amígdalas é necessária.

Diagnóstico De Amigdalite

A tonsilite bacteriana quase sempre é tratada com antibióticos de amplo espectro (como a amoxicilina), que podem eliminar o excesso de bactérias.

Somente após avaliação e observação dos sintomas e sinais é que os profissionais de saúde podem orientar o uso desse antibiótico, que geralmente melhora o quadro em 3 a 5 dias após o início do tratamento.

Se os sintomas não melhorarem ou piorarem, o médico pode solicitar um exame microbiológico para entender melhor quais bactérias estão presentes nas amígdalas. Medidas de tratamento adequadas devem ser tomadas para usar os antibióticos mais específicos e indicar o tipo de bactéria aqui identificada.

Em casos mais crônicos, em que a tonsilite bacteriana persiste por mais de três meses ou recorre, a remoção das amígdalas pode ser indicada.

É importante que você trate sua amigdalite conforme prescrito pelo seu médico para evitar complicações como abcessos e febre reumática.

Amigdalite Aguda

Complicações Possíveis

A bactéria da amigdalite pode levar a complicações mais sérias, como:

  • Dificuldade para respirar, causada pela obstrução das vias respiratórias devido a amígdalas inchadas
  • Desidratação causada por dificuldade na ingestão de líquidos
  • Insuficiência renal
  • Abscesso perintonsilar ou abscesso em outras partes da garganta
  • Faringite bacteriana
  • Febre reumática e transtornos cardiovasculares associados a ela.

Remédio Caseiro para Amigdalite

Observe que as opções de tratamento em casa devem sempre ser usadas como um complemento ao tratamento indicado pelo médico, não um substituto.

Da mesma forma, você também deve informar o seu médico sobre o uso de quaisquer remédios caseiros, pois isso pode eventualmente interferir na função dos antibióticos.

No entanto, durante o tratamento com antibióticos, o tratamento que quase sempre pode ser usado para aliviar os sintomas é enxaguar a boca com água morna e sal 2 a 3 vezes ao dia.