Babosa no cabelo: como fazer para hidratar para os fios

0
86
Babosa no cabelo: como passar para hidratar e crescer os fios
Babosa no cabelo: como passar para hidratar e crescer os fios
[faceturbo]

Você sabe como usar a babosa no cabelo? A demanda de aloe vera o aloe é uma planta nativa do nordeste da áfrica e o Mediterrâneo, pertence ao gênero que é o lar de mais de 300 espécies, a maioria deles com propriedades medicinais.

Há registros de que o aloe é usado por mais de 5 mil anos como um potente de cosméticos naturais. No Brasil, é usado tradicionalmente para tratar do cabelo, pele e também a cura de queimaduras.

A planta, que costumam medir entre 30 a 60 cm de altura, tem longa, folhas verdes e delicioso. O interior destes contêm um gel viscoso, brilhante e com um cheiro forte. A consistência semelhante a baba, que originou o nome popular da planta no país.

Publicidade

Atualmente, é possível encontrar vários cosméticos em sua composição tomar aloe, mas saiba que é possível aproveitar todos os benefícios de usar a planta naturalmente e sem gastar muito.

Como usar a babosa no cabelo?

Uma das principais maneiras de usar a babosa no cabelo. Isso porque “pai” que está no interior da folha é rica em nutrientes e vários compostos fitoquímicos que penetram na cutícula do cabelo e proporciona uma série de vantagens.

Tudo isso com os métodos de materiais bem fácil e que mudam de acordo com o resultado desejado. Veja como usar a babosa para aproveitar as vantagens principais da planta!

Para hidratar os fios

A aloe é normalmente indicado para quem quer hidratar os cabelos, principalmente devido à grande quantidade de nutrientes encontrados na parte interna da folha. Neste caso, é possível confirmar que ele é emoliente, proporcionando mais maciez dos fios.

Para este efeito, você vai precisar apenas as folhas de aloe, em termos de tamanho suficiente para envolver todo o cabelo. Em primeiro lugar, use uma faca para cortar e remover a parte mais externa das folhas.

Logo depois, separe o gel e aplicar a partir do meio para o topo do cabelo. Enrole o fio com a tampa ou com a toalha e aguarde cerca de 20 minutos para que todos os nutrientes para penetrar nas cutículas do cabelo.

Finalmente, basta enxaguar, e a condição de concluir o cabelo. Após a primeira aplicação já é possível notar que os bloqueios são mais brilhantes e mais hidratada.

Para diminuir a queda e estimular o crescimento

O aloe é uma planta rica em diferentes tipos de nutrientes. Uma boa parte deles, contribuir para a queda na demanda causada pela quebra e ainda estimula o crescimento de novos cabelos.

Para estes fins, você pode usar o aloe um par de maneiras. Em primeiro lugar, para estimular o crescimento e uma diminuição na queda, que ocorre a partir da raiz, é necessário aplicar o gel de aloe puro ou misturado com o óleo de coco em toda a cabeça. Sempre massageando para promover a circulação e, logo depois, enxaguar e finalizar o cabelo como de costume.

Para fortalecer os fios, a aplicação deve ser feita no comprimento dos cabelos e deixe agir por 20 minutos. Talvez o impacto será observado com o uso contínuo, onde o cabelo vai ser mais forte e completo.

Para a caspa

Outro uso bastante comum no aloe gel para o tratamento de caspa. O problema, que afecta mais de 2 milhões de euros, o brasil a cada ano, é causada por uma condição chamada de dermatite seborréica.

Quando atinge o couro cabeludo, isso faz com que a irritação e a formação de cones de branco, causando bastante desconfortável. Portanto, a aloe é usado como um remédio natural para quem sofre com este problema.

Para este fim, nós só precisamos de aloe gel. Então, aplique o gel em todo o couro cabeludo, que deve ser limpo. Também é importante massagem bem e deixe por 15 minutos. Logo após, enxaguar e não finalizar com o condicionador ou creme para pentear.

Você pode repita este processo pelo menos duas vezes por semana, até que todos os caspa é removido.

10 benefícios da babosa para o cabelo

Como já foi dito, o aloe é uma planta utilizada há milhares de anos, especialmente quando se trata de cuidar da beleza. Todos estes merecem graças aos seus muitos recursos que ajudam a deixar o cabelo e a pele nutrida e frutífera.

No Brasil, a planta é mais comumente usado para esse fim e, em seguida, você verá os 10 benefícios da babosa para o cabelo e vai fazer você querer colocar um pé em casa. Confira!

  • Reduzir as caspas
  • A reparação de danos à estrutura da fiação
  • Tem um grande poder de hidratação
  • Para lutar contra quebrados e perda de cabelo
  • Estimula o crescimento de
  • Retarda o envelhecimento da pele da cabeça
  • Proteger contra os danos do sol
  • Livrar-se das impurezas
  • Reduzir a oleosidade na raiz
  • O efeito de cura.

Reduzir as caspas

Um dos principais benefícios da babosa para o cabelo é o de chegar ao fim com as caspas. O problema de descamação branca preocupado e preocupado muita gente, principalmente por causa da inflamação e comichão que causa.

Como já mencionado, a caspa é uma inflamação devido a uma condição chamada de dermatite seborréica, que é causada por um tipo de fungo que vivem no couro cabeludo.

O aloe gel tem em sua composição um anti-inflamatórias e antifúngicas. Assim, quando usado no couro cabeludo ajuda a tratar a raiz do problema e reduzir o desconforto causado pela caspa, tais como comichão. (1, 2)

Reparação de danos à estrutura da fiação

Aloe vera é capaz de reparar os danos causados pelas agressões do dia-a-dia para a estrutura do cabelo. Isso acontece devido a sua composição nutricional.

O gel é retirado do interior das folhas da planta são ricas em vitamina A, vários tipos de aminoácidos, bem como ácidos graxos. Cada uma destas substâncias está presente na estrutura do cabelo e que são perdidas com os danos diários.

Desta forma, o aloe ajuda a repor os nutrientes perdidos e reparar a estrutura dos fios. Além disso, para evitar o aparecimento do frizz e pontas duplas, que também são causados por causar a perda de nutrientes. (3, 4, 5)

Tem um grande poder de hidratação

O gel de aloe contém 70% de água. Isso faz com que ele seja uma bomba para hidratação no cabelo, especialmente pela capacidade de penetrar os fios.

Além disso, o efeito restaurador da planta é uma causa para reduzir a perda de água no ambiente. Assim, para promover, não só a água, mas é o impacto da emoliente que proporciona maciez, brilho e movimento no cabelo. (4, 6)

Para lutar contra quebrados e perda de cabelo

A perda de cabelo é um problema que afeta milhares de pessoas e pode acontecer devido a uma série de fatores. A queda, geralmente é causada pelo tratamento incorreto de escovas e pentes, o uso contínuo de secador e ferro para endireitar, e até mesmo o sol e a poluição nas grandes cidades.

Para combater esses males, a babosa fortalece a estrutura do cabelo, deixando-o menos vulnerável a ataques diários. (1, 3)

Estimula o crescimento de

A aloe é benéfico, porque ele age estimulando a oxigenação do couro cabeludo e permite o crescimento de novos cabelos.

Além disso, é rico em vitaminas a e K, que atuam diretamente na produção de novos cabelos e na saúde do mesmo. O gel também contribui para a boa esfoliação do couro cabeludo, e também ajuda a acelerar o processo de crescimento. (5, 7, 8)

Diminuir o envelhecimento da pele da cabeça

Assim como nossa pele, o cabelo também envelhece com o passar do tempo. Portanto, é importante a adoção de práticas que servem para retardar este processo.

Um deles é a utilização de aloe como um tratamento de cabelo. Devido à grande quantidade de vitaminas, minerais e vários ácidos aminados, a planta proporciona mais elasticidade e protege contra danos aos fios. (5, 8)

Proteger contra os danos do sol

O cabelo também pode sofrer danos causados pela exposição ao sol. Esses danos incluem o ressecamento, pontas duplas e desbotamento da cor, principalmente em cor de cabelo artificial.

O aloe gel actua através do bloqueio e a absorção de parte da radiação ultravioleta, causando danos à fiação são reduzidos. Parte do que está relacionada com a presença de diferentes substâncias antioxidantes e a grande quantidade de vitamina A, encontrado nas folhas. (4, 5)

O gel no interior da babosa é rico em nutrientes e ácidos graxos

Esta planta é a proteção da fiação contra as agressões externas do dia-a-dia

Livrar-se das impurezas

Quando aplicado nos cabelos, o aloe na produção de espuma macia que contém propriedades de limpeza devido à presença de saponina. Juntamente com a massagem, isso ajuda a remover as impurezas que ficam no couro cabeludo.

Além disso, ele penetra na camada superficial da pele e desentope os poros. No comprimento do cabelo, as plantas também fornecer uma limpeza suave, ao mesmo tempo, manter a hidratação. (3)

Reduzir a oleosidade na raiz

Além de hidratar os cabelos, a aloe é a capacidade de reduzir a oleosidade na raiz. Isso acontece devido a características do gel remover as impurezas e pela presença de uma substância chamada ácido salicílico.

Este composto é amplamente utilizado em produtos para a acne e que inclui a propriedade de esfoliante e anti-microbiana. Com o uso a longo prazo reduz a oleosidade e previne o aparecimento de dermatites e outros problemas de pele. (4, 8)

O efeito de cura

Finalmente, o aloe gel tem a propriedade de cicatrização de feridas. Isso faz com que ele seja extremamente eficaz para o tratamento de dermatite, incluindo os mais capazes e prevenir o desenvolvimento de novas lesões.

Por exemplo, aqueles que usam o plano de ferro, muitas vezes, você pode acabar queimando a pele da cabeça. A babosa estimula a produção de colágeno, o que melhora o fator de cura de feridas, evitar danos permanentes para o bulbo capilar e reduzir o problema. (1, 5, 6)

Características nutricionais da planta

Já foi mencionado que a planta aloe é bastante rica em termos de nutrição. O gel extraído do interior é possível encontrar as vitaminas A, C, e E do complexo B,como a B1, B2, B3 e B6, bem como a colina, a niacina e ácido fólico.

Minerais como ferro, sódio, potássio, zinco e magnésio também estão presentes em boas quantidades no “pai” da planta. Além disso, há mais de 20 aminoácidos, substâncias importantes para a saúde do cabelo e da pele. (5, 8,)

Há contra-indicações para o uso?

Sim, como qualquer outro produto natural, existem algumas contra-indicações e advertências com o uso de aloe. Em primeiro lugar, ele não deve ser usado durante a gravidez, ou em pessoas com história de doença cardíaca e renal crônica.

Isto porque, os compostos fitoquímicos da planta, é absorvido pelo corpo, eles interagem com alguns tipos de medicamentos que também pode levar ao aborto ou má formação do feto.

Antes de usar o aloe pela primeira vez, é sempre importante fazer um teste de alergia, aplicando uma pequena quantidade sobre o braço. Isso é necessário porque pode causar dermatite, diarréia e até mesmo vômitos em pessoas sensíveis.

Finalmente, a Agência Nacional de Vigilância sanitária (Anvisa) recomenda o uso da aloe na comida, em qualquer caso. Principalmente, pela falta de estudos para confirmar a segurança e os benefícios. (1, 9)

Como planta de aloe em casa?

Você vai ver neste artigo, os benefícios do uso de aloe em seu cabelo e está pronto para testar? Sei que é uma planta que pode ser cultivada no jardim e precisa de muito cuidado.

Como qualquer outro sulenta, a aloe é multiplicado por eustaquia. Isto é, o nascimento de novas plantas a partir de suas folhas. Já a terra para o plantio, deve ser bem drenado e arejado.

Assim, as raízes da Aloe vera pode resolver melhor no chão. A rega deve ser feita apenas quando o solo está seco e a aloe precisa para ficar em contato direto com a luz do sol. (10)

Referências científicas

Finalmente, por favor, veja abaixo as referências ao uso científico na fabricação deste artigo. A Solução para Casa é um site comprometido com a informação verdadeira, conteúdo relevante e, é claro, com a sua saúde. Portanto, fique sempre bom saber que(a) em nosso site!

Referências

(1) você, Meika et al. “Avaliação nutricional e metabólica efeitos de aloe vera“. Fitoterapia: Biomolecular e Aspectos Clínicos, v. 2, capítulo 23. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK92765/. Acesso em 30 de abril de 2019.

(2) HEDENDAL, Bruce Eric. “Toda A Folha De Aloe Vera, Quase Uma Panacéia“, [2004]. Disponível em: http://www.wholeleaf/.com/aloeverainf/. Acesso em 30 de abril de 2019.

(3) ESHUN, Kojo; ELE, Qian. “Aloe vera: Um valioso ingrediente de alimentos, farmacêutica e de cosméticos – uma revisão“. Revisões críticas em Ciência dos Alimentos e Nutrição, v. 44, n. 2, p. 91-96, [2004]. Disponível em: https://doi.org/10.1080/10408690490424694. Acesso em 30 de abril de 2019.

(4), Maria D; BELAND, Frederick A. “avaliação do biológicos e toxicológicos propriedades do Aloe Bardanensis (Miller), Aloe Vera“. Revista de Ciências Ambientais e Saúde, v. 24, n. 1, p. 103-154, [2017]. Disponível em: https://doi.org/10.1080/10590500600614303. Acesso em 30 de abril de 2019.

(5) SURJUSHE, Love et al. “Aloe Vera: uma breve revisão“. Revista indiana de Dermatologia, v. 53, n. 4, pg. 163-166, [2008]. Disponível em: 10.4103/0019-5154.44785. Acesso em 30 de abril de 2019.

(6) PALHARIN, Luiz Henrique Di Creddo et al. “Os efeitos e remédios de ervas de aloe“. Periódicos Científicos eletrônicos da Agricultura, não. 14 de dezembro de 2008. Disponível em: https://docplayer.com.br/12590593-Efeitos-fitoterapicos-e-homeopaticos-da-babosa-nota-tecnica.html. Acesso em 30 de abril de 2019.

(7) SHELTON, Ronald. “Aloe vera. A sua química e propriedades terapêuticas“. Revista internacional de Dermatologia, v. 30, nº. 10, p. 679-683, [1991]. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1823544. Acesso em 30 de abril de 2019.

(8 ) SOUZA, José Ricardo de Sampaio et al. “Recursos fitoterapêuticas de aloe vera“. Revista Funec Ciência, v. 6, n. 8, p. 23-39, [2018]. Disponível em: https://doi.org/10.24980/rfcm.v6i8.2237. Acesso em 30 de abril de 2019.

(9) FREITAS, V. S.; RODRIGUES, A. A. F.; GASPI, F. O. G. “Propriedades farmacológicas de Aloe vera (L.) Burm. f.” Revista brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 16, n. 2, p. 299-307, [de 2014]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722014000200020. Acesso em 30 de abril de 2019.

(10) de PEQUENO porte, Dionizio Bernardino; LOPES, Marcos Aurélio. “Um estudo da viabilidade econômica do cultivo de aloe (aloe vere o L.).” Ciênc. agrotec. [em linha]. vol.31, n. 4, pp. 1136-1144, [2007]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-70542007000400029. Acesso em 30 de agorl 2019.

[/faceturbo]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here