Remédios Caseiros

Capeba trata infecções urinárias e combate à retenção de líquidos

Capeba é uma planta típica brasileira com várias propriedades medicinais. Neste artigo, você aprenderá sobre os benefícios e como consumi essa erva.

Capeba é uma planta com propriedades medicinais, também conhecida como paiparoba, catajé e aguascina. É muito comum na região Sudeste e devido às suas propriedades, pode ser utilizado de diversas formas, como no alívio de dores e infecções.

Benefícios da capeba a saúde

Capeba é amplamente utilizada para tratar problemas como infecções do trato urinário e combater a retenção de líquidos. Isso ocorre porque a planta tem propriedades diuréticas que estimulam os rins a eliminar as toxinas.

Outro uso comum desta erva é para tratar cólicas menstruais e regular o ciclo menstrual, reduzindo o desconforto que muitas mulheres sentem durante este período.

Esta planta ainda é benéfica no tratamento de febre, problemas de fígado e constipação, bem como para uso em furúnculos.

Isso ocorre porque a capeba ajuda a melhorar a digestão. Assim, o inchaço causado pela constipação e gases é reduzido.

O chá de capeba feito durante o cozimento das raízes da erva é geralmente usado para tratar infecções respiratórias, como resfriados e gripes, e até doenças de pele causadas por fungos e bactérias.

Capeba trata gordura no fígado?

Vimos que as folhas da capeba são muito benéficas para o corpo humano, e o chá feito com as folhas pode ser usado para combater o acúmulo de gordura no fígado. Isso ocorre porque a erva tem a capacidade de estimular a função normal do fígado.

Quando o fígado está funcionando normalmente, ele ajuda a remover as toxinas do corpo por meio da bile.

Confira aqui as principais qualidades nutricionais da planta:

  • É rica em vitamina C
  • Possui uma alta quantidade fibras
  • Carboidratos
  • Cálcio
  • Ferro
  • Cálcio
  • É rica em antioxidantes

Como consumir a capeba

  • Infusão
  • Cataplasma (folha cozida sobre a pele)
  • Pó das folhas
  • Chá

Contraindicações

Mulheres grávidas ou amamentando não devem consumir essa erva. Em mulheres grávidas, pode ser transmitido ao feto e tem um efeito abortivo. Para mulheres que amamentam, certas substâncias podem causar danos aos recém-nascidos através do leite materno.

Francisco Araújo

Compartilhar
Publicado por
Francisco Araújo

Postagens recentes

Chás poderosos para baixar o açúcar no sangue e controlar o diabetes

Chás poderosos para baixar o açúcar no sangue e controlar o diabetes

Comer alimentos ricos em açúcar e carboidratos aumenta os níveis de açúcar no sangue. Essa… Mais informação

14 horas ago
Fruta poderosa que baixa a glicose e fortalece a imunidade

Fruta poderosa que baixa a glicose e fortalece a imunidade

A lichia (Litchi chinensis), considerada uma fruta exótica de sabor adocicado, é nativa da China… Mais informação

2 dias ago
Dor nestas partes do corpo pode ser sinal de colesterol alto

Dor nestas partes do corpo pode ser sinal de colesterol alto

Conforme explicado em um artigo publicado no Times of India, as artérias bloqueadas fazem com… Mais informação

3 dias ago
%d blogueiros gostam disto: