Chá de casca de abacaxi oferece vários benefícios para saúde

O chá de casca de abacaxi tem muitos benefícios para a saúde. Pode ser bebido quente ou frio porque é uma infusão, e não um suco, e suas propriedades nutricionais são preservadas.

Há muitas pesquisas sobre as propriedades da casca de abacaxi e seus benefícios para a saúde.

Conheça os benefícios do chá de casca de abacaxi para a sua saúde

pexels-photo-7194889 Chá de casca de abacaxi oferece vários benefícios para saúde
Créditos da imagem Pexels

Tem ação digestiva

A vitamina C também é responsável por ajudar a produzir suco gástrico, que decompõe os alimentos consumidos.
Portanto, o abacaxi ajuda a digestão porque pode produzir bons sucos digestivos. Além disso, essa fruta contém uma enzima chamada bromelaína, que ajuda a quebrar as partículas de proteína.

Tem baixo valor calórico

Auxilia no processo de emagrecimento, pois possui apenas 40 calorias por xícara, aumenta a saciedade e é termogênico (acelera o metabolismo). Além disso, é um diurético que ajuda a resolver o problema de retenção de líquidos e a prevenir a sensação de inchaço.

Melhora a imunidade

Como todos sabemos, a vitamina C tem um efeito poderoso no combate a várias doenças, e seu consumo pode aumentar a imunidade (não é à toa que esta é a vitamina recomendada para evitar a gripe, por exemplo). Lembre-se também de que a casca do abacaxi contém o maior teor de vitamina C.

Possui ação antioxidante

O chá é rico em antioxidantes, como flavonóides e vitaminas A e C. Outro estudo apontou que “os antioxidantes naturais na casca do abacaxi têm atraído cada vez mais atenção porque alguns estudos epidemiológicos descobriram que eles estão relacionados ao risco de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, doenças neurodegenerativas e estomacais. Doenças intestinais e câncer “

Tem propriedades anti-inflamatórias

Outro benefício do chá é sua capacidade antiinflamatória. O estudo também enfatizou que essas propriedades da pele do abacaxi “ajudam a reduzir os sintomas e a dor da artrite após cirurgias e lesões esportivas.

É antimicrobiano

O mesmo estudo mostrou que a pele do abacaxi possui propriedades antibacterianas, antivirais, antifúngicas e antiparasitárias. Segundo ele, o abacaxi “tem propriedades antibacterianas e pode ser usado no tratamento e prevenção de doenças infecciosas após a normalização”.

Alivia os sintomas da artrite

Como mencionado anteriormente, o chá de casca de abacaxi tem propriedades antiinflamatórias. Portanto, os pacientes com artrite podem aliviar os sintomas adicionando chá à dieta.

Receitas de chá de casca de abacaxi

Chá de casca de abacaxi simples

Ingredientes

  • Cascas de 1 abacaxi
  • 1 litro de água

Modo de preparo

  1. Cortes as cascas de abacaxi em pedaços bem pequenos e reserve;
  2. Leve a água ao fogo e espere ferver;
  3. Desligue o fogo, adicione as cascas picadas e tampe para abafar;
  4. Deixe a mistura em infusão por 30 minutos;
  5. Quando o chá esfriar, coe e leve à geladeira por 12h a 24h antes de consumir.

Chá de casca de abacaxi com gengibre

Ingredientes

  • Cascas de 1 abacaxi
  • 1 pedaço de gengibre
  • Folhas de hortelã
  • Água

Modo de preparo

  1. Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo;
  2. Deixe o chá ferver por cerca de 15 minutos;
  3. Adoce, se desejar. Depois que esfriar, coe e reserve na geladeira.

Chá de casca de abacaxi com hibisco

Ingredientes

  • 1,5 litro de água
  • Cascas de 1/4 de abacaxi
  • 1 pau de canela
  • 1 colher de sopa de hibisco
  • Cascas de laranja

Modo de preparo

  1. Coloque a água em uma panela e leve ao fogo;
  2. Quando estiver quase fervendo, acrescente as cascas de abacaxi e de laranja, a canela e o hibisco;
  3. Depois que ferver, espere cerca de 5 minutos e desligue o fogo;
  4. Reserve a mistura até atingir a temperatura desejada para consumir

Contraindicações

Quando se trata de cuidar do consumo do chá de casca de abacaxi, pesquisas indicam que o excesso pode tornar seus lábios hipersensíveis, incluindo os lábios, a língua e as bochechas.

Também pode haver interações entre a bromelaína e alguns medicamentos. “Pessoas que tomam antibióticos, anticoagulantes, anticonvulsivantes, barbitúricos, benzodiazepínicos, medicamentos para insônia e antidepressivos tricíclicos devem ter cuidado”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: