Chá de erva-cidreira: confira seus benefícios e a forma correta de fazer

0
21

Conheça os principais benefícios do chá de erva-cidreira e aprenda a preparar este excelente remédio natural.

A erva-cidreira pode ser usada em várias composições, mas a mais famosa delas é sem dúvida o chá.

Também chamada de erva-cidreira, capim-cidreira ou apenas capim-limão, esta planta maravilhosa está no topo da lista de opções quando se trata de medicina natural.

A erva-cidreira é rica em compostos que têm vários efeitos positivos no corpo humano. A planta possui, entre outros sedativo, sedativo, antiinflamatório, antioxidante e muito mais.

Quem nunca ouviu de um parente idoso que beber chá de capim-limão é bom para se acalmar, certo?

5 principais benefícios da erva-cidreira

Melhora o sono

Erva-cidreira contém o chamado compostos fenólicos. Esta família de elementos químicos é conhecida por ter propriedades calmantes, que podem ser muito úteis para melhorar a qualidade do sono.

A pesquisa mostra que o consumo regular de chá de erva-cidreira, pelo menos duas xícaras por dia, pode regular o sono.

Sonolência excessiva – o que é?

Ajuda a combater ansiedade e estresse

Entre os compostos fenólicos encontrados na erva-cidreira está o ácido rosmarínico. Essa substância atua aumentando a atividade dos neurotransmissores no cérebro, o que resulta em uma sensação de bem-estar e relaxamento no corpo. Como resultado, a agitação e a ansiedade são reduzidas.

Destrói fungos e bactérias

Recentemente, pesquisas promoveram testes de laboratório onde certas espécies de fungos e bactérias foram expostas a certos compostos fenólicos presentes no chá de erva-cidreira.

Foram utilizados alecrim, ácidos cafeico e cumarico. Ao final do estudo, pôde-se constatar que dermatófitos como Candida sp são eliminados por ácidos.

Bactérias como Pseudomonas aeruginosa, Salmonella sp, Escherichia coli e Shigella sonnei também não resistiram aos testes compostos.

Os testes foram iniciais na pesquisa sobre o assunto e, portanto, foram realizados in vitro. Testes humanos serão realizados em breve para que os resultados possam ser consolidados.

Ajuda a tratar problemas gastrointestinais

A erva-cidreira pode funcionar para problemas como indigestão, náuseas, vômitos, síndrome do intestino irritável e refluxo ácido.

Novamente, a presença de ácido rosmarínico é o fator determinante nesta propriedade muito útil do chá.

Outras substâncias, como citral, geraniol e beta-cariofileno, além de seus diversos outros benefícios, ajudam a remover gases que causam constipação e desconforto, por exemplo.

Tem ação antioxidante

Além dos ácidos fenólicos mencionados acima, a erva-cidreira também contém flavonóides. Essas substâncias combatem os chamados radicais livres que causam oxidação em nosso corpo.

Doenças crônicas e problemas cardiovasculares podem surgir com a oxidação excessiva.

Como preparar o chá de erva-cidreira

Apenas as folhas da planta serão usadas para fazer chá de erva-cidreira. A receita abaixo é destinada a apenas uma pessoa.

Se houver mais pessoas interessadas no consumo, acrescente ingredientes correspondentes ao número de indivíduos.

Ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de folhas de erva cidreira
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo:

Com a água já fervente, as folhas de erva-cidreira devem ser adicionadas ao recipiente.

Depois disso, é necessário tampar e deixar apurar por cerca de 15 minutos.

Depois de passado o tempo desejado, pode-se coar e beber o liquido.

Efeitos colaterais e contraindicações

De acordo com especialistas, o consumo contínuo seguro de chá de erva-cidreira é de quatro meses para adultos e cerca de um mês para crianças.

O consumo fora da faixa recomendada pode causar efeitos colaterais como queda da pressão arterial, sonolência, náuseas e vômitos.

Até o momento, não há contra-indicações comprovadas. Mas as mulheres grávidas e aquelas que estão tomando certos medicamentos devem consultar seu médico antes de iniciar o chá de erva-cidreira.