Chá de erva-doce com limão tem ação digestiva, diurética, carminativa e expectorante.

0
65

Para aqueles que desejam desenvolver um estilo de vida mais saudável, o chá de erva-doce com limão pode ser uma boa escolha.

A erva-doce é um produto natural de fácil obtenção, baixo custo e com reconhecidos efeitos farmacológicos.

A planta é fonte de vitaminas A, B6, C e de minerais como cálcio, ferro, cobre, magnésio, manganês, potássio e zinco.

Segundo levantamento da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o funcho tem efeitos digestivos, diuréticos, minerais e expectorantes,ajuda a melhorar a digestão, prevenir e aliviar gases e cólicas.

Já o limão é uma fruta rica em vitamina C, complexo B (B1, B2, B3, B5, B6) e minerais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio.

Graças a toda esta gama de nutrientes, a fruta ajuda a baixar o colesterol, alcaliniza o sangue e fortalece o sistema imunológico.

Além disso, possui antioxidantes que contribuem para a purificação dos vasos sanguíneos.

Ao fazer isso, evita que o colesterol seja bloqueado nas paredes das artérias e causa problemas cardiovasculares.

Abaixo estão as vantagens dessa combinação.

Melhora a digestão

A erva-doce contém ácido málico, que ajuda a melhorar a digestão.

Também possui anetol, substância que melhora a digestão e reduz a formação de gases.

O limão contém pectina, uma fibra solúvel que ajuda a função intestinal.

A fruta estimula a produção de enzimas digestivas e bile, que é uma substância produzida pelo fígado e auxilia na digestão das gorduras.

A erva-doce e o limão estimulam a secreção do suco gástrico e ajudam a reduzir a inflamação do estômago e intestino.

Além disso, ajudam a absorver adequadamente os nutrientes essenciais dos alimentos. Com o funcionamento normal do sistema intestinal, a constipação pode ser evitada.

Saúde do coração

A erva-doce é uma fonte de fibra, potássio, fitonutrientes e vitaminas B6 e C, que contribui para a saúde do coração.

A fibra ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue, reduzindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

Ao mesmo tempo, as vitaminas B6 e C previnem o acúmulo de homocisteína, uma substância que pode danificar os vasos sanguíneos e causar doenças cardíacas.

O limão contém potássio, que é um mineral essencial para baixar a pressão arterial.

Isso melhora a função do sistema cardiovascular e reduz o risco de derrame ou ataque cardíaco.

Previne problemas renais

O Funcho (erva-doce) é uma planta com propriedades relaxantes e diuréticas, podendo ser utilizado como agente purificador natural.

Dessa forma, ajuda a combater a retenção de líquidos e a eliminar toxinas que prejudicam a função renal.

O limão contém ácido cítrico, que ajuda a prevenir pedras nos rins.

Alivia as cólicas

A erva-doce contém anetol, responsável por conferir às plantas aroma e sabor únicos.

A substância tem propriedades antiespasmódicas e é muito útil no tratamento da cólica renal dolorosa.

Além disso, também ajuda a prevenir cólicas menstruais, pois ajuda a inibir a contração dos tecidos lisos.

O limão, por sua vez, é eficaz para cólicas renais, pois a fruta contém ácido cítrico e propriedades adstringentes.

Combate a anemia

A erva-doce contém ferro e histidina, minerais e aminoácidos, que juntos estimulam a produção de hemoglobina..

Ao mesmo tempo, o limão é rico em vitamina C, o que ajuda a promover a absorção do ferro.

Fortalece o sistema imunológico

A erva-doce contém vitaminas A e C, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

O limão também é rico em vitamina C e outros antioxidantes, o que também ajuda a fortalecer a imunidade.

Esses nutrientes ajudam a proteger as células e a prevenir os danos causados ​​pelos radicais livres.

Além disso, aumentam a produção de glóbulos brancos, responsáveis ​​pelo combate a micro-organismos como vírus e bactérias.

Portanto, consumir este chá de erva-doce com limão pode prevenir doenças respiratórias como gripes, resfriados e dor de garganta.

Chá de erva-doce com limão

Ingredientes:

  • 1 xícara de água
  • 1 colher (sopa) de sementes de erva-doce
  • Meio limão

Modo de preparo:

Despeje a água na vasilha que vai ao fogo, acrescente as sementes de erva-doce, água e ferva por dois minutos.

Em seguida, coe a infusão, esprema o limão, espere cinco minutos e tome.

Beba este chá diariamente 20 minutos após as refeições, mas beba morno ou quente, nunca frio.

Se quiser, adoce com mel orgânico de boa qualidade.

Portanto, para obter mais saúde, qualidade de vida e bem-estar, incorpore esta infusão em sua dieta.