Cirurgia Plástica Gratuita: é realizada sobe estas condições

A Cirurgia Plástica Gratuita pode ser feita para casos de reparo ou assistência médica por alguns hospitais públicos, clínicas universitárias, hospitais universitários e até clínicas privadas realizam cirurgias plásticas gratuitas.

Cirurgia Plástica Gratuita – em que casos ela é feita?

pexels-photo-4483327 Cirurgia Plástica Gratuita: é realizada sobe estas condições
Créditos da imagem pexels

O SUS (Sistema Único de Saúde) entende que há casos em que a cirurgia plástica é tão necessária quanto qualquer outro tipo de cirurgia. Nesses casos, as operações tentam melhorar ou restaurar as funções e ainda restaurar a integridade da maneira mais normal possível.

Segue abaixo, uma lista de cirurgias plásticas realizadas pelo SUS de forma gratuita

  • Reconstituição de lábio leporino;
  • Cirurgia de mudança de sexo;
  • Abdominoplastia (correção da flacidez e redução da pele após perda de peso);
  • Vasectomia e laqueadura;
  • Gastroplastia (redução do estômago);
  • Otoplastia (correção de orelhas de abano);
  • Gigantomastia (redução das mamas);
  • Ginecomastia (crescimento anormal das mamas em homens);
  • Fendaplaslatina (correção de pálpebras enrugadas nos olhos);
  • Catarata;
  • Reconstrução das mamas após retirada de câncer;
  • Deficiências ou deformidades no rosto;
  • Queimaduras que levaram a deformações.

Claro, nem todos eles estão disponíveis em todos os estados, e você precisará ir ao hospital para entender melhor isso.

Quais procedimentos o sus não faz de jeito nenhum?

Operações que são puramente estéticas e não afetam diretamente a saúde do paciente:

  • Lipoaspiração
  • Aumento Labial
  • Implante capilar
  • Rinoplastia
  • Lipoescultura
  • Aplicação de silicones
  • Remoção de sinais e manchas
  • Entre outras.

Em que instituições fazer cirurgia plastica gratuita?

Os hospitais universitários são os principais responsáveis ​​por fornecer cirurgia plástica gratuita à população. Esse recurso é fruto de uma iniciativa do governo federal de disponibilizar esse tipo de procedimento ao público que não dispõe de recursos para realizá-lo.

Existem muitos hospitais em todo o país que oferecem cirurgia plástica reconstrutiva. Para facilitar o acesso às informações, neste artigo você encontrará uma seleção das instituições mais importantes que realizam o procedimento. Verifique o site do seu departamento regional de saúde.

Qual o procedimento para se candidatar a uma cirurgia plastica gratuita?

pexels-photo-4421500 Cirurgia Plástica Gratuita: é realizada sobe estas condições
Créditos da imagem Freepik

O primeiro passo é encontrar um posto de saúde do SUS próximo de onde você mora para marcar uma consulta médica com a especialidade adequada.

Essa pessoa deve ser avaliada por um médico do SUS, o profissional vai avaliar a situação, quando ele entender que a operação é realmente necessária, ele vai encaminhar a solicitação da operação.

Com o laudo médico, você pode agendar outras consultas para planejar a cirurgia.

Inscrição para cirurgia

Com a solicitação dada pelo médico, o cidadão pode apresentar à secretaria de saúde municipal, para que já seja necessário colocar a pessoa na lista de espera.

Em alguns casos, a espera pode durar meses ou até um ano. Se a operação for urgente ou houver risco de vida, talvez seja necessário um advogado.

Desvantagens de realizar uma cirurgia plástica pelo SUS

Como sabemos, a realização de cirurgias no SUS é um processo lento e demorado, principalmente por questões estéticas. Isso faz com que o sonho leve muitos anos para se tornar realidade.

A cirurgia estética no SUS tem como único objetivo a capacitação dos residentes que estão em formação. Obviamente, isso afetará os resultados, e pode se tornar um problema no futuro.

Referência: AVS – Fundacao Ideah

%d blogueiros gostam disto: