Como a Canela Reduz o Açúcar no Sangue e Combate a Diabetes

0
134
canela
A canela ajuda a diminuir o nível de glicose no organismo

Canela é um tempero rico em propriedades importantes para a saúde. Se você tem diabetes e hiperglicemia, é muito importante prestar atenção neste artigo.

Diabetes e açúcar no sangue são questões sérias a considerar. Embora a prevenção seja o melhor remédio, as pessoas com diabetes podem se beneficiar comendo canela.

Veja abaixo como a canela é usada no tratamento do diabetes.

Canela e a Diabetes

Vamos primeiro falar sobre diabetes, que é uma doença caracterizada por alto nível de açúcar no sangue. Portanto, pode causar complicações como doenças cardíacas, renais e danos nos nervos.

O tratamento geralmente inclui drogas e injeções de insulina, mas o tipo de alimento consumido também pode afetar o controle da doença.

A canela é um tempero amplamente utilizado e é bem conhecido em todo o mundo. Existem várias variantes de canela, geralmente divididas em dois tipos diferentes:

Ceilão: Também chamado de “canela verdade”.

Cassia: Com um preço mais acessível, e encontrada na maioria dos produtos alimentares que contém canela.

Conheça os benefícios:

1-Contém Antioxidantes

Canela contém muitos antioxidantes, que são bons para a saúde. Para esclarecer suas idéias, uma equipe de cientistas comparou o conteúdo antioxidante de 26 ervas e especiarias diferentes e concluiu que o conteúdo antioxidante da canela é o segundo mais alto (depois do cravo).

Os antioxidantes são importantes porque podem ajudar o corpo a reduzir o estresse oxidativo nas células causado pelos radicais livres.

Veja mais: 3 remédios com cúrcuma para prevenir e tratar a diabetes

Um estudo mostra que a ingestão de 500 mg de extrato de canela diariamente por 12 semanas pode reduzir o índice de estresse oxidativo de adultos pré-diabéticos em 14%.

Isso é importante porque o estresse oxidativo está envolvido no desenvolvimento de quase todas as doenças crônicas, incluindo diabetes tipo 2.

2-Sensibilidade à Insulina

Por exemplo, em pacientes diabéticos, o pâncreas não pode produzir a quantidade certa de insulina ou o corpo não pode responder adequadamente à insulina, o que leva a um aumento nos níveis de glicose no sangue.

A canela pode imitar a ação da insulina e aumentar o transporte de glicose nas células, ajudando a diminuir o açúcar no sangue e combater o diabetes.

Além disso, também pode melhorar a sensibilidade à insulina, permitindo que ela mova a glicose para dentro das células com mais eficiência.

Um estudo mostrou que a canela aumentou a sensibilidade à insulina imediatamente após o consumo e durou pelo menos 12 horas.

No entanto, outro estudo indicou que a sensibilidade à insulina aumentou após duas semanas de suplementação de canela.

3-Diminui os Açúcares no Sangue

Dependendo do tamanho da refeição e da quantidade de carboidratos consumidos, os níveis de glicose no sangue podem aumentar significativamente após a refeição.

Essas flutuações aumentam o nível de estresse oxidativo e inflamação, que geralmente causam grandes danos às células humanas e aumentam o risco de doenças crônicas.

No entanto, a canela pode ajudar a impedir que o açúcar no sangue suba após uma refeição.

Alguns pesquisadores apontaram que isso diminui a taxa na qual os alimentos são esvaziados do estômago.

Portanto, consumir 1,2 colher de sopa (6 gramas) de canela em pó impedirá enzimas digestivas no intestino delgado que quebram os carboidratos, resultando em um esvaziamento gástrico mais lento.

4-Diminuir o Risco de Complicações

Canela também pode reduzir o risco de complicações comuns do diabetes. Afinal, o risco de doença cardíaca em diabéticos é duas vezes maior que o de não diabéticos.

Uma revisão de um estudo controlado de pacientes com diabetes tipo 2 descobriu que a ingestão de canela estava associada a uma redução no colesterol ruim (LDL) e triglicerídeos.

O mesmo estudo relatou que o colesterol HDL “bom” aumentou em média.

O diabetes também está cada vez mais envolvido no desenvolvimento da doença de Alzheimer e outras demências.

Outros estudos mostraram que o extrato de canela pode reduzir a capacidade das duas proteínas β-amilóide e tau de formar placas e emaranhados, frequentemente associados ao desenvolvimento da doença de Alzheimer.

Quanto Você Deve Tomar

Recomenda-se um máximo de 1 ou 2 colheres de chá (6 gramas) por dia.

Afinal, comer com moderação traz muitos benefícios à saúde e deve fazer parte da sua dieta atual.

No entanto, se você tiver alguma restrição médica ao uso de canela, consulte seu médico.