Como dizer às crianças que nós estamos indo para separar?

0
37
Como contar para as crianças que vamos nos separar?
Como contar para as crianças que vamos nos separar?

Na vida em geral, tudo no começo também chegou ao fim em algum momento. No entanto, quando se trata de amor de marido e mulher, temos a esperança de que virá o fim. Especialmente se houver crianças envolvidas, seria na difícil posição de ter de dizer às crianças que vamos nos separar.

No entanto, em cada relação, há uma porcentagem da probabilidade de que, por uma variedade de circunstâncias, e de que o relacionamento tenha chegado ao fim. Quando você tem uma família, devemos avaliar sempre, não importa o quão difícil pode ser, é o que é melhor para cada um de vocês.

Mas como lidar com essas crianças que vêem seus pais todos os seres na mais incrível e dizem que eles não vão viver sob o mesmo teto e isso vai afetar drasticamente o tempo de vida útil?

Quando você tem filhos, é necessário preparar a terra para pelo menos um par de meses antes que, além de esgotar todas as opções para tentar salvar o casamento. Portanto, é possível explicar que a melhor coisa a fazer para a sua casa, este é o final do separação de seus pais.

Publicidade

Sem dúvida, esta decisão vai afetar as crianças em casa. Ele pode até mesmo configurar muitos dos sentimentos que eles provavelmente não vão saber como lidar com ela, tais como a culpa, a frustração, a raiva.

Para clarear um pouco, o impacto desta notícia chocante, você precisa procurar por armas que vai fazer desta vez um pouco mais fácil e menos doloroso para os filhos.

Como explicar aos seus filhos que vamos separar?

A razão pela qual

É importante explicar para as crianças, com muita sabedoria, porque estamos indo para dividir. Certamente, no entanto, é melhor abster-se de dar detalhes. Além disso, ele é dito é a decisão do conjunto, mesmo se a realidade não é assim.

Reunião do núcleo familiar

Reunião de família

Para verificar que este é o fim de um relacionamento além do reparo, a melhor coisa que pode ser feita é para dar a notícia para o outro. Bem, as crianças estão indo para sentir, mesmo que o amor se acabou, você ainda vai estar lidando com situações como a família alargada.

Também, não é sábio para ir com as crianças para olhar para o tempo da separação, como algo que é de muito pouca importância, e que a dor causada pela separação da família nuclear, em breve será.

Os pais devem, também, ser honesto sobre o assunto, falar de forma clara e calma sobre o processo e o estresse que você vai estar lá para apoiar uns aos outros, mesmo quando é difícil.

Para encontrar as palavras certas

A melhor coisa é evitar frases como “nós amamos você” ou “o amor acabou”. Isso pode causar uma série de problemas emocionais danos para a criança, e pudesse ver o carinho entre os pais, e que sempre ouviu que era o fruto do amor.

Por esta razão, é melhor fazê-lo parecer como se ele ou ela é importante, e mostrando tudo acaba em uma forma amigável, e mostrar um monte de amor.

É um processo onde não é só os adultos que sofrem de falha no relacionamento. Seus filhos também vai sentir a perda do que poderia ser considerado como a coisa mais preciosa em sua vida: sua família.

Fazer a sua parte da conversa

Sentar-se com seu filho e discutir o assunto, é de extrema importância para todos. Isso vai deixar você saber o que eles sentem e pensam sobre ele. É importante para as crianças para obter respostas para suas dúvidas, bem como para ouvir o que você vai receber todo o apoio durante o processo de separação e divórcio.

“Os pais devem ser honestos sobre o problema, falar de forma clara e calma sobre o processo e sobre o estresse que você vai estar lá para apoiar uns aos outros, mesmo quando é difícil.”

Comprometer-se a continuar a ser os melhores pais

É essencial para manter seu filho informados sobre onde e como eles serão capazes de contato com os pais. Deve ficar claro para os filhos que a relação entre eles, não há necessidade de alterar.

Embora possa parecer difícil, é hora de fortalecer a relação de confiança entre pais e filhos. Por esta razão, é melhor jamais prometa o que não pode ser feito, porque vai causar muito sofrimento para a criança. Eles não têm culpa do que está acontecendo entre o pai e a mãe.

Não olhe para os culpados

Ele é essencial para evitar apontando para os outros partidos como o culpado, ou culpados pelo fim da relação conjugal e, por conseguinte, a separação da família.

No momento, há muita raiva e dor e vontade de jogar na cara das deficiências que existem na relação, fazendo com que todas as crianças passam por tempos difíceis como este não é fácil.

Comprometer se a continuar sendo os melhores pais

No entanto, mesmo que seja muito difícil, é melhor não culpar seu ex-parceiro de ser responsável pela perda de sua família. Além disso, você não precisa informar as crianças sobre a pessoa que pediu o divórcio. Na verdade, se você fizer isso, há uma boa chance de causar revolta e de mau comportamento por causa da dor.

Quando nos separamos, para olhar a situação com o maior cuidado e com a cabeça limpa, apesar da dor que isso pode causar para ambas as partes, ele sempre vai ajudar você a tornar o processo mais fácil para você.

Neste sentido, para mostrar a maturidade emocional face à criança uma base firme para o futuro das relações, para não criar traumas que podem afectar negativamente o seu desenvolvimento psicológico.

Finalmente, não vamos esquecer que existem crianças que estão começando um divórcio, há pais que não querem viver mais tempo juntos…. Portanto, a criança deve ser deixado de fora de qualquer situação relacionada com a separação e o divórcio.

Eles realmente não manter contato com os pais, de forma alguma, nem com suas famílias por causa de decisões arbitrárias que são feitas por uma das partes, sem qualquer justificação alguma. O relacionamento conjugal termina, mas para o amor de uma família, é interminável.

Como ajudar uma criança durante o divórcio Como ajudar uma criança durante um divórcio, um filho separado de seus pais em um processo que o trauma. Saiba como ajudar o seu filho durante o divórcio, e você terá que enfrentar até você. Ler mais”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here