Como eliminar candidíase de vez!

A candidíase é um tipo de fungo que existe naturalmente no corpo feminino, é pequeno em número e está em equilíbrio com a flora vaginal.

Segundo a Federação Brasileira das Associações de Obstetrícia e Ginecologia (Febrasgo), a maioria das queixas no consultório dos ginecologistas está relacionada à vulvovaginite. Este é o nome de uma infecção da vulva ou vagina, que causa dor, secreção e coceira na área.

Dentre as infecções existentes, a recorrência da candidíase vaginal é a mais proeminente, sendo uma das doenças mais comuns em mulheres.

Você aprenderá a reconhecer os sintomas da doença e como se livrar dela completamente, evitando que o sapinho volte.

Embora possa ser transmitida de pessoa para pessoa durante a relação sexual, especialmente se o parceiro tiver um sistema imunológico enfraquecido, a candidíase não é considerada uma infecção sexualmente transmissível (IST), pois o fungo ocorre naturalmente no corpo humano.

Causas frequentes da candidíase

As causas de um desequilíbrio na flora vaginal que levam à candidíase podem variar, mas as mais comuns estão listadas abaixo:

1. Sistema imunológico debilitado;
2. Período menstrual (já que o fungo prefere ambientes quentes e úmidos);
3. Roupas íntimas úmidas ou molhadas;
4. Estresse;
5. Tratamento com antibiótico;
6. Gravidez;
7. Relação sexual sem preservativo;
8. Alimentação rica em açúcares;
9. Uso de hormônio (como anticoncepcionais ou terapia de reposição hormonal).

É importante ressaltar que a candidíase geralmente ocorre na gravidez devido a alterações hormonais. Nesse período, aumenta a produção de lactobacilos, o que afeta o pH da vagina, acidificando a área e promovendo a reprodução do fungo.

Como identificar os sintomas

  • Ardor (principalmente ao urinar);
  • Coceira na região vaginal;
  • Corrimento esbranquiçado;
  • Dor na relação sexual

6 formas de tratar a candidíase

Se você encontrar algum sintoma da doença, o primeiro passo é procurar um ginecologista, pois o profissional poderá confirmar a suspeita e ajudar a tratar a doença da melhor maneira.

O ginecologista investigará a causa da produção excessiva de fungos no organismo, que geralmente está relacionada aos hábitos e / ou consumo de drogas do paciente.

Além disso, outros comportamentos da vida diária também podem combater eficazmente a proliferação de fungos:

  1. Opte por uma alimentação equilibrada;
  2. Evite o estresse, pois quando você tem uma atividade diária intensa, o corpo aumenta a produção de cortisol e adrenalina, e há chance de aumentar a produção de Candida;
  3. Banho de assento com bicarbonato de sódio. Não é um tratamento, mas pode ajudar a aliviar os sintomas, principalmente a coceira, pois ajuda a regular o pH vaginal;
  4. Utilize sabonetes íntimos neutros;
  5. Opte por roupas íntimas de algodão;
  6. Use medicamentos antifúngicos indicado pelo ginecologista.

Vale ressaltar que a autoadministração deve ser evitada, a fim de não prejudicar o sucesso do tratamento. Portanto, procure sempre profissionais.

Dicas para evitar a candidíase por repetição

A candidíase recorrente se refere a pacientes que relatam mais de quatro episódios da doença a cada ano e é mais comum na faixa etária de 30 a 40 anos.

Apesar de todo o tratamento realizado, em alguns casos pode ocorrer a recorrência de novos episódios de candidíase, pois a recidiva está intimamente relacionada ao estilo de vida do paciente. Portanto, para evitar a candidíase, é importante seguir 2 dicas:

  • Cuide da alimentação, preferindo alimentos ricos em nutrientes e evitando o consumo excessivo de açúcar;
  • Preste atenção em situações estressantes e busque alternativas para aliviar a tensão, como: praticar atividades físicas, escolher hobbies que melhorem o bem-estar e cuidar do sono.

Homens também têm candidíase?

Embora esse fungo seja mais comum em mulheres, também está presente em homens. Certos fatores podem fazer com que Candida cresça demais e cause candidíase.

Os sintomas de candidíase nos homens são iguais aos das mulheres, mas também podem ocorrer:

  • Pele do prepúcio rachada ou dolorida;
  • Fissura;
  • Placa branca;
  • Bolinhas e vermelhidão na genitália.

Como as mulheres, a dieta, a imunidade reduzida e o estresse podem promover o crescimento excessivo de fungos. Além desses fatores, a falta de saneamento na área do pênis também pode levar a infecções.

A candidíase não ocorre apenas na região íntima?

menina-segurando-um-despertador_23-2148178049 Como eliminar candidíase de vez!
Créditos da imagem Freepik

A candidíase é muito comum na região intima do homem e da mulher, mas como o fungo está presente em diferentes partes do corpo humano, pode se manifestar em outras regiões se encontrar um ambiente favorável para ele.

Candidíase oral

Comumente conhecido como sapinho, pode aparecer ao redor da boca, causando vermelhidão, feridas, manchas brancas na língua, dor ao engolir e rachaduras no canto da boca.

Candidíase esofágica ou esofagite

É uma forma de infecção que ocorre com mais frequência em pessoas infectadas com o vírus da AIDS e pode causar dor ao engolir, náuseas, vômitos, perda de apetite e dor de estômago.

Candidíase na pele ou intertrigo

Isso geralmente acontece nas dobras da pele como axilas, abdômen e coxas, além de causar coceira e ardor, pode sair líquido das lesões e a área onde o fungo está localizado pode ficar mais escura.

Candidíase disseminada

É mais comum em pessoas submetidas a quimioterapia e os principais sintomas são febre, urina turva, dor de cabeça, vômitos e artrite.

O tratamento dessas formas de candidíase é feito da mesma forma que a candidíase vaginal, que pode ser aplicada topicamente ou por via oral, conforme prescrito pelo seu médico. Portanto, é importante seguir as orientações para evitar que o fungo se espalhe.

Se necessário, consulte um ginecologista e adote hábitos mais saudáveis ​​no dia a dia! Lembre-se: seu estilo de vida tem um grande impacto em sua saúde, incluindo a saúde de sua flora vaginal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: