4 chás para reduzir a ansiedade

Conheça 4 chás para reduzir a ansiedade

Uma boa xícara de chá pode ser um momento relaxante em si, mas é muito mais do que isso. As substâncias naturais dessas bebidas podem aliviar e combater os sintomas de ansiedade, que é uma das principais doenças que afetam a sociedade atual.

Para os ingredientes que promovem esse efeito, ele precisa atuar diretamente no corpo para aumentar a produção de neurotransmissores ou produtos químicos, de modo que o corpo e as células se sintam relaxados e confortáveis

O efeito dos chás é mais lento em comparação com o medicamento. Os alimentos e os chás contêm compostos ativos que têm efeitos específicos no nosso corpo. Um exemplo é o maracujá, que contém um composto denominado maracujá que ajuda a acalmar.

Modo de preparo

Para preparar o chá, basta escolher a erva perfeita, esperar a água ferver e desligar o fogo. Depois é só adicionar o ingrediente selecionado e tampar a vasilha por cerca de 10 minutos. Adoçar não é o ideal, mas depende do seu gosto.

As bebidas mais adequadas para problemas de ansiedade são aquelas que reduzem as interações de neurotransmissores e ajudam a aumentar sua sensação de calma e bem-estar.

4 chás que combatem a ansiedade

  1. Maracujá (Passiflora edulis): Contém serotonina e maracujá para promover sedação, além de alcalóides para baixar a pressão arterial. A quantidade indicada é de 3 g de folhas secas por 150 ml de água para infusão.
  2. Flor de laranjeira (Citrus Aurantiun L.): indicado para insônia e nervosismo. Uma colher de sopa é suficiente para 300 ml de infusão.
  3. Erva-cidreira (Melissa Officinalis L.): combate a ansiedade e a insônia e ajuda a normalizar as funções do trato digestivo. O preparo recomendado requer uma colher de sobremesa de folhas frescas ou secas e galhos, finamente picados com infusão.
  4. Camomila (Matricaria chamomilla): a planta é usada para acalmar e relaxar os músculos. Duas colheres de chá de flores de camomila secas são 250 ml da bebida.

Atenção na hora de consumir

Mesmo que as bebidas sejam naturais, deve-se ter cuidado ao prepará-las e à frequência com que são consumidas. Ao exagerar, as substâncias podem gerar efeitos colaterais.

Por exemplo, a maracujá pode causar sonolência. Portanto, pegar um carro e dirigir não é legal. Por outro lado, a camomila pode prender o intestino de uma pessoa que já está predisposta.

Algumas pessoas podem ter um baixo nível de tolerância a certas substâncias, portanto, consumir essas bebidas e chás como alvos terapêuticos deve ser sempre dirigido e monitorado por um profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: