Consequências para a saúde da Erupção do vulcão La Palma

0
40

Esta semana, a erupção do vulcão Cumbre Vieja em La Palma, parte das Ilhas Canárias, virou notícia. Esta é a primeira erupção da ilha desde 1971, e a perda econômica é enorme.

Além disso, o estado de saúde é preocupante. Devido à reação das cinzas volantes, fumaça tóxica e lava com o oceano ao entrar em contato com a água, as erupções vulcânicas apresentam uma série de riscos diretos à vida, e existem riscos a médio e longo prazo.

Após a erupção do vulcão La Palma no domingo, houve alguns tremores secundários. Os especialistas acreditam que a atividade de lava pode continuar por vários meses. Até agora, mais de 6.000 pessoas foram evacuadas e quase 100 hectares de lava foram cobertos.

Do lado econômico, o prejuízo estimado é de cerca de 400 milhões de euros. Quase 200 casas foram engolidas pelo desenvolvimento desse fenômeno, e mais danos estruturais são esperados no futuro.

Portanto, vejamos quais as consequências que esta erupção vulcânica pode ter na saúde. Também estudaremos sugestões específicas para lidar com esses incidentes.

Risco de ferimentos devido à erupção do vulcão em La Palma

As erupções vulcânicas podem causar danos estruturais, o que pode levar a problemas econômicos, mas esses danos também podem causar ferimentos. Desmoronamentos de telhados, desmoronamentos de paredes e destruição de edifícios são comuns nesses incidentes.

Os acidentes de carro também devem ser considerados. A falta de boa visibilidade devido ao nevoeiro gerado pelas cinzas e a confusão de motoristas inesperados apanhados no seu caminho conduzem a acidentes.

A eletricidade não é um problema pequeno e não deve ser ignorada. O colapso de estruturas de edifícios e estradas freqüentemente danifica cabos e conexões de transmissão de energia. Se for adicionada água, existe o perigo de choque elétrico devido à proximidade do mar, acompanhada de chuva ou ruptura do cano.

Como agir neste caso?

Para reduzir o risco de trauma por erupções vulcânicas, como é o caso em La Palma, as autoridades devem estabelecer abrigos de emergência para os evacuados. Dessa forma, as pessoas têm um teto e um local seguro para evitar deslizamentos ou acidentes.

Da mesma forma, o controle de tráfego é aplicado desde o início. Devem ser garantidas áreas de tráfego seguras e estradas sem risco óbvio. Para motoristas particulares, é aconselhável limitar as viagens ao essencial em todos os momentos.

Risco tóxico em erupções vulcânicas

As erupções vulcânicas liberam várias substâncias tóxicas e irritantes para a atmosfera. Tanto quando inaladas pelo sistema respiratório como em contato dermatológico direto, as cinzas vulcânicas e as partículas que transportam gases causam reações perigosas à saúde humana.

Por exemplo, o envenenamento com metais pesados ​​(arsênico) pode levar à morte de pacientes com doenças crônicas. Da mesma forma, se o alimento comumente ingerido estiver contaminado, não só haverá desconforto gastrointestinal, mas também pode causar desidratação e choque hipovolêmico.

Quando gases e substâncias tóxicas caem do ar como água, ocorre a chamada chuva ácida. Este fenômeno irrita a pele e pode causar conjuntivite agressiva se os olhos forem expostos.

Como agir neste caso?

As pessoas afetadas pela erupção de La Palma devem evitar, tanto quanto possível, deixar suas casas. Contanto que o local seja seguro e não haja risco de desabamento, é melhor ficar em casa para reduzir a exposição aos poluentes ambientais.

Comida é um assunto complicado. É difícil garantir a segurança dos produtos encontrados nos mercados da região. No geral, as equipes de socorro do governo tendem a entregar alimentos provenientes de outros lugares, junto com saneamento adequado.

Em meio a esses desastres, a água da chuva não pode ser bebida. Isso pode causar sérios danos aos intestinos.

Problemas respiratórios decorrentes da erupção vulcânica

lungs-39981__340 Consequências para a saúde da Erupção do vulcão La Palma

A inalação de cinzas vulcânicas e sílica são questões que precisam ser consideradas durante as erupções vulcânicas. Partículas que podem causar danos imediatos e de longo prazo entram no corpo humano através do trato respiratório e são depositadas nos alvéolos.

Para pacientes com histórico de asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), as cinzas mais finas são especialmente graves. Entre eles, podem ocorrer agravamento dos sintomas, podem ocorrer crises e insuficiência respiratória.

Veja mais como Como Tratar Tosse Seca com Remédio Caseiro

Por outro lado, a poeira de sílica no ar pode se acumular nos pulmões e causar silicose. Esta condição é crônica e durará vários anos após a exposição. Ocorre fibrose do tecido pulmonar e a função respiratória é perdida.

Como agir neste caso?

As cinzas vulcânicas permanecerão no ar por muito tempo após a erupção. É por isso que existem recomendações específicas para o uso de máscaras por algumas semanas, especialmente em dias de vento e rajadas que espalham mais partículas.

Em algumas casas, a instalação de um sistema de filtragem de ar pode reduzir facilmente a entrada de cinzas. O canteiro de obras também deve tomar medidas para evitar que partículas em suspensão entrem no interior.

Pacientes com asma e DPOC devem tomar essas medidas ao extremo. Eles devem receber intensificadores de medicamentos para tratar crises respiratórias e evitar que evoluam para insuficiência respiratória.

A erupção do vulcão em La Palma terá consequências futuras

volcano-2262295__340 Consequências para a saúde da Erupção do vulcão La Palma

Como antecipamos, os efeitos da erupção de La Palma na saúde não se limitam aos atuais danos estruturais. Nas próximas semanas, vários problemas de saúde podem ocorrer dentro de alguns meses.

As pessoas afetadas devem seguir as instruções das autoridades e da equipe de serviço. Por enquanto, as atividades desnecessárias serão reduzidas para evitar a exposição a toxinas.