CORONAVÍRUS | Tudo o que você precisa saber

0
453
vírus_1580131995-1024x781 CORONAVÍRUS | Tudo o que você precisa saber
OpenClipart-Vectors / Pixabay

O coronavírus(CoV) são uma grande família viral, conhecida desde meados da década de 1960, que causa infecções respiratórias em humanos e animais. Geralmente, as infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. A maioria das pessoas é infectada com coronavírus comuns durante toda a vida, sendo mais provável que as crianças sejam infectadas. Os coronavírus comuns que infectam humanos são o coronavírus alfa 229E e NL63 e o coronavírus beta OC43, HKU1.

Alguns coronavírus podem causar síndromes respiratórias graves, como a síndrome respiratória aguda grave conhecida pela sigla SARS da síndrome em inglês “Síndrome Respiratória Aguda Grave”. O SARS é causado pelo coronavírus associado ao SARS (SARS-CoV), sendo os primeiros relatórios na China em 2002. O SARS-CoV se espalhou rapidamente para mais de doze países da América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia, infectando mais de 8.000 pessoas e causando cerca de 800 mortes, antes que a epidemia global de SARS fosse interrompida em 2003. Desde 2004, nenhum caso de SARS foi relatado em todo o mundo.

Sinais e sintomas

O período de incubação é de 2 a 14 dias. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre. Às vezes, esses vírus podem causar infecção do trato respiratório, como pneumonia.

Transmissão

virus_1580133792-1024x682 CORONAVÍRUS | Tudo o que você precisa saber
geralt / Pixabay
A transmissão do vírus pode acontecer:
Através da tosse ou espirro; Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; Contato com objetos ou superfícies contaminados, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos. Grupos de risco incluem qualquer pessoa que tenha cuidado do paciente, incluindo profissionais de saúde ou familiares, que tenha tido contato físico com o paciente ou que tenha permanecido no mesmo local que o paciente doente.  A transmissão do SARS-CoV aconteceu de camelos e dromedários para humanos.  Em 2020, as análises indicaram que 2019-nCoV pode ter passado de um animal para um humano.

Qual é o tratamento para o coronavírus?

Ainda não existem tratamentos eficazes conhecidos para combater o coronavírus. Por enquanto, não há vacina para evitar a contaminação por coronavírus. Por esse motivo, apesar de não restringir as viagens, a Organização Mundial da Saúde recomenda que os países redobrem sua atenção à saúde dos viajantes. Segundo o relatório da CNN, os Institutos Nacionais de Saúde, parte do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, já estão trabalhando em uma vacina para combater a propagação da doença. No entanto, pode demorar cerca de um ano para ser lançado.

Como evitar a contaminação pelo coronavírus?

virus_1580133724-1024x346 CORONAVÍRUS | Tudo o que você precisa saber
geralt / Pixabay
A recomendação da Organização Mundial da Saúde é semelhante ao que a entidade dá para impedir que você fique gripado. Ou seja, é importante manter uma boa higiene das mãos e também prestar atenção ao meio ambiente para manter boas condições de respiração. Com o surgimento de casos de doenças respiratórias causadas por coronavírus na China, o governo brasileiro vem adotando medidas de preparo, além de orientação e controle para um possível tratamento de casos suspeitos no país. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) faz parte do Centro de Operações de Emergência (COE) – Coronavirus. Estabelecido nesta quarta-feira (22/1/2020) pelo Ministério da Saúde, o comitê tem como objetivo preparar a rede de saúde pública para o tratamento de possíveis casos no Brasil, a fim de responder a eventuais ocorrências de maneira unificada e imediata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui