Dor de dente na gravidez como tratar?

0
10

A dor de dente na gravidez é causada por aumento da sensibilidade dentária e gengivite, que é uma gengivite comum nesta fase.

Mas a dor também pode estar relacionada a outras causas, como dente quebrado, abcesso ou dente do siso em crescimento.

Devido às mudanças hormonais e às novas sensações da gravidez, pode ser difícil manter os dentes e as gengivas saudáveis. O atendimento odontológico e as visitas ao dentista como parte do pré-natal podem prevenir o desconforto bucal.

Causas da dor de dente durante a gravidez

Em mulheres grávidas, como em outras condições, a principal causa da dor de dente é a cárie dentária.

A cárie dentária pode causar dores que variam de leve a muito forte e, em alguns casos, pode até ser intolerável, dependendo da gravidade da cárie.

Essa forte dor de dente nem sempre desaparece com a medicação, obrigando a gestante a procurar ajuda de um dentista.

Outra causa comum de dor de dente durante a gravidez é a chamada sensibilidade dentária, que geralmente é uma resposta a estímulos frios, como beber bebidas geladas ou respirar ar frio.

A sensibilidade também pode ocorrer por meio de estimulação química (comer alimentos ácidos e doces) e escovar os dentes.

Não se pode dizer que sentir dor de dente durante a gravidez é normal, no entanto, deve-se notar que durante a gravidez, especialmente no terceiro trimestre, um aumento da gengivite (gengivite gravídica) é frequentemente observado, com possível dor, vermelhidão e sangramento das gengivas ao escovar os dentes e até espontaneamente.

Isto deve-se às alterações hormonais próprias da gravidez, nomeadamente um aumento da progesterona, que irá aumentar a vascularização das gengivas, tornando-as mais susceptíveis a estes problemas.

Por esse motivo, as gestantes são orientadas a continuar cuidando da higiene bucal para minimizar os transtornos e não só em caso de dor, mas também de rotina ou para detectar cáries para consultar o dentista

Tratamentos da dor de dente durante a gravidez

Dor de dente durante a gravidez é uma situação desconfortável para uma futura mãe. Além disso, se não for resolvido, pode se tornar um risco de gravidez.

O primeiro passo quando sentir desconforto na boca é ir ao dentista. É importante informar o seu especialista sobre o estado da sua gravidez para que ele possa lidar com a situação de forma adequada.

O dentista irá buscar a causa da dor de dente e apontar o melhor tratamento com base no diagnóstico. Dependendo do número de semanas de gravidez e da complexidade do problema, algum tratamento pode ser recomendado naquele momento ou adiado para mais tarde.

O dentista sabe qual medicamento usar durante a gravidez. Portanto, se necessário, ele instrui o uso de alguns remédios para dor de dente, que são seguros tomar na gravidez.

Não se automedique para aliviar a dor de dente durante a gravidez. O uso excessivo de analgésicos ou antibióticos durante a gravidez pode ser perigoso para o bebê.

Algumas medidas feitas por você mesmo aliviam o desconforto durante a espera por um tratamento odontológico específico. Por exemplo, é útil identificar alimentos e bebidas que desencadeiam ou pioram a sensibilidade para evitá-los.

Enxaguar com água morna com sal para reduzir a inflamação das gengivas também pode ajudar. Recomenda-se fazer bochechos após escovar os dentes.

veja mais:

É seguro ir ao dentista durante a gravidez?

Algumas mães temem que o tratamento dentário coloque seu bebê em perigo e preferem suportar a dor e evitar ir ao dentista.

Muitos tratamentos são seguros durante a gravidez e o dentista é treinado para indicar a melhor solução para a gestante sem colocar o bebê em risco.

Como já falamos, quando você vai ao dentista, deve avisá-la sobre a gravidez e lembrá-la quando for marcar uma consulta. O número de semanas de gravidez também deve ser indicado. Mesmo que a gravidez não tenha sido confirmada, fique atento para suspeitas.

Se estiver tomando medicamentos, se estiver em risco de gravidez, se tiver algum problema de saúde ou se o seu médico tiver feito alguma recomendação especial, não deixe de avisar o seu dentista.

Normalmente, a consulta entre o dentista e o obstetra pode planejar melhor as cirurgias futuras.

É melhor consultar um dentista antes da gravidez para ter uma boca saudável e evitar complicações durante a gravidez. Depois de saber o estado da sua gravidez, também é recomendável marcar uma consulta com o seu dentista.

Recomenda-se ir ao dentista a cada três meses para verificar se há algum problema com a cavidade oral.

Dessa forma, você pode agendar o melhor horário para o tratamento, limpeza para cuidar das gengivas e obter orientações relevantes para manter a saúde da boca.

Procedimentos seguros

Se a cirurgia dentária for necessária durante a gravidez, o melhor momento é durante o segundo trimestre. Em primeiro lugar, os profissionais procuram evitar a intervenção, porque é o momento em que os órgãos do bebê se desenvolvem.

Nos últimos três meses, o tamanho da barriga deixará a mãe desconfortável por muito tempo sentada na cadeira do dentista.

Porém, quando ocorre uma emergência odontológica, como dor, infecção ou trauma, ela deve ser resolvida imediatamente para evitar complicações.

Durante a gravidez, a anestesia local pode ser usada para obturações, canais radiculares e exodontias. Esses tratamentos podem ser necessários para tratar a dor de dente. Como mencionamos, o ideal é deixar esses procedimentos até o segundo trimestre.

Embora seja ideal evitar raios-X durante a gravidez, os raios-X dentais também são seguros se forem necessários e inevitáveis.

A quantidade de radiação usada para esses painéis é mínima. Em qualquer caso, deve ser feito sob proteção, devendo ser usados ​​aventais de chumbo em volta do abdômen e do pescoço da mãe.

Durante a gravidez, cirurgias cosméticas desnecessárias ou que não afetem a saúde da mãe devem ser evitadas e adiadas para mais tarde. O clareamento dentário é um exemplo dessas intervenções e pode ser feito posteriormente.

Dicas para manter uma boa saúde bucal durante a gravidez

Cuidar da boca durante a gravidez não pode apenas prevenir dores de dente. Além disso, faz parte dos cuidados gerais de saúde da mãe e do feto.

Para que você tenha um sorriso saudável enquanto espera pelo seu bebê, você deve ter em mente os seguintes pontos.

Cuide da higiene dental

escovar-os-dentes-do-homem_144627-25402 Dor de dente na gravidez como tratar?
Créditos da imagem Freepik

Remover a placa e prevenir seu acúmulo pode reduzir o risco de cárie dentária e inflamação gengival. A higiene bucal minuciosa é essencial para os cuidados bucais durante a gravidez.

Escove os dentes pelo menos 3 vezes ao dia por 3 minutos de cada vez. O ideal é usar uma escova de cerdas macias e creme dental com flúor.

O movimento deve ser suave e atingir todos os lados de todos os dentes. A gengiva e a língua também devem estar limpas.

Para eliminar bactérias e resíduos de alimentos que se acumulam entre os dentes, é necessário complementar a higiene bucal com o fio dental. O fio dental deve passar pelo espaço interdental pelo menos uma vez ao dia. Seu dentista pode recomendar bochechos especiais para reduzir a inflamação da gengiva.

Mantenha uma dieta saudável

Manter uma dieta equilibrada, diversificada e nutritiva durante a gravidez pode cuidar da saúde da mãe e favorecer o desenvolvimento correto do feto. Deve ser assegurado um fornecimento adequado de proteínas, vitaminas, minerais, fósforo e cálcio.

Comer 5 refeições por dia é a melhor maneira de obter energia suficiente durante a gravidez. Além disso, alimentos com alto teor de açúcar, como doces e refrigerantes, devem ser evitados.

Beba muita água

A hidratação da gestante é um aspecto que não pode ser ignorado. As alterações hormonais típicas nesta fase podem causar boca seca.

A boca seca promove cáries. Portanto, manter uma garrafa de água por perto é uma prática simples para ajudar a resolver esse problema.

Beba água natural e evite bebidas açucaradas ou refrigerantes, pois podem causar cáries. É importante evitar qualquer bebida alcoólica porque pode causar danos ao feto.

Visite o dentista a cada trimestre

chair-2584260__340 Dor de dente na gravidez como tratar?
Créditos da imagem Pixabay

Já mencionei a importância de ir ao dentista antes da gravidez e depois a cada 3 meses. Esta é uma medida eficaz de higiene bucal e prevenção de dor de dente durante a gravidez.

Durante a consulta, quaisquer problemas podem ser encontrados e a solução mais adequada pode ser encontrada para aquele momento. Além disso, se necessário, o dentista fará uma limpeza profissional para remover o tártaro e a placa bacteriana.

Os dentistas usam flúor para fortalecer o esmalte dos dentes e prevenir a cárie dentária. Além disso, a visita trimestral é uma grande oportunidade para as mães aprenderem todas as informações necessárias sobre cuidados odontológicos em casa e como cuidar da cavidade oral de um bebê que está para nascer.

Se houver uma emergência, como trauma, dor ou infecção, você deve ir ao dentista imediatamente. Essas condições são perigosas para o feto, vão trazer pressão para a mãe, aumentar o risco de contrações e parto prematuro.

Um sorriso saudável para a mãe

A gravidez trará muitas mudanças na vida das mulheres. As mudanças no corpo são aquelas que levam à formação de uma nova vida e não podem ser evitadas.

A condição da cavidade oral também muda devido à gravidez. Se você não receber os cuidados necessários, poderá sentir dor de dente e outros problemas durante a gravidez.

Visitas regulares ao dentista, uma dieta saudável e uma boa higiene oral ajudam a prevenir problemas orais comuns. Desta forma, será possível terminar a gravidez com um sorriso saudável.