queda de cabelo

Dor no couro cabeludo – 6 razões por trás

Você já sentiu dor no couro cabeludo alguma vez? Todos nós sabemos que o couro cabeludo é a pele que recobre e protege o crânio do ser humano, e é constituído basicamente por:

  • Vasos sanguíneos
  • Pele
  • Folículos pilosos
  • Cabelo

Pelas diferentes camadas que o compõem, ele pode atuar como barreira física e isolante térmico, responsável por proteger o organismo de patógenos.

No entanto, o couro cabeludo é a área mais exposta do nosso corpo e podem ocorrer várias lesões, mas podem ser aliviadas com cuidados adequados.

É claro que, em algum momento, seu couro cabeludo continuará a sentir desconforto, dor ou sensibilidade, mesmo que você não tenha tocado no cabelo o dia todo.

Se você quiser saber o que essa dor significa e como tratá-la, neste artigo você encontrará a resposta que está procurando. Esperamos que sejam úteis!

O que pode aumentar a sensibilidade e causar dor no couro cabeludo?

O couro cabeludo é repleto de terminações nervosas localizadas na raiz dos folículos capilares, que protegem a cabeça e são fáceis de alcançar.

As razões de sua sensibilidade podem ser:

1. Uma dieta desequilibrada

Uma dieta desequilibrada não fornece as vitaminas ou minerais necessários para a nutrição e manutenção do couro cabeludo.

Isto o tornará propenso a condições como:

  • Sensibilidade
  • Queda de cabelo
  • Caspa
  • Dermatite

É por isso que recomendamos manter uma dieta balanceada e beber bastante água ao longo do dia, o que pode lhe fornecer facilmente a força de que você precisa.

2. O uso do xampu errado

O shampoo é uma das principais causas de sensibilidade e dor no couro cabeludo no mundo. Esses produtos são feitos de substâncias agressivas que podem remover parte da camada protetora dessa parte do corpo.

Quando essa camada protetora muda, as células do couro cabeludo ficam inflamadas e o risco de secura e irritação aumenta.

Da mesma forma, produtos químicos usados ​​no cabelo, cosméticos e certos medicamentos também podem afetá-lo. Recomendamos o uso de shampoos neutros, pois eles contêm menos cáusticos e podem manter seu cabelo limpo e seu couro cabeludo completamente saudável.

3. A exposição ao clima

A exposição ao sol, chuva, frio, calor, vento e até poluição pode afetar a saúde do couro cabeludo. Para protegê-lo, sugerimos cobrir sua cabeça antes de sair de casa. Isso fornece melhor proteção e custa quase nada.

4. Estresse e seu couro cabeludo

Situações relacionadas ao estresse em sua vida se traduzem automaticamente na saúde de seu cabelo e couro cabeludo, Sempre que puder, faça uma pausa, distraia-se de algumas de suas próprias atividades, que beneficiarão não apenas o couro cabeludo, mas todo o corpo, pois você ficará mais relaxado.

5. Não prenda seu cabelo

Créditos da imagem Freepik

Cada vez que você prende seu cabelo, é muito provável que ele danifique, causando danos ao couro cabeludo. Isso não só fará com que seu cabelo caia, mas com o tempo você notará muita sensibilidade em sua cabeça, Neste ponto, recomendamos que você evite prender o cabelo constantemente, especialmente à noite, Deixá-lo natural é o melhor que você pode fazer, ou pelo menos não apertar ou puxar com muita força enquanto o segura.

6. As pranchas e secadores são terríveis

Evite-os se possível! O uso prolongado desses artefatos prejudicará completamente a saúde do couro cabeludo. Prefira usar um creme que não precise de aquecimento para ajudar a modelar o rosto.

7. Algumas dicas extras

Se você deseja um couro cabeludo saudável e forte, é importante usar óleos naturais e máscaras que forneçam todos os nutrientes de que você precisa, como:

  • Óleos de argan, coco, abacate e mamona.
  • Máscaras à base de vitamina B7, E e C.

Por sua vez, você também pode experimentar os seguintes métodos:

  • Beber pelo menos 1,5 litro de água por dia favorecerá incrivelmente seu estado de saúde geral.
  • Massagear o couro cabeludo constantemente para estimular a circulação sanguínea, aliviando a dor e fortalecendo-o ao mesmo tempo.

Se você tentou todos os métodos recomendados acima, mas não obteve nenhum resultado, consulte um dermatologista de confiança.

O dermatologista fará os exames necessários para detectar o problema e apontar o melhor tratamento para as dores no couro cabeludo.

%d blogueiros gostam disto: