Exame de sangue para HPV. Perguntas e respostas

0
508
Exame de sangue

[bloqueador]

A melhor forma de saber se uma pessoa tem HPV é através de exames de diagnóstico que incluem observação das verrugas, papanicolau, peniscopia, captura híbrida, colposcopia ou exame de sangue, que podem ser solicitados pelo ginecologista, no caso da mulher, ou um urologista, no caso do homem.

 

Existe um exame de sangue para HPV?

Sim. O exame de sangue é chamado “sorologia para HPV”. Ele detecta a infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV).

Como a sorologia para HPV é feita?

Em geral, é coletada uma amostra de sangue da veia do braço da pessoa, mas podem ser usadas quaisquer veias do paciente.



Para que serve o exame para HPV?

O exame de sorologia HPV é capaz de detectar o vírus HPV, auxiliar na escolha de tratamento e de prognóstico de pacientes infectadas e para o acompanhar as infecções persistentes causadas pelo vírus, que é transmitido por via sexual.

O HPV é o mais importante fator de risco para o desenvolvimento do câncer de colo do útero.

Existe um preparo para realizar o exame?

A paciente deve fazer abstinência sexual de três dias, evitar o uso de cremes ou óvulos vaginais na semana que antecede a coleta, que não deve ser feita no período menstrual.

Quais os resultados possíveis para o exame de HPV?

Positivo: Significa que a pessoa possui o vírus no sangue. Mas não e necessário ficar preocupada, pois basta fazer o controle anual com o exame Papanicolau, também conhecido como “preventivo”.

Negativo: Significa que a pessoa não possui o vírus do HPV no sangue. Esse paciente deve ser orientado quanto aos benefícios de tomar a vacina para se imunizar, ou seja, para não pegar o vírus, pois é muito fácil se infectar.

Espero que tenha gostado do artigo com perguntas e respostas sobre o exame de sangue para HPV. Complemente sua leitura com o artigo: Vacina contra HPV para meninas de 9 e 13 anos será grátis.

Redação: Dra. Renata Fraia – farmacêutica e jornalista, atuando desde 2008 na atenção e assistência farmacêutica nos blogs Saúde da Mulher e Saúde com Ciência. 

[/bloqueador]