Filha de Tiago Leifert tem câncer raro

Autor(a):

Tiago Leifert e sua esposa, Daiana Garbin, anunciaram nas redes sociais a condição da pequena lua de apenas um ano. O casal transferiu o depoimento para a internet e usou o anúncio para alertar outros pais a prestarem atenção à saúde ocular dos filhos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica, a doença atinge cerca de 6.000 crianças em todo o mundo a cada ano.

A filha do casal Lua Leifert tem retinoblastoma bilateral, porém, a doença pode se manifestar unilateralmente – apenas em um olho e de forma trilateral, e nos casos mais raros, além de problemas de visão,m tumor neuroblástico na caixa craniana.

Veja mais:

Várias situações oftálmicas podem ser detectadas nessa faixa etária de Lua, principalmente no caso de infecções congênitas, onde um vírus ou bactéria passa da placenta da mãe e infecta o bebê durante a gravidez.

A atenção dos pais é fundamental na identificação de problemas de visão em crianças. Por exemplo, Tiago Leifert afirma ter começado a notar problemas no comportamento da filha, com o rosto inclinado para olhar em determinados lugares.

Não há nada melhor do que o pai a mãe ou cuidador para entender se existem padrões visuais diferentes. Mas quando você notar uma diferença nos reflexos em uma foto, seu filho não está procurando o item que você forneceu ou uma mudança no estrabismo, você precisa consultar um oftalmologista o mais rápido possível.

Embora raros, existem tratamentos para o retinoblastoma. Dependendo da gravidade da doença, a forma de tratamento pode variar e incluir quimioterapia, crioterapia (congelamento do tumor), ablação a laser e, em casos mais extremos, remoção do olho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: