Jejum Intermitente: Guia Pratico para Iniciantes

0
64
Jejum Intermitente: Guia Pratico para Iniciantes

O jejum intermitente é uma das tendências atuais de saúde e atrai muitas pessoas no campo fitness. Isso acontece porque pode trazer benefícios. As pessoas usam essa técnica para perder peso, melhorar a saúde e simplificar um estilo de vida saudável.

Muitos estudos demonstraram que o jejum pode ter um efeito poderoso em seu corpo e cérebro, e pode até ajudá-lo a viver mais e ter uma qualidade de vida mais alta.

O que é Jejum Intermitente?

O jejum intermitente (JI) é um substantivo usado para nomear o modo de comer alternadamente entre jejuar e comer.

Métodos comuns de jejum intermitente incluem jejum por 16 horas por dia ou 24 horas por semana.

Muitas pessoas ainda têm medo de jejuar, mas essa técnica é realmente bastante natural.

Apenas pense que as pessoas evoluíram rapidamente. Às vezes, era feito por falta de comida, por razões religiosas como o Islã, o Cristianismo e o Budismo.

Pensando nisso, você entende que nossos ancestrais não tinham supermercados, geladeiras ou alimentos disponíveis o ano todo.

Às vezes eles não conseguiam encontrar nada para comer. Nossos corpos evoluíram para poder funcionar sem comida por um longo tempo. Isso significa que o jejum parece muito mais natural do que comer a cada 3 horas.

Nós já fazemos jejum durante o sono. Então, o jejum intermitente pode ser tão simples quanto prolongar esse jejum um pouco mais.

Você pode pular o café da manhã, comer a primeira refeição ao meio-dia e a última refeição às 20h.

Dessa forma, você pode jejuar 16 horas por dia e limitar a comida a 8 horas de comida (a hora que você pode comer em um dia).

Esta é a forma mais popular e simples de jejum intermitente, conhecido como o método 16/8.

Alimentos não são permitidos durante o jejum, mas você pode beber água, café, chá e outras bebidas naturais sem calorias (é claro, sem adição de açúcar ou adoçantes).

Leia também: Pâncreas pode ser regenerado através do Jejum Intermitente!

Como funciona o Jejum Intermitente?

Quando não há comida por um período de tempo, vários processos no corpo mudam. Isso acontece para ajudar o corpo a funcionar e se regenerar.

Esse processo envolve hormônios, genes e importantes processos de reparo celular.

Com o estômago vazio, nossos níveis de açúcar no sangue caíram significativamente, assim como a insulina. A quantidade de hormônio do crescimento (HGH) também aumentou.

Muitas pessoas param de jejuar para perder peso, porque é uma maneira muito simples e eficaz de reduzir calorias e queimar gordura.

Alguns estudos também sugerem que o jejum intermitente pode ajudar a proteger contra doenças, incluindo doenças cardíacas.

Em suma, o jejum intermitente pode efetivamente melhorar sua vida e melhorar sua saúde.

Afinal, quanto menos refeições você precisar planejar, mais fáceis serão suas tarefas diárias. Além disso, você não precisa comer de 3 a 4 vezes por dia (ou mais) para economizar tempo.

Mas não esqueça que, para produzir um efeito positivo, você deve comer corretamente durante a janela da comida.

Além disso, sempre dê preferência a alimentos reais, como carne, frutas e legumes. Esqueça os alimentos industrializados, doces e processados.

Finalmente, as pessoas com problemas de saúde ou com dificuldade de jejum devem sempre procurar orientação médica antes de iniciar a prática.

Cardápio Jejum Intermitente

Um dos momentos mais importantes do jejum intermitente é interromper esse jejum.Neste caso, nosso corpo sente a necessidade de nutrição a cada 26 horas, para que você possa continuar em jejum, mas se conseguir de maneira saudável Nutrição, então a coisa certa é comer de maneira saudável. Você escolhe a comida e há diferentes grupos de nutrição no prato.

Na hora de montar, escolha por frutas, verduras, carboidratos com baixo índice glicêmico, proteína animal e gorduras boas:

Grupo 1: Frutas (fibras, vitaminas e antioxidantes)

Grupo 2: Verduras (fibras, vitaminas e antioxidantes)

Grupo 3: Aveia, quinoa, arroz integral, fubá (carboidratos)

Grupo 4: Ervilha, lentilha, feijão, grão de bico, carne de boi, frango e porco (proteínas e ferro)

Grupo 5: Ovo caipira ou iogurte natural, queijos maturados (proteínas e cálcio)

Grupo 6: Azeite de oliva extra virgem ou algumas castanha (gorduras boas)

Para hidratar, você pode escolher o chá, porque, além da hidratação, os chás têm a função de limpar o corpo e, o mais importante, com o estômago vazio, ajudam a queimar gordura localizada. Você pode tomar chá a qualquer momento, porque o jejum só é interrompido quando carboidratos, proteínas e gorduras são consumidas.