melatonina

Melatonina conheça os benefícios do hormônio do sono

A melatonina, também conhecida como hormônio do sono, é uma substância produzida pelo cérebro quando está escuro, então o corpo vai perceber que a hora de dormir está se aproximando e começará a diminuir o ritmo.

A melatonina em cápsulas pode ser facilmente encontrada na internet, e até mesmo em farmácias de medicamentos de todo o Brasil.

E a razão é simples! Desde novembro de 2017, a ANVISA permite a importação da substância pelo site de uma empresa localizada no exterior ou o ingresso da substância com bagagem de mão para uso pessoal, além de permitir o manuseio da substância mediante apresentação de receita médica.

Relacionado a esses fatores está que os brasileiros estão cada vez mais sofrendo de doenças relacionadas ao sono. Segundo dados de 2017 da Associação Brasileira do Sono, estima-se que 73 milhões de brasileiros sofram de algum tipo de insônia ou problemas relacionados ao sono.

Porém, não só no Brasil, o uso da melatonina se popularizou. Nos Estados Unidos, a melatonina é amplamente conhecida. Segundo estimativas do FDA, as vendas mais que dobraram entre 2007 e 2012. Por exemplo, ANVISA nos Estados Unidos).

Em entrevista à Associação Médica Paulista, professor de fisiologia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, José Cipolla Neto confirmou esse crescimento, referindo-se a “muita gente tomando e muitos médicos prescrevendo”.

Com foco nesse mercado cada vez mais aquecido, empresas como a Vitaminas Prime, que fornece produtos diretamente dos Estados Unidos, vêm pressionando fortemente os brasileiros a comprarem esse produto.

No entanto, devido à diversidade de dosagens e marcas, comprar melatonina por conta própria pode ser uma tarefa complicada, por isso não é recomendado.

Antônio Mello, gerente de Atendimento ao Consumidor da Vitaminas Prime, nos disse: “Comprar melatonina nem sempre é uma tarefa fácil, pois além das diversas marcas existentes no mercado hoje, existem problemas com dosagens que variam de 300 microgramas a 10 microgramas… Miligramas de substância por dose “.

Ele ainda sugeriu: “É importante que os indivíduos que procuram melatonina busquem primeiro o conselho de um especialista, o que evitará o risco de comprar a dose errada ou mesmo de usar a melatonina incorretamente.”

Mas com o aumento do consumo e da automedicação, os especialistas vêm criticando cada vez mais o uso excessivo da melatonina.

“Para quem quer começar a tomar melatonina”, disse José Cipolla Neto, “a primeira coisa que você precisa saber sobre os benefícios, os ricos benefícios, é encontrar um especialista, e nunca se automedicar”.

Benefícios da Melatonina

A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal no cérebro. A principal função desse hormônio é regular o relógio biológico. Em outras palavras, informa ao cérebro que é hora de dormir e acordar.

Portanto, as pessoas que têm problemas de sono ou não conseguem dormir a noite toda podem se beneficiar do uso da melatonina sintética (como todos sabemos, a melatonina é vendida em cápsulas, comprimidos ou líquidos).

Um estudo brasileiro coordenado pelos neurologistas Mário Perez e Escola Paulista de Medicina do Hospital Albert Einstein também descobriu que o uso de pílulas contendo melatonina pode ser muito eficaz contra dores de cabeça frequentes, e não há efeitos colaterais rotineiros do tratamento.

Além disso, a melatonina se tornou o assunto de vários estudos no tratamento e prevenção de certos tipos de câncer, como câncer de mama e de próstata. Isso porque é uma substância antioxidante que pode reduzir a acidez do corpo e prevenir o aparecimento e até o crescimento de tumores.

Riscos da suplementação excessiva de Melatonina

Não há nenhum caso conhecido de morte por overdose de melatonina na literatura. Em outras palavras, a melatonina é uma substância relativamente segura.

No entanto, o uso excessivo pode trazer efeitos colaterais como náusea, dor de cabeça, sonolência diurna e até mesmo um desequilíbrio do relógio biológico, que pode exacerbar a insônia.

A relação entre triptofano e sono

A melatonina é um hormônio que ajuda a regular os ciclos de sono e vigília. Por sua vez, a serotonina proporciona uma sensação de relaxamento e ajuda a acalmar a mente. Como você pode ver, o triptofano é responsável pela produção de dois hormônios e, portanto, ajuda a dormir.

Melhore sua qualidade de vida com TRIPTOFANO + MAGNÉSIO

Composto químico

A melatonina é um hormônio produzido por muitos animais e plantas. Em animais, é produzido e liberado pela glândula pineal. Quimicamente, é uma indoleamina sintetizada a partir do triptofano e, devido à sua natureza anfifílica, penetra facilmente nas membranas celulares por difusão.

FórmulaC13H16N2O2
IUPACN-[2-(5-methoxy-1H-indol-3-yl)ethyl]
Número CAS73-31-4
Massa molar232,278 g/mol

Conclusão

Para pessoas com insônia ou dificuldade para dormir, a melatonina sintética é uma boa escolha, mas buscar ajuda especializada é sempre o melhor tratamento. Já discutimos em outro artigo sobre ronco silencioso e anti-ronco, e recomendo a leitura deste artigo. Não é recomendado a automedicação, mesmo que a substância não seja fatal.

%d blogueiros gostam disto: