Menopausa 9 Passos para Reduzir os sintomas

0
92
Menopausa

A menopausa é um evento fisiológico e normal na vida de uma mulher, ocorre por volta dos 50 anos e é caracterizada por uma menstruação estagnada. A partir deste momento, os ovários param de produzir hormônios do ciclo menstrual, estrogênio e progesterona, época da vida denominada de climatério.

Durante esse período, pelo menos dois terços das mulheres experimentam alguns sintomas de desconforto, incluindo suores noturnos, alterações de humor, irritabilidade e fadiga.

Além disso, elas são mais suscetíveis a osteoporose, obesidade, doenças cardíacas e diabetes.

Esses fatores levaram muitas mulheres a procurar suplementos e remédios naturais para aliviar os sintomas.

Confira:SPRAY de depilação indolor

Reduzir os Sintomas da Menopausa

1. Alimentos Ricos em Cálcio e Vitamina D

As alterações hormonais durante a menopausa enfraquecem os ossos e aumentam o risco de osteoporose.

O cálcio e a vitamina D estão intimamente relacionados à saúde óssea; a ingestão adequada ajuda a reduzir o risco de fraturas.

A luz solar é a sua principal fonte, porque quando a pele é exposta à luz solar, a pele produz essa vitamina. À medida que envelhecemos, a eficiência da pele para produzir nutrientes diminui.

As fontes alimentares ricas em vitamina incluem peixes gordurosos, ovos, óleo de fígado de bacalhau e alimentos ricos em vitamina D.

O cálcio pode ser encontrado em produtos lácteos, como iogurte e queijo; saladas e vegetais folhosos, como couve e espinafre e em peixes como a sardinha.

2. Peso Saudável

O ganho de peso na menopausa é comum, devido a alterações hormonais, envelhecimento, estilo de vida e genética.

O excesso de gordura corporal, especialmente o excesso de gordura da cintura, aumenta o risco de doenças cardíacas e diabetes; também pode exacerbar os sintomas da menopausa.

Pesquisas com mulheres na pós-menopausa que perdem peso dentro de um ano mostram que as ondas de calor e suores noturnos diminuíram.

3. Comer Frutas e Legumes

Uma dieta rica em frutas e vegetais pode ajudar a prevenir os sintomas da menopausa.

As calorias das frutas e legumes são muito baixas, o que ajuda a aumentar a saciedade, reduzir o peso e manter o peso.

Eles também podem ajudar a prevenir muitas doenças, incluindo doenças cardíacas. Isso é importante porque o risco de doença cardíaca aumenta após a menopausa.

Isso pode ser devido a fatores como idade, ganho de peso ou diminuição dos níveis de estrogênio.

4. Evitar Alimentos de Gatilho

Certos alimentos podem causar ondas de calor, suores noturnos e mudanças de humor e, se consumidos à noite, também podem causar mais alimentos.

Os gatilhos comuns para a menopausa incluem cafeína, álcool e alimentos muito açucarados ou picantes.

Se você acha que certos alimentos pioram os sintomas da menopausa, tente reduzir o consumo ou evitá-los completamente.

5. Fazer Exercícios Regularmente

O exercício físico tem muitos benefícios para o seu corpo!

Você melhora a energia, o metabolismo, o sono, a saúde das articulações e dos ossos; o exercício também ajuda a relaxar e reduzir o estresse.

Outros benefícios incluem a prevenção de doenças como câncer, doenças cardíacas, derrame, pressão alta, diabetes tipo 2, obesidade e osteoporose.

6. Alimentos Ricos em Fitoestrogênios

Outro passo importante é o consumo de fitoestrogênios.

São compostos vegetais naturais que podem imitar os efeitos do estrogênio no corpo humano. Ou seja, eles podem ajudar a equilibrar os hormônios.

Em países asiáticos como o Japão, a alta ingestão de fitoestrogênio é até a razão pela qual as mulheres na menopausa nessas áreas raramente têm ondas de calor.

Os alimentos ricos em fitoestrogênios incluem sementes de linho, alho, damascos, ameixas, tâmaras e sementes de gergelim.

No entanto, a quantidade de fitoestrogênios nos alimentos variará dependendo do método usado no processamento.

Alimentos naturais compostos por fitoestrogênios são melhores que suplementos ou alimentos processados ​​com adição de proteína de soja.

7. Beber Água

Durante a menopausa, as mulheres podem ficar desidratadas, o que pode ser devido a níveis reduzidos de estrogênio. Beber 8 a 12 copos de água por dia pode aliviar esses sintomas.

A água potável também pode reduzir o inchaço causado por alterações hormonais.

Além disso, a água pode impedir o ganho de peso porque causa saciedade e aumenta ligeiramente o metabolismo.

Beber 500 ml de água 30 minutos antes de uma refeição pode economizar 13% de calorias ao comer.

8. Evite o Açúcar Refinado e Alimentos Processados

Uma dieta rica em carboidratos refinados e açúcar aumentará o açúcar no sangue e fará você se sentir cansado e irritado.

De fato, um estudo descobriu que uma dieta rica em carboidratos refinados aumentou o risco de depressão em mulheres na pós-menopausa.

Uma dieta rica em alimentos processados ​​pode afetar a saúde dos ossos e de todo o corpo.

9. Alimentos Ricos em Proteínas

Comer proteína regularmente ajuda a evitar a perda de massa muscular magra com a idade.

Um estudo descobriu que a proteína em cada refeição pode retardar a perda muscular devido ao envelhecimento.

Dietas ricas em proteínas também ajudam a perder peso, porque aumentam a quantidade de saciedade e as calorias queimadas.

Alguns alimentos ricos em proteínas incluem carne, peixe, ovos, legumes e nozes.

Lembre-se, a menopausa não é uma doença, mas uma parte natural da vida.

Embora os sintomas possam ser difíceis de tratar, manter uma dieta saudável e exercícios regulares pode ajudar a aliviar e prevenir o desconforto.

Sempre procure orientação médica para monitorar a menopausa.

Veja mais: