O que é Doença de Crohn: Principais Sintomas, Causas e Tratamentos

0
82
Doença de Crohn
derneuemann / Pixabay

Doença de Crohn É uma doença inflamatória grave que ocorre no trato gastrointestinal. Afeta principalmente a parte inferior do intestino delgado (íleo) e do intestino grosso (cólon), mas também pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal.

A falta de tratamento pode causar sérias complicações devido à má absorção de nutrientes importantes e reações autoimunes / inflamatórias que causam a degradação dos tecidos saudáveis ​​em todo o corpo.

Estima-se que, eventualmente, 75% dos pacientes de Crohn precisem de cirurgia; 38% daqueles submetidos à cirurgia recaíram em apenas um ano.

Conheça os sintomas e tratamentos para essa doença.

 

Doença de Crohn e os Sintomas

Os especialistas acreditam que fatores genéticos, estresse crônico, dieta inflamatória, exposição a certas infecções ou vírus e outros fatores de risco constituem a maioria dos casos da doença.

Mudanças no estilo de vida, intervenções dietéticas e técnicas de alívio do estresse podem melhorar os sintomas da doença de Crohn.

Afeta a todos de maneira diferente, e a inflamação associada a essa condição afeta todas as partes do sistema digestivo, dependendo do indivíduo.

A inflamação geralmente penetra na camada de tecido do trato gastrointestinal, causando alterações nos movimentos intestinais e interrompendo a absorção normal de nutrientes.

As áreas mais comumente afetadas pela doença incluem a área final do intestino delgado e do cólon.

Em algumas pessoas, apenas a última parte do intestino delgado (íleo) é afetada. Em outros casos, a doença é limitada ao cólon, que faz parte do intestino grosso.

Os sintomas da doença de Crohn podem variar de leve a grave, dependendo do tecido inflamado e da gravidade da inflamação.

Esses sintomas geralmente se desenvolvem gradualmente.

Também é comum não apresentar sintomas ou sinais por semanas ou meses. Infelizmente, após a remissão, os sintomas podem se repetir.

De acordo com a American Crohn’s and Colitis Foundation, quando a doença de Crohn está ativa, os sinais e sintomas podem incluir:

Como a Doença de Crohn se Desenvolve

1-Diarreia

Pacientes com doença de Crohn leve a moderada podem ter 4-6 evacuações por dia. Pessoas com doenças mais graves podem ir ao banheiro mais de seis vezes.

A perda de fluidos corporais associados à diarréia é um fator de risco para desidratação, desequilíbrio eletrolítico e outras complicações.

2-Cãibras intestinais e dor abdominal

Inflamação e úlceras podem afetar o movimento normal do sistema digestivo e causar dores e cãibras nos músculos do sistema digestivo.

Os músculos da parede intestinal são propensos a espasmos durante a inflamação e causam contração, o que leva aos sintomas da doença de Crohn.

3-Náuseas e vômitos

Às vezes, o tecido cicatricial se forma no intestino, o que pode causar inchaço e bloquear algumas passagens que normalmente passam pelos alimentos.

Isso pode ser a causa de dores de estômago, vômitos, refluxo e diminuição do apetite.

4-Febre e fadiga

Muitas pessoas com doença de Crohn podem ter febre baixa devido a inflamação ou infecção.

Os pacientes também podem se sentir cansados ​​devido à perda de líquidos, desnutrição, anemia e outras deficiências nutricionais.

5-Sangue nas fezes

Quando o alimento passa pelo intestino inflamado, pode aumentar o tecido e causar sangramento.

Sangue vermelho brilhante ou sangue mais escuro podem aparecer nas fezes das pessoas com a doença. Também pode haver sangramento no trato gastrointestinal, que não é visível através das fezes.

6-Úlceras e feridas na boca

A inflamação crônica pode causar feridas abertas e uma sensação de queimação no estômago, esôfago, boca e ânus.

Na maioria dos casos, as úlceras se formam no intestino delgado inferior, cólon e reto. Estes são geralmente efeitos colaterais da degeneração do sistema imunológico, e a inflamação se espalhou para outros tecidos.

7-Redução do apetite e perda de peso

Dor abdominal, cólica e inflamação intestinal podem afetar o apetite e a capacidade de digerir e absorver alimentos.

8-Doença de Perianal

Devido à inflamação do túnel na pele chamada fístula, o paciente pode sofrer dor ou drenagem perto ou ao redor do ânus.

9-Outros sinais de inflamação

A inflamação da pele, olhos e articulações, fígado ou vias biliares também é possível.

Outros sintomas associados à doença de Crohn podem incluir pedras nos rins, cálculos biliares, hemorroidas, dores nas articulações, erupções cutâneas e até um alto risco de desenvolver câncer de cólon.

10-Atrasos no desenvolvimento

Algumas crianças doentes também sofrem de atrofia ou desenvolvimento sexual.

Devido à disfunção do sistema imunológico, e incapaz de absorver quantidades normais de nutrientes importantes.

A perda de sangue e a perda de líquidos são outros sintomas que podem causar complicações em crianças com doença de Crohn.

Causas

Embora a causa exata da doença de Crohn não seja totalmente compreendida, muitos fatores parecem desempenhar um papel no desenvolvimento da doença.

Pesquisas sugerem que as os fatores de risco mais comuns são:

Idade

A doença de Crohn pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais provável que você a desenvolva quando for mais jovem. A maioria dos pacientes com doença de Crohn é diagnosticada antes dos 30 anos.

Dieta

Baixos nutrientes na dieta, mas ricos em alimentos apimentados, frituras, alimentos processados, laticínios, açúcar, álcool e / ou cafeína, podem promover a ocorrência da doença de Crohn.

Contraceptivos orais

A pesquisa ligou as pílulas anticoncepcionais ao desenvolvimento da doença de Crohn.

Antibióticos

Há evidências de que o uso de antibióticos pode aumentar o risco de doença de Crohn.

Exposição a vírus e infecção

Agora, os especialistas acreditam que a doença de Crohn pode estar relacionada a infecções virais ou bacterianas desconhecidas que causam altos níveis de inflamação e reações auto-imunes.

Estresse

A relação entre estresse e doença de Crohn é controversa, mas não há dúvida de que o estresse exacerba os sintomas e desencadeia uma crise.

O estresse pode prejudicar a saúde digestiva. O esvaziamento do estômago é mais lento, mas mais ácido é secretado.

Esse problema também acelera, atrasa a passagem do conteúdo intestinal e pode causar alterações no próprio tecido intestinal.

História familiar

O motivo pode ser hereditário. Uma em cada cinco pessoas sofre desta doença.

Fumar

Ela é muito demorada nos efeitos colaterais negativos do fumo, por isso, se você tem doença de Crohn e fumo, precisa parar de fumar.

Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides

Esses medicamentos podem causar inflamação intestinal e piorar a doença.

A medicina tradicional diz que a causa exata da doença não é clara. No entanto, dieta inadequada e estresse são frequentemente as causas da doença.

Como Prevenir a Doença de Crohn

A seguir, são apresentadas algumas das maneiras mais eficazes de aliviar os sintomas da doença naturalmente:

  1. Alimentação Correta

Se você deseja prevenir a doença de Crohn, evite laticínios, glúten, a maioria dos grãos, excesso de açúcar, alimentos processados ​​e embalados. Além disso, escolha alimentos prebióticos e probióticos para evitar cafeína e álcool.

  1. Monitore os sintomas

Todos com a doença de Crohn têm “gatilhos” diferentes; portanto, ao mudar a dieta ou o estilo de vida, você precisa monitorar como se sente. Algumas pessoas dizem que comer muita fibra piorará os sintomas.

Por esse motivo, observe que tipos de frutas, legumes, grãos e legumes apresentam problemas para o seu corpo.

  1. Hidratação

Beber bastante água e outras bebidas hidratantes com baixo teor de açúcar (como chá) pode ajudar a compensar a perda de líquidos causada pela diarréia.

Ao mesmo tempo, é importante evitar cafeína, bebidas açucaradas e laticínios.

  1. Reduzir o estresse

O estresse geralmente piora a digestão, afinal aumenta a tensão muscular, cãibras e cãibras e pode agravar a inflamação.

Os métodos para aliviar o estresse incluem exercícios físicos e mentais, como ioga, meditação, descanso e passar o tempo ao ar livre.

  1. Cuidado com medicamentos

Antibióticos, contraceptivos e outras drogas são fatores de risco para a doença de Crohn e podem interferir na digestão e na saúde intestinal.
Portanto, basta tomar medicamentos prescritos e discutir as melhores opções com o seu médico.

Diagnóstico e preocupações

A doença é diagnosticada através de exames de sangue, amostragem de fezes e colonoscopia, o que permite ao seu médico ver parte do intestino grosso e delgado.

Se necessário, você pode realizar uma biópsia no tecido inflamado do cólon durante uma colonoscopia para procurar alterações que indiquem que você tem a doença de Crohn.

Portanto, você deve procurar atendimento médico quando os sintomas da doença aparecerem, especialmente quando os hábitos intestinais continuam a mudar ou os sintomas e sinais da doença aparecem, como:

  Dor abdominal; sangue nas fezes ou fezes irregulares; diarréia; febre inexplicável que dura mais de um dia ou dois; e, finalmente, perda de peso.

Algumas das preocupações mais significativas relacionadas à doença de Crohn incluem:

Desnutrição – diarreia, dor abdominal e cólicas podem tornar difícil para você comer ou absorver nutrientes suficientes para mantê-lo nutrido.

Portanto, devido ao baixo nível de ferro ou vitamina B12 causado pela doença, geralmente ocorrem sintomas de anemia.

Câncer de cólon – Ter doença de Crohn que afeta o cólon aumenta o risco de câncer.

Outros problemas de saúde – Por exemplo, esta doença pode causar problemas em outras partes do corpo, como anemia, osteoporose e doenças do fígado ou da vesícula biliar.

Sendo assim, se as modificações na alimentação e estilo de vida, mediação e outros tratamentos não aliviarem os sintomas, talvez o médico recomende a cirurgia.

No entanto, a cirurgia não pode curar a doença , que é uma doença inflamatória intestinal.