O que é Xantelasma?

0
964
xantelasma

[faceturbo][bloqueador]

Xantelasma é um pequeno depósito de gordura e colesterol que ocorre logo abaixo da superfície da pele, principalmente ao redor dos olhos. É relativamente comum e prejudica principalmente adultos. Frequentemente, xantelasmas são associados a índices elevados de colesterol no sangue, sem ser contagiosos. Há diversas outras condições de pele que se parecem bastante ao xantelasma, e o médico dermatologista está habilitado a fazer o diagnóstico e tratamento corretos.

Xantelasma não costuma apresentar qualquer sintoma. Entretanto, por afetar a face, são causa de vergonha e impacto estético nos pacientes. Normalmente são pequenas pápulas planas e amareladas, localizadas nas pálpebras superiores ou inferiores, ao redor do centro da face. As lesões, se não tratadas precocemente, crescem de forma gradativa.

Os principais tipos de xantoma são:

  • Xantelasmas: são o tipo o xantoma que se localiza na pálpebra, na forma de placas amareladas e amolecidas, geralmente, em pessoas com história de hipercolesterolemia, que é o colesterol elevado.
  • Xantomas eruptivos: são a forma mais comum, associados ao aumento dos triglicerídeos, em que surgem pequenos caroços amarelos, principalmente, nas coxas, pernas, nádegas e braços. Costumam melhorar quando os triglicerídeos se normalizam;
  • Xantomas tuberosos: nódulos amarelados que se localizam preferencialmente nos cotovelos e calcanhares de pessoas portadoras de hipercolesterolemia;
  • Xantoma tendíneo: é o depósito que ocorre nos tendões, principalmente no tendão de aquiles, no calcanhar, ou dos dedos, e costumam surgir em pessoas com portadoras de hipercolesterolemia;
  • Xantomas planos: são achatados e surgem mais frequentemente nas pregas palpares, rosto, tronco e em cicatrizes.

Tratamento

 

Os xantelasmas podem ser tratados por meio de cirurgia da pele, com retirada e sutura sob anestesia local; mas também com técnicas destrutivas, utilizado ácidos, laser ou eletrocoagulação. Todos os tratamentos podem deixar uma pequena marca ou cicatriz. O tamanho do xantelasma e sua localização são os principais fatores que definem o risco de cicatriz. Portanto, a identificação e o tratamento prematuros são fundamentais para o sucesso da cirurgia.

[themoneytizer id=”16901-1″]

 

Prevenção

Não há forma de se evitar xantelasmas, entretanto, a procura do médico dermatologista para a definição diagnóstica e tratamento prematuros são os elementos mais importantes para o sucesso do tratamento. Há a possibilidade dos xantelasmas voltarem a surgir no mesmo local, mesmo após a retirada ou destruição completa.

Veja Mais: O que é pólipo endometrial?[/bloqueador][/faceturbo]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui