Os melhores alimentos para reduzir o colesterol ruim

Os melhores alimentos para reduzir o colesterol ruim

Melhor saúde é garantia de melhor qualidade de vida, plena de conquistas em muitos aspectos.

Uma dieta inadequada pode trazer muitas consequências ao corpo, como o colesterol alto, por isso você deve conhecer os melhores alimentos para reduzir o colesterol ruim.

Existem dois tipos de colesterol: bom e mau, que são o HDL e o LDL, respectivamente.

O primeiro ajuda o fígado a processar substâncias alimentares e eliminar toxinas do corpo.

O segundo tipo é o que se acumula nas paredes internas das artérias e veias.

Em excesso, prejudica a boa circulação sanguínea no corpo e expõe o risco de ataques cardíacos, trombose, aneurismas e outras doenças.

Preparamos os melhores alimentos para diminuir o colesterol ruim e melhorar a qualidade de vida.

Os melhores alimentos para reduzir o colesterol ruim
Créditos da imagem Freepik

Peixes

A maioria dos peixes contém ácidos graxos ômega 3, que são gorduras insaturadas que podem reduzir o teor de colesterol ruim no corpo e ajudar a regular a circulação sanguínea.

No entanto, para desfrutar do melhor que esta comida tem para oferecer, deve ser sempre feita de forma saudável.

Grelhar e assar são duas formas de preservar melhor a nutrição dos peixes e evitar o risco de gordura.

Além disso, espécies como o atum, o salmão e a truta são muito ricas em ácidos graxos ômega-3, alimentos que reduzem o colesterol ruim de forma mais intensa.

Azeite

Este alimento é um grande aliado na luta contra o colesterol ruim, pois armazena ácido oleico que ajuda a equilibrar os níveis de HDL e LDL com duplo efeito benéfico.

Além disso, níveis reduzidos de glicose no sangue e melhor circulação sanguínea são outros benefícios do consumo frequente de azeite de oliva.

Para reduzir o colesterol ruim de maneira eficaz, coma uma colher de chá de azeite de oliva diariamente ou use-o em saladas com baixo teor de sal.

Alcachofra

As fibras de alcachofra contribuem para a redução dos triglicerídeos, combatendo o ganho de peso e a obesidade. Portanto, essas são as duas razões que levam ao diabetes e, ao mesmo tempo, evitam esse problema.

Para desfrutar dos melhores nutrientes e sabor da alcachofra, basta comê-la fervida em água.

Laranja

Essa fruta cítrica é rica em flavonóides, elementos essenciais para a redução do colesterol ruim.

Os flavonóides das laranjas podem reduzir a quantidade de colesterol absorvida pelo intestino.

Vinho

O vinho tinto contém flavonóides, que ajudam a regular os níveis de colesterol ruim e bom. Nesse sentido, a razão pela qual o vinho tinto é melhor é que essas substâncias estão concentradas na casca e são utilizadas para fazer essa bebida do início ao fim.

A quantidade ideal de vinho com a vantagem de diminuir o colesterol ruim é de uma a duas doses por dia.

Prefira as versões secas aos doces porque o vinho doce tende a produzir mais glicose e o excesso de glicose é prejudicial à saúde.

Soja

A soja é um forte aliado no combate ao colesterol ruim e é utilizada em diversos alimentos, desde bebidas até alimentos picantes e doces.

Este grão é processado, raramente se encontra na sua versão natural, por isso para desfrutar do melhor é melhor beber sumos e comer os alimentos a partir dele.

Portanto, produtos vegetarianos e veganos, como carne e queijo de soja, são exemplos de bons aliados que aumentam seus efeitos positivos na redução do colesterol ruim.

Canela

O tempero usado em doces tradicionais como canjica e doces curados tem seu lado positivo no combate ao colesterol ruim.

Pessoas que consumi canela frequentemente baixam o colesterol LDL porque Os antioxidantes da canela ajudam a reduzir o colesterol ruim.

Assim, por exemplo, usar uma boa amostra de paus de canela no chá ajuda a prevenir o corpo do risco de colesterol LDL excessivo.

Abacate

Embora o abacate seja rico em calorias, ele é rico em gorduras monoinsaturadas, que são boas para o corpo. Porém, é necessário reduzir a ingestão dessa fruta para que de fato seus benefícios ocorram no organismo.

As gorduras monoinsaturadas ajudam a reduzir o colesterol e os triglicerídeos. Portanto, por meio desses dois métodos, o abacate pode se tornar uma fruta ideal para refeições múltiplas.

Os abacates podem ser consumidos com um pouco de açúcar ou simples no café da manhã.

No almoço ou no jantar, pode ser usado em saladas agridoce – misturam salgado com doce, que no caso é o açúcar natural da fruta.

Alimentos que reduzem o colesterol ruim, como abacates, podem ter bons resultados para a saúde a longo prazo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: