Ozempic emagrece? Mito ou Verdade

0
81

A Ozempic é um medicamento antidiabético para o tratamento do diabetes tipo 2. É semelhante ao glucagon humano e seu efeito é semelhante ao do peptídeo 1, portanto, pode aumentar a secreção de insulina, aumentando assim o metabolismo do açúcar.

Ozempic pode tratar a diabetes, mas um dos efeitos colaterais é a perda de peso,os médicos prescreveram este medicamento como um complemento para reduzir a obesidade.Portanto, os medicamentos podem promover perda de peso de 10% a 15%, e os resultados podem ser ainda maiores quando relacionados à dieta e exercícios físicos.

Como o Ozempic funciona?

A semaglutida, o ingrediente ativo do Ozempic, é um análogo do GLP-1 com homologia de sequência de 94% com o GLP-1 humano. Além disso, o GLP-1 é um hormônio fisiológico que possui múltiplos efeitos na regulação do apetite e da glicose, bem como no sistema cardiovascular. Assim, os efeitos sobre o apetite e a glicose são mediados, em particular, pelos receptores de GLP-1 no pâncreas e no cérebro.

Quando o açúcar no sangue está alto, o semaglutida reduz o açúcar no sangue de uma maneira dependente da glicose, estimula a secreção de insulina e reduz a secreção de glucagon. Além disso, o mecanismo de redução do açúcar no sangue também envolve um ligeiro atraso no esvaziamento gástrico logo após as refeições.

Como o Ozempic deve ser usado?

O Ozempic é administrado por injeção sob a pele (injeção subcutânea). Deve ser usado uma vez por semana, se possível no mesmo dia da semana. No entanto, pode ser administrado a qualquer hora do dia, independentemente das refeições.

Reações Adversas

  • Dor de estômago;
  • Inchaço do estômago;
  • Prisão de ventre;
  • Arrotos;
  • Pedras na vesícula;
  • Tonturas;
  • Cansaço;
  • Perda de peso;
  • Perda de apetite;
  • Gases (flatulência);
  • Sensação de má disposição (náuseas), entretanto, este sintoma normalmente desaparece com o tempo;
  • Diarreia, da mesma forma, este sintoma normalmente desaparece com o tempo.
  • Sentir-se maldisposto (vômitos);
  • Baixo nível de açúcar no sangue (hipoglicemia), no entanto, quando este medicamento é utilizado com outro medicamento antidiabético;
  • Indigestão;
  • Estômago inflamado, ou seja, gastrite. Os sintomas incluem, como por exemplo, dor de estômago, sensação de má disposição (náuseas) ou sentir-se maldisposto (vômitos);
  • Refluxo ou azia, em outras palavras, ‘refluxo gastroesofágico’ (RGE);
  • Aumento de enzimas pancreáticas (como a lipase e a amilase)
  • Complicações da doença do olho provocada pela diabetes (retinopatia), entre outros

ATENÇÃO: Os avisos de baixo nível de açúcar no sangue podem surgir rapidamente. Algumas causas comuns são suores frios, pele pálida e fria, dores de cabeça, batimentos cardíacos acelerados, náuseas ou sensação de fome, alterações na visão, sonolência ou fraqueza, nervosismo, inquietação ou confusão, dificuldade de concentração ou tremores.

Não use medicamentos sem orientação médica. Somente um médico é capaz de analisar os possíveis benefícios, potenciais efeitos colaterais e decidir a melhor proposta terapêutica para cada paciente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui