Remédio caseiro para tosse: 10 receitas baratas

Remédio caseiro para a tosse: Confira 10 receitas barato

Remédio caseiro para a tosse para passar qualquer tipo de tosse, em adulto e em crianças. A tosse pode ser uma situação extremamente desagradável para muita gente. Pensando nisso, separamos 10 receitas caseiras para alivio da tosse.

As pessoas mais velhas da família sempre recomendam algum remédio caseiro para a tosse. Mas será que esses métodos realmente funcionam? E se sim, quais são as receitas desses remédios naturais?

A verdade é que o popular se tornou tão forte que os pesquisadores, eventualmente, estudou as propriedades e os benefícios de muitos ingredientes, sejam eles plantas, vegetais, frutas ou chá. E acho que a fusão das duas informações (empírica e científica) de que o Remédio Home desenvolveu esse conteúdo exclusivo.

Neste artigo, você vai aprender como fazer 10 receitas de remédios caseiros para combater a tosse. Além disso, ele irá ficar por dentro do que este sintoma pode significar e como cuidar do corpo contra os invasores. Confira!

Receitas de remédios caseiros para a tosse

De acordo com o farmacêutico Ianca Silva Pereira, lambedores, chá, e algumas inalações são grandes aliados contra a tosse. Em geral, esses tratamentos são elaboradas a base de qualquer erva com propriedades capazes de acalmar a tosse, como também no caso do sintoma.,

“Os remédios home é importante porque eles são tratamentos de fácil acesso para o paciente, e pode ser administrada rapidamente, logo no início dos sintomas, o que reduz as chances de a tosse vai evoluir e chegar a um quadro que necessita de intervenção médica. Além disso, usado corretamente e sem exceder o permitido concentrações, temos a vantagem de uma variedade de toxicidade muito baixa”, disse o profissional de Farmácia.

Então, dê uma olhada a seguir alguns tratamentos naturais que são cientificamente comprovadas para todos os tipos de tosse! No final deste artigo, você pode olhar para todas as nossas referências bibliográficas, que atestam a veracidade de nosso conteúdo.

Tosse seca

O guaco é muito familiar, no conhecimento empírico, porque ele já está em uso por um longo tempo pela medicina popular. Mas o que poucas pessoas sabem é que a esta planta já passou pela aprovação de uma série de estudos científicos.

👉🌿 Lipobelt: um Produto natural que derrete até 5 kg de gorduras no uso da primeira garrafa. Clique aqui para ver!

Em geral, Mikania glomerata, nome científico guaco, pode ser usado para tratar a tosse, bronquite e dor de garganta. Tudo isso porque a erva tem propriedades anti-inflamatória, antioxidante, os pulmões, broncodilatador, gripe e analgésico. (1, 2)

Para fazer o tratamento para a parte inferior da planta, há a necessidade de usar a sua esquerda, em forma de chá ou xarope. No primeiro caso, onde 3 folhas de guaco em 1 xícara de água fervida. Cobrir a mistura e deixe de molho por até 15 minutos. Após isso, ele só leva o líquido até três vezes por dia, durante uma semana.

Já aqueles que querem fazer a calda, você pode preparar uma infusão com 1 xícara de folhas picadas em 3 copos de água quente, juntamente com algumas gotas de limão. Enquanto o chá está pronto, caramelize 2 xícaras de açúcar granulado e adicione a infusão, deixe em fogo baixo por alguns minutos.

Depois, coe tudo e deixe esfriar. O recomendado é tomar uma colher (de sopa) de xarope de quatro vezes por dia, durante uma semana. Assim, você pode dizer adeus a esses sintomas desconfortáveis! (3)

A tosse alérgica

Duas plantas fazem o maior sucesso quando ele vem para a tosse alérgica, eles são: hortelã e calêndula. No primeiro caso, recomenda-se usar o tipo de hortelã-pimenta (Mentha piperita), porque ele é anti-inflamatória, antifúngica e antiviral. (1, 4)

Para usufruir desses benefícios, simplesmente por fazer preparação com 10 folhas de hortelã e um copo de água filtrada. Os dois ingredientes ao fogo e deixe por 10 minutos. Em seguida, adoçado com 1 colher (sopa) de mel, e o esforço. Deixe esfriar e tome uma colher (colher de sopa) a cada 4 horas. (3)

Em contraste a hortelã-pimenta, calêndula, no verão de sua propriedade em pétalas de flores. Nesta parte são encontradas sobre os efeitos dos anti-inflamatória e antibacteriana. Portanto, é recomendado fazer uso da tintura ou xarope desta planta.

É possível fazer um chá e um xarope com essas flores

As pétalas de calêndula pode ser usado para tratar a tosse alérgica (Foto: depositphotos)

No primeiro caso, onde a xícara de água fervente e meia colher (sopa) de flores de calêndula. Depois de 10 minutos de infusão, coar e adoçar com mel. Neste tratamento, você pode tomar o chá duas vezes, por quatro dias em uma fileira.

Agora, se você gosta de tomar um chá, você pode preparar a calda desta planta. Para fazer isso, caramelize 2 xícaras de açúcar e reserve. Em seguida, bata no liquidificador 1 colher (sopa) de flores de calêndula com 2 copos de água filtrada. Coe o conteúdo completo e misture com o açúcar caramelizado. Pegue uma colher (de sopa) até três vezes em um dia. (1)

Remédio caseiro para gripe e tosse

Um bom remédio para tratar a tosse no chá de orégano, adoçado com mel, e pode ser usado para ambos os tipos de grandes dimensões como o filho. Isto é porque as folhas desta planta são propriedade dos expectorantes, é indicado para o tratamento da gripe. (3, 5)

Neste caso, para preparar o chá com 1 colher (sobremesa) de orégano e 1 xícara de água fervente. Misture os dois ingredientes e aguarde 10 minutos. Por fim, coe e adoce com 1 colher (café) de mel.

A tosse de bebé

“O lambedores é bom contra a tosse, como o mel usado para fazer o lambedor de ajuda para expectorar as secreções em caso de tosse produtiva. E a tosse seca, que ajuda a lubrificar a garganta, reduz a irritabilidade, dá a possibilidade de usar ervas específicas para cada tipo de tosse”, explica a farmacêutica Ianca Silva Pereira.

Neste caso, recomenda-se o lambedor de abacaxi, porque a fruta tem ação expectorante própria para combater a tosse, bronquite e até mesmo pneumonia. Para fazer isso, você precisa usar 500 ml de mel e 1 abacaxi médio.

Primeiro, descasque o abacaxi e corte a fruta em pedaços pequenos. Em seguida, colocar todos os itens em uma panela e leve ao fogo, deixe ferver por três minutos. Após esse período, coe e o lambedor estar pronto para ser usado durante todo o dia.

Mas, apesar dos benefícios, o profissional de farmácia informar os pais sobre as contra-indicações. “A pontuação que somente crianças acima de 2 anos de idade têm permissão para ingerir o chá e remédios caseiros, abaixo enunciados que são essenciais para os cuidados médicos.”

Além de que, neste caso particular, o mel apresenta um risco potencial de transmissão do botulismo para crianças menores de um ano de idade. Portanto, o cuidado com os pequeninos, deve ser puxado para cima pelo pediatra. (6)

Tosse acompanhada de secreções

Por anos, o alho tem sido usado para tratar vários problemas das vias respiratórias, como tosse acompanhada de secreção. Este alimento é tão famosa em comida brasileira, é equivalente ao de antibióticos que são sintéticos, porque apresenta propriedades antimicrobianas, antifúngicas e antivirais. (4)

Para o uso no tratamento contra a tosse, coloque um dente de alho sem pele em um recipiente e, em seguida, despeje uma xícara de água fervente sobre ele. Cobrir o recipiente e aguarde alguns minutos até que o chá está pronto para ser comido, ainda quente, se possível.

De acordo com o médico Osmar Cavalcante, no livro “Remédios caseiros e Aprovado”, da EdiOuro, outro importante remédio natural na erva é doce, ohefácil, ele é capaz de se livrar da gripe com catarro. Além disso além disso, a planta atua contra bronquite crônica e asma brônquica. (3, 4)

Para preparar o chá de erva-doce vai precisar para ferver 1 xícara de água e adicione 1 colher (sopa) de flores da erva. Cobrir o recipiente e deixar em infusão por 10 minutos. Após esse tempo, tirar ele ainda estiver quente.

Outros métodos naturais para combater a tosse

Além de cada um dos remédios caseiros mencionado anteriormente, a tosse também pode ser superado com o uso de outros métodos naturais. A seguir são o que eles são e como eles funcionam:

O mel está presente na maioria das receitas de remédio caseiro para tosse

Apesar de muito benéfico na luta contra a tosse, o mel deve ser evitado por diabetes e crianças menores de 2 anos (Foto: depositphotos)

  • Mel: como pode ser visto, o mel em quase todas as receitas mencionadas nos tópicos acima. De acordo com estudos, este produto natural, tem potencial para o tratamento da tosse em infecções do trato respiratório. Ele pode ser usado em receitas ou até mesmo puro, mas ele está se contraindo para crianças menores de 1 ano (7)
  • Vaporizadores: o uso de vaporizadores e umidificadores é recomendado em partes, como pode trazer benefícios e malefícios para a saúde do paciente. Isto é devido ao aumento da umidade do ar pode reduzir a irritação, mas ele também pode causar crises alérgicas. Assim, antes de aproveitar esses mecanismos, recomenda-se que contacte um profissional de saúde (7)
  • Pulmão: como o nome sugere, esta planta é indicada para problemas respiratórios, como asma, tosse, bronquite e afecções da garganta. (5)

Contra-indicações para esses tratamentos

Como em qualquer tratamento, métodos naturais que precisam de atenção, antes de usar. Por exemplo, a grande maioria são feitos com mel ou açúcar, portanto, eles não são adequados para pessoas com diabetes.

Além disso, as ervas são apropriadas para mulheres grávidas, lactantes ou crianças menores de 2 anos. Porque as substâncias presentes nas plantas podem colocar em risco a integridade e a saúde desses pacientes.

No caso de hipertensos, ou pessoas que fazem uso de medicamentos de prescrição, o mais recomendado é procurar ajuda profissional da área, é o farmacêutico, a enfermeira ou o médico. Isso é porque algumas plantas podem interferir com alguns medicamentos.

Medicamentos farmacológicos

Mas não são apenas os remédios naturais que podem ser usados para tratar uma tosse. De acordo com o farmacêutico, há um número de opções de produtos que estão dentro do alcance do usuário e é ideal para prevenir os sintomas.

“Há os xaropes que são específicos para cada tipo de tosse seca, produtivo e alérgicas. Hoje, o mercado conta também com um xarope sem açúcar, para diabéticos. Nós também temos alguns sprays e pastilhas que aliviar os sintomas de tosse seca”, explica Ianca Pereira.

Assim, se os sintomas irão passar com remédios naturais ou cair em grupos de risco, você deve procurar ajuda médica com urgência. Isso porque, dependendo do tipo de tosse, pode estar escondendo algum problema de saúde mais grave.

O que causa a tosse?

Também, de acordo com a Ianca, a tosse pode ser causada por um “processo irritativo, e pode ser causada por micro-organismos, processos alérgicos ou até mesmo um reflexo de outras doenças e alguns medicamentos.”

Assim, a tosse não é uma doença, mas um sintoma respiratório, indicando que algo no organismo funciona bem. Ela funciona como um mecanismo de proteção das vias aéreas e pode ser devido a fatores-infecciosas ou não infecciosas. Compreender a diferença seguinte:

  • Causas infecciosas: vírus, bactérias, parasitas, protozoários, fungos
  • Causas não-infecciosas: drogas, doenças cardiovasculares, refluxos gastroesofágicos, aspiração de corpo estranho, neoplasias, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, irritantes respiratórios, e assim por diante. (8)

Em todas estas situações, a tosse torna-se um sintoma a ser inadequadas e incômodas. Por esta razão, é comum a procura por tratamentos alternativos e baratos, como é o caso do remédio caseiro para a tosse. Mas atenção, se a tosse não desaparecem em poucos dias após o início do tratamento, é indicado procurar a ajuda de especialista de saúde.

*Artigo feito com a cooperação da indústria farmacêutica Ianca Silva Pereira (CRF): 7429-PE).

Referências científicas

Finalmente, por favor, veja abaixo as referências ao uso científico na fabricação deste artigo. A Solução para Casa é um site comprometido com a informação verdadeira, conteúdo relevante e, é claro, com a sua saúde. Portanto, fique sempre bom saber que(a) em nosso site!

Referências

(1) TUDRA, Bianca. “O resgate do conhecimento popular sobre plantas medicinais utilizadas para problemas respiratórios: um estudo de caso“. Universidade do Sul de santa Catarina (UNESC), Criciúma, 2015. Disponível em: http://repositorio.unesc.net/bitstream/1/3727/1/Bianca%20Turra.pdf. Acesso em 30 de abril de 2019.

(2) CZELUSNIAK, K. E. et al. “Farmacobotânica, fitoquímica e farmacologia do Guaco: uma revisão considere a possibilidade de Mikania glomerata Sprengel e Mikania laevigata Schulyz Cantando. antes de Baker“. Revista brasileira de Plantas Medicinais, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-05722012000200022&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em 30 de abril de 2019.

(3) CAVALCANTE, Osmar C. “Remédios caseiros aprovados“. Ediouro, Rio de Janeiro

(4) os SANTOS, Alígia Alves dos. “O uso de medicamentos fitoterápicos e plantas medicinais no cuidado com as crianças: o papel do enfermeiro“. Universidade estadual da Paraíba, Campus I, Campina Grande, 2014. Disponível em: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/123456789/7201/1/PDF%20-%20Al%C3%ADgia%20Alves%20dos%20Santos.pdf. Acesso em 30 de abril de 2019.

(5) Itaipu Binacional. “Projeto De Plantas Medicinais – Folheto De Informação Completa“. O Programa Fomenta O Bem-Água, 2003. Disponível em: http://www.boaspraticas.org.br/attachments/article/196/Cartilha%20Projeto%20Plantas%20Medicinais.pdf. Acesso em 30 de abril de 2019.

(6) o Núcleo de Telessaúde de Sergipe. “A preparação da família xaropes (lambedores) é útil no cuidado da tosse em crianças? O que?“. A biblioteca Virtual em Saúde de cuidados Primários de Saúde (BVS APS), de 2018. Disponível em: https://aps.bvs.br/aps/que-receitas-de-xarope-caseiro-com-efeito-expectorante-podem-ser-recomendadas-para-criancas-menores-de-1-ano/. Acesso em 30 de abril de 2019.

(7) o Conselho Federal de Farmácia. O”guia para a Prática Clínica: Sinais e Sintomas de doenças Respiratórias – Tosse“. Programa de assistência do Cuidado Farmacêutico nos serviços de Saúde, em 2018. Disponível em: http://www.cff.org.br/userfiles/file/Guia%20tosse.pdf. Acesso em 30 de abril de 2019.

(8) BALBANI, Aracy Pereira Silveira. “Tosse: neurofisiologia, métodos de pesquisa, a terapia farmacológica, e de terapia da fala“. Artigo de revisão, de 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/iao/v16n2/v16n2a16.pdf. Acesso em 30 de abril de 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: