Remédio para a dor da bursite

A bursite é uma inflamação na chamada bolsa sinovial, que tem líquido dentro dela e está localizada entre um tendão e a pele ou o osso … é um tipo de amortecedor que ajuda o tecido a deslizar. Pode ser classificada como bursite aguda ou bursite crônica e ocorre com mais frequência em locais como:
  • Ombros.
  • Cotovelos.
  • Dedão do pé.
  • Calcanhares.
  • Quadril.
  • As possíveis causas da bursite
A causa mais comum de bursite é a repetição de movimentos que, com o tempo, causam danos às estruturas. Alguns fatores considerados arriscados pelos médicos são:
  • Levantar algo acima da cabeça repetidas vezes.
  • Manter os cotovelos apoiados por longas horas, todos os dias.
  • Manter-se de joelhos por longos períodos.
  • Ficar muito tempo sentado em uma posição.
  • Traumas ortopédicos.
  • Processos reumatológicos.
  • Infecções.
E ainda é possível não ter uma causa específica para alguns pacientes que desenvolveram bursite. Fatores como velhice ou trabalho repetitivo são considerados agravantes da dor da bursite.

Sinais e sintomas das dores da bursite

Fique atento (a) aos seguintes sinais, pois podem ser bursite:

  • Dores nas articulações.
  • Sensibilidade ao tocar ou pressionar a região afetada.
  • Rigidez no local.
  • Inchaço e vermelhidão.
As dores podem durar duas semanas ou mais e são mais intensas quando há prática de atividades na região afetada, ainda é possível que o paciente tenha erupções cutâneas e também febre. Mas e como tratar a bursite, o que os médicos tradicionais indicam?

Remédios para dores de bursite

Cada profissional adota uma medida para tratar as dores da bursite, onde podem ser utilizados, remédios para dor, anti-inflamatórioscorticoidesrelaxante musculares, entre outras substâncias presentes nos seguintes medicamentos:

  • Atrosil.
  • Betametasona.
  • Biprofenid.
  • Celestone.
  • Decadron.
  • Diprospam.
  • Flanax.
  • Naproxeno.
  • Ibuprofeno.
  • Predisin.
  • Predinisona.

Ainda em casos extremos são utilizadas injeções de corticoides na região e cirurgias para esvaziar as bolsas sinoviais.

No entanto, a principal queixa dos pacientes com bursite é que essas medidas são paliativas e, após certo tempo, a dor ataca novamente e com mais intensidade!

Mas por que será que isso acontece?

As dores da bursite são mascaradas pelos remédios alopatas que apenas tratam os sintomas e não agem sobre a causa, dessa forma o paciente fica com a sensação de que está bem e acaba sobrecarregando a área afetada.

Por esse motivo as dores voltam sempre mais severas!

Mas, você sabia que isso pode mudar?

Sabe como?

Vou te contar agora!

Tratamento natural e eficaz para as dores da bursite

Os remédios alopáticos para bursite, além de não trazerem resultados positivos, ainda causam reações prejudiciais ao corpo humano e, portanto, devem ser evitados a todo custo. No entanto, não há necessidade de conviver com a dor, muito menos com a doença! Portanto, separamos alguns remédios e medidas naturais para que você possa tratar a dor da bursite sem causar danos ao corpo e de forma eficiente.

Veja só!

  1. Compressa de gelo: Toda e qualquer inflamação responde bem às baixas temperaturas, então aplique uma bolsa de gelo 15 minutos por dia sobre a área afetada.
  2. Chá de camomila: Se trata de um agente anti-inflamatório natural capaz de ajudar no tratamento da bursite.
  3. Óleo de rícino: ajuda a aliviar as dores da bursite ao mesmo tempo que trata a inflamação.

Além disso, você deve manter seu corpo ativo e uma qualidade de vida equilibrada.

As dores têm solução! Mesmo sem medicação!

Você não precisa ser refém de um diagnóstico, nem usar medicamentos que apenas prejudiquem sua saúde! Porque nada que conserte um lado temporariamente e destrua outra área do corpo pode ser bom! Você pode nunca ter percebido isso, mas, na verdade, você tem tudo o que precisa para controlar e até eliminar sua dor! E por falar em dor … saiba que ela não é sua inimiga, pelo contrário, se ela está “latejando” lá, significa que algo dentro de você precisa ser cuidado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: