Surdez: Conheça os tipos, as causas e o diagnóstico

A surdez é uma condição na qual uma pessoa não consegue ou tem dificuldade em ouvir. O sistema auditivo que transporta os estímulos sonoros para o cérebro é complexo e pode ser influenciado por diversos motivos, causando o quadro.

Para aprender mais sobre o assunto, criamos um conteúdo que contém definições sobre a surdez, seus tipos, causas e possíveis tratamentos. Continue lendo!

O que é Surdez?

A surdez pode ser descrita como uma incapacidade ou dificuldade de ouvir. Termo médico usado para indicar que é perda auditiva. A condição pode ocorrer por vários motivos e ser temporária ou permanente.

Além da perspectiva clínica, é importante enfatizar a dimensão social e cultural da surdez, pois para muitos surdos ela não é vista como deficiência ou falta de algo, mas como uma forma diferente de vivenciar o mundo.

Isso significa que muitas pessoas veem a surdez como um indicador de identidade, compartilhando experiências e cultura. Para eles, a nomenclatura é motivo de orgulho e é muito poderosa.

No entanto, é importante ressaltar que o termo perda auditiva neurossensorial também é utilizado por muitas pessoas da comunidade surda e está presente em legislações como a Lei nº 13.146 de 2015, também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência.

Os tipos de surdez são:

medico-examinando-a-orelha-de-uma-mulher-idosa_329181-2187 Surdez: Conheça os tipos, as causas e o diagnóstico
Créditos da imagem Freepik

A surdez pode ter diferentes graus de perda auditiva, bem como diferentes causas. No entanto, sua divisão principal é dividida em três tipos. Veja o que são:

Surdez condutiva: Afeta o ouvido externo e / ou médio, evita ou dificulta que a estimulação sonora alcance o ouvido interno. Isso pode acontecer por vários motivos e ocorre em um ou nos dois lados;

Surdez neurossensorial: É caracterizada por danos ao ouvido interno, impedindo que a estimulação sonora chegue ao cérebro. Pode ter diferentes níveis, unilateral ou bilateral;

Surdez mista: É definido como o envolvimento do ouvido interno com o ouvido externo e / ou o ouvido médio.

Graus de perda auditiva

A surdez pode ser classificada de acordo com o grau da perda auditiva. É considerado leve quando uma pessoa só consegue detectar sons na faixa de 25 a 40 decibéis.

Já a surdez moderada é aquela em que a pessoa apresenta o som mais suave e audível, que fica entre 40 e 70 decibéis.

Enquanto isso, a surdez severa significa que uma pessoa só consegue ouvir sons na faixa de 70 a 90 decibéis.

Pessoas com perda auditiva severa só conseguem ouvir sons acima de 90 decibéis.

Causas Principais

Conforme mencionado anteriormente, pode haver muitos motivos para a surdez. Por exemplo, a perda auditiva pode ocorrer devido à cera e outras secreções que causam a ruptura da membrana timpânica ou o bloqueio do ouvido médio.

Outra possibilidade é a exposição contínua a altos níveis de ruído, o que pode levar à perda auditiva progressiva. Infecções de ouvido e doenças como meningite e esclerose múltipla também podem causar surdez.

Outra possível causa da perda auditiva é a predisposição genética, assim como o envelhecimento. Tumores na região e o uso de certos medicamentos também podem causar perda auditiva.

Além disso, a surdez congênita pode se desenvolver em bebês durante a gravidez e ser causada por doenças maternas como rubéola, medicamentos ototóxicos, predisposição genética e problemas no parto.

Diagnóstico

O médico responsável pelo diagnóstico da deficiência auditiva é o otorrinolaringologista, que fará com que o profissional avalie o estado do paciente por meio de perguntas e exames físicos para saber se a doença realmente existe e qual a sua causa.

Outro suporte importante nesse processo é o teste de audição, que ajuda a verificar o grau da perda auditiva e se é unilateral ou bilateral. Você também pode usar funções como teste de impedância e inspeção de imagem.

Após o diagnóstico, o médico pode analisar se os tratamentos estão disponíveis e quais são os mais eficazes.

Tratamento da surdez

O tratamento da surdez varia de acordo com a causa da surdez. Em alguns casos, como otosclerose e perfuração da membrana timpânica, pode ser necessária cirurgia corretiva.

No caso de obstrução do ouvido médio causada por cera ou secreções, pode causar a chamada surdez súbita, e a limpeza pode ser a solução.

Além disso, os implantes cocleares e aparelhos para surdez são ferramentas que auxiliam na redução da perda auditiva em diversos casos de surdez.

A fonoterapia também é importante para o desenvolvimento das habilidades de comunicação dos surdos, principalmente crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: