Tártaro nos dentes? Veja dicas de prevenção!

O tártaro, também  é uma placa ou biofilme que endurece na superfície dos dentes e pode se formar sob a gengiva e irritar o tecido gengival.

O tártaro não só prejudica a saúde dos dentes e gengivas, como também é um problema estético. O tártaro, por ser poroso, absorve as manchas com mais facilidade. Portanto, para quem fuma ou bebe chá ou café, é ainda mais importante evitar o acúmulo de tártaro.

Como saber se tenho tártaro?

Ao contrário da placa, que é uma camada incolor, o tártaro é uma formação mineral facilmente visível se estiver acima do nível da gengiva.

O sintoma mais comum é uma cor marrom ou amarela nos dentes ao redor da gengiva marginal. Somente um dentista pode diagnosticar e remover o tártaro.

Como evitar a formação do tártaro?

paciente-do-sexo-feminino-fio-dental-dentes_107420-65468 Tártaro nos dentes? Veja dicas de prevenção!
Créditos na imagem Freepik

Somente uma escovação adequada, especialmente com pasta anticálculo e fio dental, pode reduzir o acúmulo de placa bacteriana e tártaro.

Uma vez formado, apenas o dentista pode remover o tártaro dos dentes. O processo de remoção do tártaro, realizado com o auxílio de ferramentas especiais, é conhecido como “raspagem”

Ele não só prejudica a saúde dos seus dentes e gengivas, mas também é um problema estético. Por ser uma substância porosa, ela absorve as manchas com mais facilidade.

Ao contrário da placa, que é uma camada incolor, o tártaro é uma formação mineral facilmente visível se estiver acima do nível da gengiva. O sintoma mais comum é a cor marrom ou amarela dos dentes na região gengival. Apenas um dentista pode diagnosticar e remover o tártaro.

 

Para evitar a formação do tártaro, faça uma escovação correta, com a ajuda de um creme dental antitártaro e o uso do fio dental. Isso pode reduzir a formação da placa bacteriana e do tártaro. Porque, depois de formado, apenas o dentista pode retirá-lo dos dentes. O processo de retirada do tártaro é feito com instrumentos especiais, e a técnica é conhecido como “raspagem”.

A raspagem, que pode ser mecânica ou ultrassônica, tem como objetivo remover o tártaro e a placa bacteriana, que afetam adversamente os dentes e são prejudiciais à estética e à saúde bucal. O procedimento é simples e pode ser doloroso, dependendo da condição das gengivas:

  • O procedimento começa com um exame completo da cavidade oral em busca das maiores dificuldades e focos de tártaro e placa bacteriana.
  • Ele é realizado com muito cuidado com uma ferramenta especial, enquanto tenta danificar as gengivas o mínimo possível. A placa é removida no mesmo processo e os dentes são muito mais brancos.
  • Por fim, é feita uma raspagem extremamente delicada da mão na superfície do dente e abaixo da linha da gengiva, onde nasce o tártaro. Esse processo ajuda a encolher as gengivas e também pode combater a gengivite e pode tornar-se dolorido porque a ferramenta é inserida com cuidado no espaço entre os dentes e a gengiva para raspar as raízes.

Pergunte ao seu dentista sobre a necessidade de limpar os dentes e outras dicas sobre saúde bucal

 

%d blogueiros gostam disto: