Veja os erros que podem estar desacelerando seu metabolismo

Veja os erros que podem estar desacelerando seu metabolismo. Nossos corpos têm uma série de processos que convertem os nutrientes que ingerimos dos alimentos em energia, os movem e mantêm todos os sistemas funcionando.

A taxa metabólica precisa estar em boas condições de funcionamento para garantir uma saúde equilibrada. Um metabolismo lento pode ser perigoso, especialmente se seu objetivo é perder peso.

metabolismo

Existem muitos fatores que podem fazer com que seu metabolismo caia. Veja quais erros podem desacelerar seu metabolismo.

Principais erros que desaceleram o metabolismo

 

Restrição alimentar

Seria errado dizer que comer menos ou restringir alimentos ajuda a perder peso. Quando a ingestão de calorias é extremamente reduzida, a queima de calorias diminui.

Estudos mostraram que consumir quantidades muito pequenas de calorias (menos de 1.000 calorias por dia) reduz sua taxa metabólica à medida que seu corpo se adapta a essa redução de calorias, o que acaba diminuindo seu gasto de energia. Portanto, uma dieta muito rigorosa pode não levar a bons resultados para perda de peso.

Não comer proteína

O consumo de proteínas ajuda a prolongar a saciedade e a taxa metabólica, aumentando assim o gasto calórico. Assim acelerando o metabolismo, um processo que ocorre após uma refeição é chamado de TEF (Efeito Térmico dos Alimentos).

O efeito termogênico da proteína é muito maior do que o efeito de carboidratos ou gorduras. Evidências científicas afirmam que comer proteína resulta em um aumento de 20 a 30% no metabolismo, enquanto a ingestão de carboidratos aumenta em 5 a 10% e a ingestão de gordura em 3% ou menos.

Não se exercitar

Estudos descobriram que fazer movimentos básicos como limpar a casa, caminhar várias vezes ao dia, subir escadas e ficar em pé pode acelerar a queima de calorias. Essas atividades simples são ótimas para manter seu metabolismo acelerado.

Dormir mal

Não dormir o suficiente para repor a energia perdida é extremamente prejudicial ao metabolismo. Vários especialistas alertam que o corpo humano precisa de pelo menos 4 horas de sono por dia. A falta de sono pode aumentar o risco de desenvolver doenças metabólicas, como diabetes, depressão e doenças cardíacas.

Consumir bebidas açucaradas

Bebidas adoçadas industriais e até extratos de frutas são ricos em frutose. A frutose pode aumentar o risco de resistência à insulina, diabetes e obesidade. Durante um período de 12 semanas, os pesquisadores controlaram 25% das pessoas obesas e com sobrepeso que bebiam mais bebidas à base de frutose. A taxa metabólica caiu significativamente.

Há evidências científicas de que o consumo excessivo e prolongado de frutose pode levar ao acúmulo de gordura visceral e hepática.

Não treinar

Fazer treinamento de força, como musculação, pode ajudar a aumentar sua taxa metabólica, especialmente em repouso. O estudo descobriu que os fisiculturistas que fizeram cerca de 11 minutos de treinamento de força por dia tiveram um aumento de cerca de 7,4% em sua taxa metabólica, além de queimar uma média de 125 calorias extras por dia durante um período de 6 meses.

Confira: 6 chás para desinchar e te ajudar a emagrecer de forma saudável

%d blogueiros gostam disto: