Vitaminas para prevenir e aliviar a depressão

A depressão, é um conjunto de condições associadas à elevação ou ao rebaixamento do humor, perda de interesse em atividades, prejudicando significativamente o dia a dia

Muitos casos de depressão não são diagnosticados e poucos pacientes recebem tratamento adequado após o diagnóstico.

Os hábitos de exercício físico, redução do estresse, alimentação saudável e controle das vitaminas no corpo são de grande ajuda no tratamento de problemas.

Vitaminas que Previnem a depressão

A depressão não tratada pode ter graves consequências físicas, mentais, emocionais e comportamentais, incluindo:

Diferenças físicas no cérebro – Pessoas com depressão podem apresentar alterações físicas no cérebro.

  • Desequilíbrios químicos – porque as funções cerebrais são cuidadosamente controladas por um delicado equilíbrio de substâncias químicas e neurotransmissores. Portanto, se esses produtos químicos mudarem, você poderá desenvolver sintomas de depressão.
  • Alterações hormonais – mudanças nos hormônios também podem causar sintomas de depressão. Os hormônios podem mudar devido a problemas com a glândula tireoide, menopausa ou alguma outra condição, por exemplo.
  • Problemas pessoais – A perda de um ente querido, o fim de um emprego ou relacionamento, estresse financeiro e trauma podem desencadear depressão..
  • Genes – Por exemplo, se um parente próximo é diagnosticado com depressão, você também pode ter uma predisposição genética para a depressão.

Um transtorno de ansiedade também é diagnosticado em mais de 75% dos casos de depressão. Além disso, os transtornos de pânico também são comuns.

A depressão geralmente se apresenta com sintomas como longos períodos de tristeza ou falta de entusiasmo pela vida.

Alguns dos sintomas mais óbvios são distúrbios do sono, alterações no apetite, perda da auto-estima, bem como exaustão, perda excessiva de peso, pensamento autodestrutivo ou suicídio.

Existem também alguns alimentos que podem aumentar a depressão, como:

  • Leite
  • Glúten
  • Comida de Fast food, por exemplo.

Vitaminas

complexo-essencial-de-vitaminas-e-minerais_23-2148492725 Vitaminas para prevenir e aliviar a depressão
Créditos da imagem Freepik

Vitaminas para prevenir a depressão e aliviar os sintomas.

Vitamina B6

Essas vitaminas desempenham um papel na produção de certos neurotransmissores, que são importantes para regular o humor e outras funções cerebrais. Na verdade, observou-se que os pacientes com depressão são deficientes em ácido fólico.

A vitamina B6, como coenzima para várias reações metabólicas do corpo, participa da produção de energia, participando do metabolismo de aminoácidos, gorduras e proteínas.

Elas ajudam a produzir e controlar produtos químicos que afetam o humor e outras funções cerebrais.

Elas podem ajudar a prevenir os sintomas da depressão.

As fontes desta vitamina encontramos:

  • Fígado bovino
  • Bem como, frango
  • Carne bovina
  • Assim como, Grão-de-bico
  • Semente de gergelim
  • Ervilha
  • Tomate
  • Por fim, semente de girassol

Vitamina B12

A vitamina B12 é essencial para o funcionamento do nosso corpo, pois desempenha um papel importante no sistema nervoso central, mantendo a função cognitiva e prevenindo a degeneração celular

Isso ocorre porque a vitamina contribui para o metabolismo celular. Além do mais, também é responsável pela regulação de vários processos do corpo.

É até uma das vitaminas essenciais na produção de serotonina, uma substância química responsável por regular o humor no cérebro e, assim, aliviar os sintomas da depressão.

Um estudo de 2005 descobriu que uma combinação de vitamina B12 e ácido fólico (outra vitamina B) pode reduzir os sintomas de depressão.

As fontes vitamina B12 incluem:

  • Truta
  • Bem como, Atum
  • Ovo
  • Mariscos
  • Kefir e os seus derivados, por exemplo
  • Cavala e Sardinha
  • Alguns tipos de algas
  • Por fim, carne de cordeiro

A suplementação de B12 pode ajudar a reduzir os efeitos da depressão, mas ainda é recomendável que você consulte um profissional de saúde para ajudá-lo a controlar seus sintomas.

Ácido Fólico

Essas substâncias desempenham um papel fundamental na regulação do humor, e seus baixos níveis no corpo estão associados à depressão

Muitos estudos apontam para uma relação entre pacientes com depressão e deficiência de vitamina B9 (também chamada de ácido fólico).

De acordo com vários estudos, baixos níveis dessa vitamina causam uma diminuição na produção de serotonina. Em outras palavras, o fator chave na prevenção da depressão.

Esse nutriente ajuda a combater a depressão e a tristeza e, se não for tratado adequadamente, pode levar a doenças mais graves.

Por exemplo, cerca de 500 microgramas de ácido fólico estão associados ao aumento da eficácia de outros antidepressivos.

Para aumentar os níveis de ácido fólico, coma alimentos ricos nessa vitamina todos os dias. Isso inclui feijão, lentilha, grãos fortificados e vegetais de folhas verdes escuras, como espinafre, aspargo, frutas cítricas, sementes de girassol e abacate.

Vitamina D

Adicionar alimentos ricos em vitamina D e minerais essenciais (como cálcio, ferro e zinco) também pode ajudar a aliviar os sintomas de depressão.

Os níveis adequados dessa vitamina e a exposição adequada ao sol também ajudam o corpo a absorver o cálcio, o que mantém os ossos fortes.

Além disso, também pode proteger contra câncer, hipertensão e outras doenças.

Estudos mostraram que pessoas com depressão tendem a ter níveis baixos de vitamina D, portanto, aumentar os níveis da vitamina pode reduzir os sintomas da doença.

Algumas fontes dessa vitamina são óleo de fígado de bacalhau, ostras, cogumelos shiitake, sardinhas e ovos.

Vitamina C

A inflamação do trato gastrointestinal, doenças autoimunes, doenças cardiovasculares, doenças neurodegenerativas, diabetes tipo 2 e câncer podem causar depressão.

Como vitamina antioxidante, a vitamina C pode reduzir a inflamação no corpo.

Portanto, ajuda a reduzir as citocinas pró-inflamatórias e a proteína C reativa, dois marcadores de inflamação.

Mais importante ainda, reduz o nível de estresse nos níveis físico e psicológico.

O tratamento adequado pode até proporcionar alívio para a maioria das pessoas com esta doença.

Comer alimentos ricos em vitaminas pode ajudar a lidar com doenças de uma forma mais saudável.

No entanto, a consulta médica é essencial para avaliar o nível de vitaminas no corpo e é insuficientemente ajustada durante o curso do tratamento.

 

%d blogueiros gostam disto: