×

Você já deve ter se perguntado por que meu cabelo cai tanto?

Você já deve ter se perguntado por que meu cabelo cai tanto?

Você já deve ter se perguntado por que meu cabelo cai tanto? Em pessoas normais, a queda de cabelo costuma variar de 60 a 100 fios por dia, principalmente nas estações frias, como outono e inverno. Isso ocorre porque as raízes do cabelo são menos irrigadas com nutrientes e sangue durante esse período do que durante os períodos quentes.

No entanto, é importante ficar atento quando a queda de cabelo ultrapassa 100 fios por dia, pois as causas podem variar. Nesse sentido, além de investigar o que pode ter acontecido, também é importante ter bons cosméticos.

Portanto, se você sente que seu cabelo cai com mais frequência, você deve insistir na leitura do artigo de hoje para entender qual é a principal causa desse problema.

queda-cabelo Você já deve ter se perguntado por que meu cabelo cai tanto?

1. Má alimentação

Uma dieta deficiente em nutrientes, vitaminas e minerais (como proteínas, zinco, ferro e vitaminas A e C) é uma das causas mais comuns de queda de cabelo. Isso porque, esses são os nutrientes que ajudam o cabelo a crescer e fortalecer. Nesse sentido, é imprescindível investir em uma alimentação balanceada e rica em nutrientes que inclua carnes magras, queijos, leite, frutas, verduras e legumes, além de outras orientações do nutricionista.

2. Covid-19

Uma em cada quatro pessoas infectadas com COVID-19 relata perda de cabelo, que pode ocorrer durante ou após a infecção e geralmente dura de 6 a 9 meses. Isso provavelmente se deve ao estresse, ansiedade e febre que podem estar presentes no momento. Vale lembrar que na maioria dos casos as quedas se resolvem sem tratamento. No entanto, usar cosméticos de alta qualidade, como a linha Genesis Kérastase, é uma ótima maneira de melhorar e acelerar o processo.

3. Estresse

Outra causa comum é o estresse e a ansiedade, pois podem levar a um desequilíbrio no hormônio cortisol, e os níveis elevados de cortisol podem levar à queda excessiva de cabelo. Além disso, o estresse e a ansiedade também podem afetar a digestão e absorção de nutrientes no corpo, resultando em um desequilíbrio de vitaminas e nutrientes necessários para o crescimento e força do cabelo.

4. Menopausa ou andropausa 

A menopausa nada mais é do que a interrupção da menstruação devido ao processo natural de envelhecimento da mulher, enquanto a andropausa é o nome dado ao mesmo processo que ocorre nos homens. Ambos causam alterações hormonais no corpo que podem levar à queda de cabelo mais frequente. Recomenda-se a consulta com um ginecologista ou endocrinologista para avaliar a necessidade de reposição hormonal.

5. Pós-parto

Durante a gravidez, os níveis de alguns hormônios aumentam para deixar o cabelo bonito e brilhante. Mas logo após o parto, eles caem rapidamente, principalmente o estrogênio e a progesterona, voltando ao normal em até 24 horas após o nascimento do bebê. Isso pode fazer com que o cabelo fique mais fraco e caia mais. Portanto, tenha uma alimentação balanceada e siga as orientações do seu obstetra.

6. Anemia

A anemia por deficiência de ferro pode causar perda excessiva de cabelo. Isso porque, ele é um mineral essencial para a produção de hemoglobina, que é responsável por transportar o oxigênio das células vermelhas do sangue para todos os tecidos, inclusive o couro cabeludo. Portanto, ao receber menos oxigênio e nutrientes, ocorre fraqueza e queda de cabelo.

7. Produtos químicos

O uso de certos produtos químicos, como formaldeído, alisadores de cabelo ou tinturas de cabelo, pode enfraquecer o cabelo, tornando-o mais seco e quebradiço, especialmente nas raízes. Além disso, pode danificar a cutícula do cabelo, o que pode levar à queda de cabelo. Por isso, além de hidratar pelo menos uma vez por semana e evitar fontes de calor, é preciso cuidar em casa com produtos de qualidade e cosméticos suaves.

8. Infecção por fungos

Além de causar coceira intensa no couro cabeludo, as infecções fúngicas do couro cabeludo conhecidas como tinea, tinha ou micose também podem causar queda excessiva de cabelo. Nesse caso, é importante consultar um dermatologista para que ele indique o uso de xampus ou antifúngicos.

Então, agora que você já conhece algumas das principais causas da queda excessiva de cabelo, é hora de buscar alternativas para lidar com o problema. Juntamente com o tratamento adequado para cada possível causa, também é importante usar produtos de qualidade em casa, pois isso garantirá resultados mais eficazes.

Confira: Siga esses 5 passos para recuperar cabelos elásticos por descoloração!