Ansiedade? Aprenda como controlar suas crises.

0
152
ShiftGraphiX / Pixabay

A Ansiedade, também chamada de Transtorno de Ansiedade, é um distúrbio mental que se caracteriza por vivenciar sentimentos de medo, preocupação e ansiedade de forma exacerbada, chegando a interferir em atividades diárias.

Esse é um problema bastante comum, especialmente no Brasil. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 9,3% dos brasileiros tem Ansiedade, que pode ser desencadeada por diversos fatores, especialmente os socioeconômicos (desemprego, falta de dinheiro, pressão no trabalho, entre outros).

Curiosamente, existem diferentes tipos de Ansiedade. Aprenda aqui quais são eles, saiba identificar seus sintomas e confira dicas para controlar crises de ansiedade, passando a ter melhor qualidade de vida.

Tipos de Ansiedade

1 – TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada)

Como controlar a ansiedade? Aprenda como controlar suas crises.

O TAG caracteriza-se por gerar preocupação excessiva e expectativa preocupante, sentimentos que surgem de maneira contínua e que são difíceis de serem controlados, durando por seis meses, no mínimo.

Tais sensações sempre vêm acompanhadas de outros sintomas, como a irritabilidade, tensão muscular, insônia, inquietação, fadiga e dificuldade de concentração.

Vale mencionar que nesse tipo de transtorno, a Ansiedade é, sempre, desproporcional ao fato que a gerou, causando impactos negativos em todos os âmbitos (pessoais, sociais e profissionais).

2 – Transtorno do Pânico

Pessoas com Transtorno do Pânico têm a sensação contínua de que estão prestes a morrer, vivenciando sintomas físicos como a taquicardia e tremor. Além disso, pacientes diagnosticados sempre sentem perda de controle e consciência, como se estivessem enlouquecendo, chegando a alterar profundamente sua rotina.

3 – TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo)

O TOC tem como característica a realização de atividades de maneira repetitiva, como se fossem rituais, porém compulsivos. A Ansiedade, neste caso, manifesta-se como uma cadeia de ideias obsessivas que o paciente sabe que é prejudicial, mas não consegue se desvencilhar dela.

4 – TEPT (Transtorno de Estresse Pós-Traumático)

Neste caso, a Ansiedade está diretamente ligada a algum trauma sofrido pelo paciente. Em casos assim, há um constante medo de vivenciar esse trauma novamente, fazendo com que a pessoa altere totalmente sua rotina e de pessoas ao seu redor.

5 – Fobia Social

É o tipo de Ansiedade relacionada à realização de atividades em público, como se apresentar ou manter uma simples conversação. Em situações assim, a pessoa sente como se estivesse sendo julgada negativamente pelos outros, o que faz com que fique constrangida, sem saber como interagir.

Sintomas da Ansiedade

Os sintomas do Transtorno de Ansiedade costumam variar de acordo com cada caso, mas é possível apontar os principais, que são considerados gerais e surgem com frequência, indicando que a pessoa está vivenciando uma crise:

  1. Irritabilidade e estresse;
  2. Fadiga;
  3. Inquietação;
  4. Tensão muscular;
  5. Falta de concentração;
  6. Palpitação;
  7. Taquicardia;
  8. Dificuldade para respirar;
  9. Sudorese;
  10. Dor de cabeça e muscular;
  11. Alteração do funcionamento intestinal;
  12. Náusea e vômito;
  13. Insônia;
  14. Pensamentos indesejados e rápidos;
  15. Preocupação excessiva com algo;
  16. Sentimento de tragédia.

Como controlar crises de Ansiedade

Como controlar a ansiedade? Aprenda como controlar suas crises.

1 – Faça tratamento medicamentoso

Os Transtornos de Ansiedade podem ser controlados fazendo tratamentos medicamentosos, com administração de antidepressivos ou ansiolíticos, mas somente se forem receitados por um médico psiquiatra.

2 – Faça psicoterapia

A psicoterapia mais indicada para tratamento de Transtornos de Ansiedade é a comportamental cognitiva, mas um profissional saberá analisar seu caso e recomendar a opção mais adequada.

3 – Faça exercícios físicos

Praticar atividades físicas de 20 a 30 minutos, pelo menos por 5 dias na semana, ajuda a reduzir o estresse, por aumentar a serotonina no organismo, neurotransmissor que proporciona sensação de bem-estar.

4 – Invista em técnicas de relaxamento

Meditação e ioga são ótimos exemplos, bem como técnicas de respiração profunda, uma vez que ajudam a controlar o estresse, característica marcante da Ansiedade.

5 – Mude seus hábitos alimentares

É interessante cortar a cafeína, porque ela pode agravar os sintomas da Ansiedade. Além disso, reduza consideravelmente o consumo de carboidratos e alimentos com alta taxa de gordura e açúcar, para minimizar a irritabilidade e fadiga.

6 – Corte o consumo de álcool e cigarro

O álcool e tabagismo são grandes vilões de pacientes diagnosticados com Transtorno de Ansiedade, porque aumentam de forma significativa a intensidade dos sintomas. Ademais, podem proporcionar outros problemas paralelos, como o comprometimento do fígado e do pulmão.

7 – Aprenda a administrar sensações

Toda vez que sentir uma nova crise de Ansiedade chegando, procure administrar suas sensações e realizar alguma atividade que tire o foco do que causa o problema. Assim, será possível se desviar do estresse e garantir a saúde mental.